conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Deputado João Batista visita Barra do Garças e garante mais de R$ 200 mil em investimentos

Publicado


Foto: BRUNO BARRETO

Durante uma visita a Barra do Garças na última sexta-feira (10), o deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) anunciou a destinação de emendas parlamentares em benefício da população. De acordo com Batista, os investimentos ao município somam a quantia de aproximadamente R$ 250 mil,  sendo que deste montante, R$ 137 mil foram repassados à segurança pública e cerca de R$ 120 mil para agricultura familiar da região.

Como presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária (CSPS) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o parlamentar destacou que os recursos destinados vão servir para melhorar as condições de trabalho dos servidores. Dentre os valores aplicados estão: R$ 50 mil para compra de ar-condicionado para o 5º Comando Regional da Polícia Militar do município, além de R$ 87 mil para aquisição de equipamentos ao Núcleo Especial Criminal) da Polícia Judiciária Civil (Necrim).

Para a agricultura familiar, João Batista afirmou que os valores foram para aquisição de um mini-trator 14 CV, uma carreta agrícola para mini-trator 14 CV, e uma roçadeira para mini-trator 14 CV, maquinários que irão beneficiar a Associação Independente dos Agricultores e Agricultoras Familiares do Projeto de Assentamento Serra Verde.

“Esse investimento visa o incentivo das atividades produtivas dos moradores do assentamento Serra Verde. Esta demanda foi um pedido feito pela presidente da Associação Núbia Cristina Alves da Silva e que nosso assessor parlamentar da região, Fernando Raye, nos apresentou. Nosso objetivo é melhorar as condições de trabalho e assim proporcionar qualidade de vida a estes pequenos produtores”, disse João Batista.

Foto: BRUNO BARRETO

Em Barra do Garças, João Batista, o deputado Delegado Claudinei e do deputado federal José Medeiros foram recepcionados no aeroporto pelos policiais penais, e em seguida, os parlamentares visitaram a cadeia pública do município.

Leia mais:  Deputado propõe fim do sigilo em vetos, cassações e escolha de conselheiros do TCE

“Visitamos a cadeia pública da cidade e a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). Mostramos aos agentes de segurança, os avanços conquistados nos parlamentos estadual e federal, tanto por meio da destinação de recursos financeiros quanto na luta para garantir os direitos destes trabalhadores”, frisou.

Cumprindo uma bateria de agendas na região, o parlamentar prestigiou a inauguração da Central de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e as reformas da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher.

“Participamos da inauguração do TCO, ao lado do deputado Delegado Claudinei e do deputado federal José Medeiros. Durante nossa fala, na solenidade de inauguração, destacamos a importância da reestruturação da delegacia – que será mais um ponto de apoio à população”, disse o deputado.

Na ocasião, além de visitar o prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves, João Batista conheceu de perto os trabalhos realizados pelo prefeito Adelcino Francisco, de Pontal do Araguaia.

“Gostaria de parabenizar a atuação dos prefeitos Adilson e Adelcino, constatamos inúmeras obras realizadas e ações sociais em prol da população. Firmamos parcerias e reforçamos nosso compromisso com a destinação de outras emendas para ambos os municípios. Agradeço imensamente a receptividade dos prefeitos de Barra do Garças e de Pontal do Araguaia, bem como de todos os servidores que nos receberam com toda atenção e carinho por onde passamos”, concluiu o deputado.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Ação de Acolhimento em Poconé realiza 100 atendimentos

Publicado


Foto: Karen Malagoli

Foto: Karen Malagoli

Foto: Karen Malagoli

Depois de um dia intenso, cheio de atividades, a equipe da Assembleia Social volta de Poconé com o sentimento de chegar mais longe – e mais perto de quem mais precisa.

A Ação Assembleia Social, realizada na Comunidade 120, zona rural de Poconé, distante cerca de 80km do centro da cidade, no dia 17 de setembro, cumpriu a finalidade de acolher. Com a perspectiva de reinventar os mutirões sociais, atividades são oferecidas mediante inscrição e agendamento. O evento foi realizado, por provocação da professora e liderança comunitária, Cybelle Gaíva.

“Foi um clima de alegria, de acolhimento, de satisfação… acho que a gente conseguiu, mais uma vez, que os nossos braços se expandissem, alcançando outros pontos de Mato Grosso”, descreveu a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira. “Foi muito bonito, as pessoas estavam muito receptivas”, completou.

Na Comunidade 120, a Assembleia Social ofereceu oficinas de Produção de Boneca de Pano, de Chaveiro de Feltro, de Sabão Líquido Artesanal e de Pasta de Limpeza de Alumínio Artesanal, em turmas controladas, com vista a resguardar as medidas de biossegurança.

Por meio de parceiros, foram oferecidos atendimentos previamente agendados de orientação jurídica, atendimento médico, terapias de acolhimento e assessoramento em agricultura familiar. Ao todo, houve cerca de 100 atendimentos. “A terapeuta que atendeu mais do que foi agendado, porque, na hora, as pessoas foram dizendo uma para a outra e ela teve um alcance maior”, avaliou Dani Paula.

 “Estava todo mundo saindo com aquele depoimento de ‘que bacana’, ‘que legal’, ‘voltem’, ‘o médico é super atencioso’, ‘a terapeuta foi fantástica’, ‘adorei ter feito as oficinas’, ‘consegui resolver um monte de coisa aqui hoje’… Foi muito gratificante!”, comemorou a diretora.

Leia mais:  Mercado do Porto é reconhecido como patrimônio histórico, artístico e cultural

Comunidade ativa – Os integrantes da escola que acolheu o evento também participaram ativamente: professores, trabalhadores, alunos e, especialmente, toda a população dos arredores. Mas o que se destacou, mesmo, foi a participação da juventude “Muitos adolescentes fazendo as oficinas, muitos querendo falar com a terapeuta, fora a participação na atração cultural,  Jehf Rosa.

O Cuiabaníssimo – Um dos diferenciais dessa edição da Ação de Acolhimento da AL Social foi a presença do artista e pesquisador da música Jehf Rosa. Ele levou as canções autorais do 2º álbum “O Cuiabaníssimo”.

As músicas contam, pelo olhar poético de Jehf, as vivências dos ribeirinhos, especialmente os da comunidade São Gonçalo Beira Rio, em Cuiabá. E, assim, contam também um pouco da história da capital de Mato Grosso, registrando a mistura social, a partir dos três povos: os indígenas, que aqui já estavam, os africanos, para cá trazidos, e os bandeirantes paulistas. O resultado desse trabalho é um CD com sete canções, com participações especiais.

Sobre a interação do público, em Poconé, Jehf se disse “encantado”. “Eles acolheram todo o projeto – os atendimentos e também a parte artística – com tanto carinho, que foi de deixar a gente com o coração repleto de alegria”, descreveu.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

Dal Molin defende instalação de ramal ferroviário em Sorriso

Publicado


Foto: Michel Ferreira / Assessoria de Gabinete

O deputado Xuxu Dal Molin (PSC) acompanhou a assinatura do contrato que autoriza a construção da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso, que receberá o nome de Ferrovia Autorizada de Transporte Olacyr de Moraes (Fato), em homenagem ao pioneiro do agronegócio e responsável pela construção da Ferronorte.

 O ato solene da assinatura do contrato entre a empresa Rumo/SA e o governo do estado, foi realizado na segunda-feira (20), em Cuiabá, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

 O chamamento público para a implantação da ferrovia foi anunciado em julho deste ano (2021), e prevê a construção de 730 km de malha ferroviária ligando os municípios de Rondonópolis, Cuiabá, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde e, posteriormente, conectando a malha ferroviária nacional em direção ao porto de Santos (SP).

Orçado em R$ 11,2 bilhões, o projeto será custeado pela iniciativa privada. Ao todo são previstos a geração de 230 mil empregos direto e diretos.

“A expansão da linha férrea representa um marco na economia mato-grossense. Um marco ambicioso colocado em prática graças ao trabalho conjunto da União, governo do estado, vereadores, prefeitos, senadores e da Assembleia Legislativa que não mediu esforços para aprovar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) autorizando o governo a explorar de forma direta esse tipo de serviço”, avalia Dal Molin.

 Em Lucas do Rio Verde, durante pronunciamento voltado para lideranças políticas, representantes do setor produtivo e diretores da empresa Rumo, o deputado defendeu a implantação de um ramal ferroviário no município de Sorriso. Para ele, a produção agrícola da “Capital Nacional do Agronegócio”, por si só, justificativa a alteração no projeto que contempla com ramais apenas Cuiabá e Lucas do Rio Verde.

Leia mais:  Indicações para as áreas de Segurança, Educação e Esporte foram requeridas pelo deputado Paulo Araújo

 “Já conversei com o presidente da empresa Rumo [Beto Abreu]. Estamos trabalhando para que Sorriso também receba investimento nesse sentido”, assinala.

 O ramal ferroviário funciona como uma linha subsidiária capaz de interligar pontos importantes da via principal. A previsão é de que a primeira da ferrovia seja colocada em operação a partir de 2025.

 Uma vez implantada, a empresa Rumo fica autorizada a explorar a ferrovia por um período de 45 anos, sendo que a infraestrutura ferroviária poderá ser compartilhada pela empresa vencedora com outra empresa de transporte ferroviário que venha a prestar serviços no Estado.

 “Estamos diante do maior projeto logístico do Brasil. Juntas a Fato, a Ferrogrão e a Fico serão capazes de reduzir o custo da produção e gerar mais competividade ao estado. Por outro lado, precisamos assegurar que essas três linhas férreas cheguem ao maior número possível de municípios e cumpra sua missão social que é a geração de emprego e renda”, assinala Xuxu Dal Molin.

 Segundo levantamento da Rumo, ao todo 26 municípios serão impactos positivamente com os trilhos da ferrovia. Entre eles Sinop, Vera, Nova Ubiratã, Sorriso, Santa Rita do Trivelato, Paranatinga, Diamantino, Nobres, Rosário Oeste, Chapada dos Guimarães, Várzea Grande, Santo Antônio do Leverger, Jaciara, São Pedro da Cipa, Juscimeira, Pedra Preta, São José do Povo, Poxoréu, Primavera do Leste, Campo Verde, Planalto da Serra, Nova Brasilândia, Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Rondonópolis.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana