conecte-se conosco


ESPORTES

Ponte vence o Confiança por 4 a 2 e se distancia da parte debaixo da tabela

Publicado


A Ponte Preta fez a lição de casa e emendou a segunda vitória seguida no Majestoso, aonde derrotou o Confiança por 4 a 2 na tarde deste sábado.  O destaque da partida foi o meia Fessin, que no primeiro tempo fez dois gols em menos de cinco minutos e ainda sofreu o pênalti que Moisés converteu no segundo tempo. João Veras marcou o último, após bela jogada de Iago, dando números finais ao jogo.

“Foi um jogo muito especial para mim e dedico os dois gols ao meu irmão, José Ailton, que morreu faz dois meses e com certeza está lá em cima me olhando. É muito difícil”, diz Fessin, emocionado. Com o resultado de hoje, a Ponte terminará a rodada em 14º lugar, independentemente dos jogos que ainda serão realizados, e dorme hoje a cinco pontos do Z4, que começa a ficar cada vez mais para trás. A Macaca volta a campo pela série B às 21h30 da terça-feira (17), fora de casa, contra o Coritiba – que perdeu neste sábado, mas continua na liderança da competição.

O jogo

A Ponte começou indo para cima e aos três minutos quase saiu o primeiro. Niltinho deu passe perfeito para Fessin dentro da área, mas o meia acabou adiantando muito no momento do domínio e o goleiro oponente ficou com a bola. Mas dois minutos depois, Fessin não perdoou. Moisés recebeu lançamento longo de Kevin, driblou dois e cruzou rasteiro para Fessin entrar livre e balançar as redes. 1 a 0.

O meia estava literalmente com a Macaca e nem deu tempo pro adversário absorver o golpe. Aos nove, Niltinho levantou a bola na área, Fessin se antecipou à marcação e mandou no fundo do gol mais uma vez. 2 a 0. O Confiança tentou reagir com bola perigosa, aos dez, mas Ivan fez ótima defesa.

Leia mais:  Dérbi 201 termina sem gols e Ponte agora foca em vencer o Operário fora de casa

Aos 14, Fessin tabelou com Rodrigão, mas o camisa 1 oponente saiu do gol e interrompeu a sequência. Três minutos depois, Niltinho tenta cobrança direto e assusta goleiro Michael. Quase o terceiro. Aos 22, entrada dura do atacante oponente no jovem zagueiro pontepretano Thiagão, que saiu do campo de maca, mas num primeiro momento conseguiu voltar.

Aos 29, Moisés fez bela jogada individual dentro da área após receber passe perfeito de Rodrigão e chutou forte, mas o goleiro adversário salvou em defesa difícil.  Aos36, Moisés fintou dois e chutou, mas acabou travado na finalização. Aos 37, no primeiro escanteio da Ponte no jogo, Kevin cobrou na segunda trave e Rodrigão finalizou com categoria, obrigando o goleiro oponente a fazer milagre para evitar o terceiro da Macaca. Aos 40, em cobrança de falta venenosa e sem chance de defesa para Ivan, o Confiança diminuiu: 2 a 1.

Aos 43, Fessin, em velocidade, fez a fila driblando dois e foi derrubado pelo terceiro adversário, a dois passos da área. Moisés cobrou e carimbou a barreira. O camisa 21 chutou o rebote, mas ela saiu pela linha de fundo. Aos 47, Fessin, em tarde inspirada, quase fez o terceiro no último lance do jogo: ele recebeu passe de Moisés e enviou um petardo, que o goleiro salvou por muito pouco. Fim de primeiro tempo: 2 a 1 pra Macaca.

Na etapa complementar, já no primeiro minuto Felipe Albuquerque levantou na área e Niltinho cabeceou, mas o juiz parou o lance enxergando uma falta de ataque. O jogo se tornou mais truncado, com o time adversário buscando espaços para atacar e a Macaca de olho em um contra-ataque. Aos 12, Niltinho cobrou falta  de longe e mandou a bola rente ao gol adversário.

Leia mais:  Grêmio retorna na madrugada e se reapresenta focado no Brasileirão

Na sequência, Rodrigão foi parado com falta em lance de ataque. Moisés cobrou, mas ela saiu em linha de fundo. Aos 15, nova falta do adversário parando lance de ataque alvinegro, em cima de Niltinho. Na sequência, boa troca de passes entre Rodrigão e Fessin, mas o juiz marcou uma falta de ataque.Aos 16, Fessin –  sempre ele – chegou em velocidade na área e foi derrubado. Pênalti para a Macaca, que Moisés cobrou com perfeição: 3 a 1.

Aos 31, porém, o Confiança diminuiu de novo, com mais uma falta cobrada por João Paulo. 3 a 2. Aos 35, Leo Naldi foi parado com falta perto da área. Albuquerque levantou na segunda trave, mas ninguém conseguiu finalizar. Aos 39, Richard fez o pivô para Veras mandar uma bomba, espalmada para escanteio pelo camisa 1 adversário.

Aos 41, Nirley – do Confiança – foi expulso após entrada dura, parando lance de ataque da Ponte. Aos 46, Iago vez bom lance de ataque, mas acabou cercado e foi obrigado a recuar a bola. Mas a Ponte queria mais e, aos 49, Veras deixou o dele. Iago fez linda jogada e passou para o camisa 45, que guardou no fundo das redes. Aos 50, o juiz apitou o final do jogo e confirmou a segunda vitória seguida no Majestoso, por 4 a 2.

Ponte Preta – Ivan; Kevin, Thiago Lopes, Cleylton e Felipe Albuquerque; André Luiz, Vini Locatelli (Marcos Jr) e Fessin (Léo Naldi); Niltinho (Richard), Rodrigão (João Veras) e Moisés (Iago). Técnico: Gilson Kleina.

Confiança – Michael; Marcelinho, Nirley, Barreiro e João Paulo; Serginho (Lucas Sampaio), Rafael Vila, Daniel Penha e Jhemerson (Robinho); Ítalo (Luidy) e Willians Santana (Hernane Brocador). Técnico: Zé Carlos Leal.

Leia mais:  Grêmio aprimora questões táticas para duelo no Maracanã

Gols: No primeiro tempo, Fessin aos cinco e aos nove, e João Paulo aos 40; no segundo tempo, Moisés aos 17, João Paulo aos 31 e João Veras aos 49.

Arbitragem:  Wanderson Alves de Sousa foi o juiz, com os assistentes Marcus Vinicius Gomes e Leonardo Henrique Pereira. O quarto árbitro foi Pietro Dimitrof Stefanelli e a analista de campo, Regildenia de Holanda Moura.

Cartão amarelo: João Paulo, Nirley, Hernane Brocador (Confiança); André Luiz, Cleylton, Douglas DG (Ponte Preta)

Cartão vermelho: Nirley (Confiança)

Jogo válido pela 18ª rodada da série B do Brasileiro, realizado no Majestoso, sem público (nem renda) em virtude da pandemia

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

fonte: https://pontepreta.com.br/noticias-detalhe/20210814ppco-1

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Bahia encerra preparação para enfrentar o Red Bull com tático contra a base

Publicado


Com um treinamento na tarde desta sexta-feira (17) no CT Evaristo de Macedo, o Tricolor encerrou a preparação para enfrentar o Red Bull Bragantino. A partida contra a equipe paulista acontece neste sábado (18), às 21h, na Fonte Nova e é válida pela 20ª do Campeonato Brasileiro.

O trabalho começou com o elenco assistindo um vídeo produzido pelo Departamento de Análise e Desempenho (Dade) no auditório da Cidade Tricolor.

Depois o grupo seguiu para o gramado e iniciou com um aquecimento, aplicado pelos preparadores Agustin Buscaglia, Luiz Andrade e Eduardo Souza.

Após o físico, o técnico Diego Dabove dividiu o grupo entre titulares e reservas e o time de cima disputou um coletivo tático contra atletas da divisão de base.

Dabove parou a atividade várias vezes para orientar os jogadores e aproveitou também para aprimorar as bolas paradas, com cobranças de faltas laterais e escanteios.

Neste momento, os reservas participavam de um treino técnico de posse no campo 2 do CT.

No final, alguns atletas ainda treinaram as faltas frontais e cobranças de penalidades.

O atacante Rossi, se recuperando de uma lesão muscular na coxa, tratou na fisioterapia.

Já Marcelo Cirino, realizou um treino físico na academia com o professor Roberto Nascimento.

O grupo já iniciou a concentração na Cidade Tricolor logo após a atividade.

Fotos – Felipe Oliveira/EC Bahia

Fonte: https://www.esporteclubebahia.com.br/video-e-coletivo/

Comentários Facebook
Leia mais:  Grêmio retorna na madrugada e se reapresenta focado no Brasileirão
Continue lendo

ESPORTES

Grêmio aprimora questões táticas para duelo no Maracanã

Publicado


 

Foi sob chuva que o plantel gremista trabalhou na tarde desta sexta-feira visando o duelo diante do Flamengo, válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, domingo, 20h30, no Rio de Janeiro.
Assim como ontem, Luiz Felipe Scolari comandou um treino tático dividido em duas etapas distintas. Na primeira delas, tomada de decisão no menor tempo possível, tocar e dar opção e pressão após a perda da bola. Na continuação, trabalho tático de passe e movimento de encurtamento sem a bola, além de outras estratégias dentro do modelo de jogo adotado pela equipe.

Por mais que ainda esteja na parte de baixo na tabela, o Tricolor apresenta um aproveitamento de 66% nos últimos seis jogos, com quatro vitórias e apenas duas derrota. Marcou oito gols e sofreu quatro.

Amanhã ocorre o último treinamento antes da viagem para o Rio de Janeiro, que acontece às 15h.

Fotos: Lucas Uebel

fonte: https://gremio.net/noticias/detalhes/24638/gremio-aprimora-questoes-taticas-para-duelo-no-maracana

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Leia mais:  Bahia encerra preparação para enfrentar o Red Bull com tático contra a base
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana