conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

MC Menor MR é acusado de agredir jovem em hotel do Rio

Publicado


source
MC Menor MR é acusado de agressão
Reprodução/Instagram

MC Menor MR é acusado de agressão

Um dos principais nomes do chamado funk consciente, vertente do estilo musical que valoriza letras com temas ligados aos desafios da vida na periferia, MC Menor MR é alvo de acusação por agredir uma jovem em um hotel de luxo, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O caso ocorreu na manhã desta quarta (8) e foi parar na delegacia.

Segundo o boletim a que a coluna teve acesso, o cantor conheceu Laisa Ribeiro, 22 anos, na boate All Win, também na zona oeste carioca, e concordou em arcar com R$ 800 para os dois transarem. Até aí tudo bem! Só não continuou ‘tudo bem assim’ no quarto, onde já se encontravam três garotas de programa. Laisa, porém, não aceitou ter qualquer tipo de relação enquanto não recebesse o que havia sido acordado. Ao dizer ‘dinheiro na mão, calcinha no chão’, deixou-o nervoso.

Ainda de acordo com o BO, o rapaz se recusou a saldar a dívida, visto que não desembolsou um real sequer com as outras meninas e pediu aos seus seguranças que colocassem Laisa pra fora, mas não sem antes vasculharem o celular da moça para ver se não havia nada comprometedor, como foto ou vídeo. Com a recusa em entregar o aparelho, veio a confusão. Hualter (o nome de batismo dele) jogou-lhe um copo de água e deu-lhe um tapa no rosto.

Leia mais:  A Fazenda 13: Erika vence prova do fazendeiro e gera mudanças no jogo

Ela se queixou de que, ao ser retirada do local, ficou sem a bolsa contendo RG, cartão bancário e outros pertences pessoais. Ao ser procurada por nós, Laisa Ribeiro afirmou que até agora não conseguiu recuperar sua carteira, que foi xingada de tudo quanto é nome e que não é prostituta. “Vi uma situação para ganhar um dinheiro, e ele não se conformou em ter que pagar porque disse que era artista, famoso”, argumentou. A coluna tentou entrar em contato com MC Menor MR, mas não teve sucesso.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Sikêra Jr processa âncora da Band após crítica a discurso homofóbico

Publicado


source
Sikêra Jr e Jacson Damasceno
RedeTV e Band

Sikêra Jr e Jacson Damasceno

Sikêra Jr, de 55 anos, abriu um processo contra Jacson Damasceno, apresentador do “Brasil Urgente Rio Grande do Norte”. Nos autos, o contratado da RedeTV! pede indenização de R$ 44 mil por danos morais, além de uma retratação pública transmitida na televisão. O embate na Justiça entre os comunicadores começou após Damasceno defender a comunidade LGTQIAP+ e criticar o discurso homofóbico de Sikêra, no qual o jornalista chamou homossexuais de “raça desgraçada” .

“Além de dinheiro, o que o senhor construiu nesse tempo todo, desde que você explodiu pra cá com as suas palhaçadas que você faz? O que você trouxe de construtivo para o Brasil? De útil para o Brasil? Quem é você comparado a Paulo Gustavo?” Quem é você comparado a Joãozinho Trinta? Quem é você comparado a Clodovil? Quem é você comparado a Cássia Eller? Comparado a Renato Russo? Comparado a Cazuza? E tantos outros gays e lésbicas que orgulham e honram esse país. A sexualidade da pessoa não diferencia em nada, não a diminui em nada. Quem é você pra dizer que uma pessoa é um desgraçado filho do cão? Quem é você, Sikêra Júnior? Se enxergue rapaz, você é um coroão velho, se enxergue, se coloque no seu lugar, respeite seus cabelos brancos, pregue, alguma coisa que preste nesse país”, disse Jacson, durante uma edição de “Brasil Urgente RN”, em crítica a Sikêra.

Em documentos da ação, que foram obtidos com exclusividade pelo Natelinha , a defesa de Sikêra Jr justifica o dano moral em “decorrência das informações inverídicas e desrespeitosas” divulgadas por Jacson, além disso, acusa o mesmo de “ridicularizar e agredir moralmente [Sikêra] com tais afirmações”. “Sikêra recebeu acusações injustas e inverídicas através das afirmações divulgadas no Brasil Urgente. Logo, o autor encontra-se injustamente com a imagem abalada, pois o réu busca mostrar o autor como sendo um mau apresentador de televisão, alguém sem caráter”, disse um trecho da petição.

No processo, além da indenização avaliada em R$ 44 mil, Sikêra pede uma retratação de Jacson no “Brasil Urgente” e a publicação da mesma nas redes sociais da emissora. A da Band, que é gerida pela Família Saad, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Por conta da abertura do processo, Damasceno foi intimado e deverá comparecer à audiência de conciliação em 20 de outubro, às 09h45.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Som Livre é condenada a indenizar radialista por uso indevido de voz

Publicado


source
Cristina Oliveira, radialista
Arquivo pessoal

Cristina Oliveira, radialista

Cristina Oliveira, dona da tradicional voz usada pelas operadoras de telefonia para anunciar que o ‘aparelho para o qual você ligou está desligado ou fora da área de cobertura’, entrou com uma ação judicial contra a Som Livre, após ter sua voz utilizada, sem autorização, no DVD do seriado ‘A Diarista’, que tem Cláudia Rodrigues como protagonista, e que também foi exibido na TV Globo. No episódio ‘Aquele da Calma’, Cláudia aparece em cena fazendo uma ligação e recebe o aviso com a voz de Cristina sobre a chamada cair na caixa de mensagem.

Segundo o advogado das estrelas Sylvio Guerra, responsável pela defesa de Cristina, em sentença divulgada nesta terça-feira (22), a gravadora foi condenada a indenizar a radialista no valor de R$ 15 mil pelo uso indevido da voz. Além disso, a Justiça ainda estipulou um perito para avaliar o dano patrimonial com base no valor médio de mercado para o serviço, ou seja, Cristina ainda receberá uma porcentagem em cima das tiragens do DVD. A Som Livre ainda foi condenada a pagar as custas do processo, no caso os R$ 7 mil referentes ao perito que analisou a voz da profissional e os honorários advocatícios.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  Pedro Nercessian não esconde a animação para a estreia de "O Silêncio da Chuva"
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana