conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Prefeito e secretário de Saúde lamentam morte do diretor da UPA Ipase

Publicado


O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, registram com profundo pesar a morte neste sábado (25), do médico George da Costa Melo, de 39 anos.

George era diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Ipase, em Várzea Grande, e, estava internado desde o dia 08 de agosto após ser vítima de um acidente de avião. O médico e outras três pessoas voltavam de uma pescaria, porém após a decolagem em Porto Jofre, no Pantanal, sentido Cuiabá, a aeronave caiu por falta de combustível.

No período em que ficou hospitalizado, familiares e amigos chegaram a fazer campanha de doação de sangue para ajudar na recuperação. Porém, o quadro de saúde se agravou na manhã deste sábado e ele não resistiu aos ferimentos provocados pela queda da aeronave.

“Com muita tristeza recebi a notícia da morte precoce do médico George da Costa Melo, que muito contribuiu com a saúde pública de Várzea Grande. Quero deixar meus sinceros sentimentos de pesar à toda família, colegas de trabalho e todos que com ele conviveram. Que Deus possa dar o conforto neste momento de dor”, externou Kalil Baracat.

O secretário de Saúde, Gonçalo de Barros pontuou que George “era um profissional dedicado e comprometido. Todos os colegas de trabalho estão abalados. Expressamos nossa solidariedade aos familiares, amigos e à população da cidade. É uma perda irreparável”.

Comentários Facebook
Leia mais:  Várzea Grande sedia final da Supercopa masculina de Voleibol
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Primeira-dama Kika Dorilêo se torna madrinha de honra das redeiras e incentiva produções de peças artesanais

Publicado


A primeira-dama de Várzea Grande – Promotora de Justiça Kika Dorileo Baracat –  se tornou uma madrinha de honra das redeiras do distrito de Limpo Grande, onde são confeccionadas as redes várzea-grandenses e outros produtos artesanais que tem atraído a atenção de muita gente do meio artístico, uma vez que as peças produzidas no local enchem os olhos de beleza e singularidade.

Para fortalecer e divulgar esta cadeia, recentemente, foi construída a pedido da primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, através da ação da primeira-dama do município, Kika Dorileo, juntamente com a Associação das Redeiras de Várzea Grande, e a estilista Marta Medeiros, a parceria para a divulgação, fomento e valorização das peças.

“Martha Medeiros é reconhecida internacionalmente por ter transformado a renda nordestina em lindas e valorizadas peças de vestuário. Ela mostrou também apreço ao nosso artesanato e tenho certeza de que vai apresentar ao Brasil os produtos confeccionados em Várzea Grande”, comemorou Kika Dorileo.  

E para mostrar que as o trabalho das redeiras é diversificado a primeira-dama do município, pediu para que fosse feito um revestimento para ser usado em uma cadeira espreguiçadeira, bastante usada em área externa de residência – ou em local ideal para passar momentos de lazer em família. “Eu encomendei a peça para a redeira Giva e destaquei o meu desejo por imagens de animais nativos do nosso pantanal, e a partir de minha ideia, a artesã criou o desenho de uma arara, considerada uma das mais belas aves do pantanal. É de encher os olhos de tanta beleza, além de ser mais um produto que poderá ser confeccionado pelas artistas da Comunidade de Limpo Grande, diversificando o artesanato local. Me surpreendi pela preposição da forma da cadeira que se tornou uma peça de arte e que estará exposta em minha varanda”.

Leia mais:  Secretaria realiza Caminhada Ecológica e Limpeza Ecológica no Parque Bernardo Berneck

Kika Dorileo disse que antes de ser entregue a peça ficou exposta na Casa De Artes e que chamou a atenção das pessoas que visitam o local, bem como de servidores que trabalham na Prefeitura Municipal. “Muitas das pessoas que vieram falar comigo disseram que possui em sua residência espreguiçadeiras e que aprovaram a combinação da madeira e do tear. Esse é a prova de que uma peça, embora rústica, pode ser também uma peça de decoração luxuosa” comemorou a primeira-dama destacando que as redeiras de Limpo Grande em breve estarão confeccionando novas peças do produto uma vez que agradou a todos.

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Primeira-dama Kika Dorilêo se torna madrinha de honra das redeiras e incentiva produções de peças artesanais

Publicado


A primeira-dama de Várzea Grande – Promotora de Justiça Kika Dorileo Baracat –  se tornou uma madrinha de honra das redeiras do distrito de Limpo Grande, onde são confeccionadas as redes várzea-grandenses e outros produtos artesanais que tem atraído a atenção de muita gente do meio artístico, uma vez que as peças produzidas no local enchem os olhos de beleza e singularidade.

Para fortalecer e divulgar esta cadeia, recentemente, foi construída a pedido da primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, através da ação da primeira-dama do município, Kika Dorileo, juntamente com a Associação das Redeiras de Várzea Grande, e a estilista Marta Medeiros, a parceria para a divulgação, fomento e valorização das peças.

“Martha Medeiros é reconhecida internacionalmente por ter transformado a renda nordestina em lindas e valorizadas peças de vestuário. Ela mostrou também apreço ao nosso artesanato e tenho certeza de que vai apresentar ao Brasil os produtos confeccionados em Várzea Grande”, comemorou Kika Dorileo.  

E para mostrar que as o trabalho das redeiras é diversificado a primeira-dama do município, pediu para que fosse feito um revestimento para ser usado em uma cadeira espreguiçadeira, bastante usada em área externa de residência – ou em local ideal para passar momentos de lazer em família. “Eu encomendei a peça para a redeira Giva e destaquei o meu desejo por imagens de animais nativos do nosso pantanal, e a partir de minha ideia, a artesã criou o desenho de uma arara, considerada uma das mais belas aves do pantanal. É de encher os olhos de tanta beleza, além de ser mais um produto que poderá ser confeccionado pelas artistas da Comunidade de Limpo Grande, diversificando o artesanato local. Me surpreendi pela preposição da forma da cadeira que se tornou uma peça de arte e que estará exposta em minha varanda”.

Leia mais:  IPHAN discute reavaliação do modo de fazer da Viola de Cocho com artesãos

Kika Dorileo disse que antes de ser entregue a peça ficou exposta na Casa De Artes e que chamou a atenção das pessoas que visitam o local, bem como de servidores que trabalham na Prefeitura Municipal. “Muitas das pessoas que vieram falar comigo disseram que possui em sua residência espreguiçadeiras e que aprovaram a combinação da madeira e do tear. Esse é a prova de que uma peça, embora rústica, pode ser também uma peça de decoração luxuosa” comemorou a primeira-dama destacando que as redeiras de Limpo Grande em breve estarão confeccionando novas peças do produto uma vez que agradou a todos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana