conecte-se conosco


POLICIAL

Segundo autor de roubo a residência em Peixoto de Azevedo é preso após se apresentar em delegacia

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá) prendeu nesta quinta-feira, 15 de julho, o segundo autor do roubo a uma residência da cidade. O investigado se apresentou na Delegacia do município, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da comarca local.

Em depoimento ao delegado Edmundo Félix de Barros Filho, o investigado confessou o crime e informou que foi o responsável por pilotar a motocicleta utilizada para cometer o roubo.

O outro autor do crime foi preso na terça-feira, no distrito de Castelo dos Sonhos, município de Altamira, no Pará. Ele foi localizado após investigações realizadas pela Delegacia de Peixoto de Azevedo e preso com apoio da PM paraense.

O roubo ocorreu no dia 05 de julho, quando dois suspeitos abordaram a vítima que chagava em sua residência e sob ameaça de arma de fogo roubaram joias e outros pertences pessoais.

Com apoio da equipe da Delegacia Regional de Guarantã do Norte, os policiais de Peixoto de Azevedo recuperaram dois aparelhos celulares levados da vítima e com base em imagens de câmeras de segurança conseguiram identificar os suspeitos do crime.

O suspeito preso no Pará confessou a autoria do roubo e indicou o local onde estavam munições utilizadas por ele durante o crime. Na terça-feira (13), os policiais civis de Peixoto de Azevedo, com apoio da PM local, prenderam em flagrante o receptador das joias roubadas da vítima. Ele já tinha derretido parte delas, mas algumas peças estavam ainda com o suspeito. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Ação integrada de cunho social distribui 20 cestas básicas para famílias carentes
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em flagrante o autor do atropelamento de um ciclista, ocorrido no sábado (31.07), na Rodovia MT 251, em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá). O suspeito, de 42 anos, confessou os fatos e foi autuado em flagrante por homicídio culposo no trânsito, fuga do local de crime e fraude processual, uma vez que estava retirando as peças do veículo para ocultar vestígios do acidente.

O corpo da vítima Plínio Riuji Suzuki de 37 anos foi localizado na noite de sábado (31) às margens da Rodovia MT 251 ao lado da sua bicicleta, a qual apresentava danos causados pelo choque causado por outro no veículo, que não estava no local dos fatos, indicando omissão de socorro e fuga de local de crime após o acidente.

Imediatamente após a localização do corpo, os policiais da Delegacia de Chapada dos Guimarães iniciaram as diligências e durante os trabalhos receberam a denúncia de uma testemunha que presenciou o acidente. Segundo as informações, o veículo Fiat Uno, modelo antigo, de cor prata e com teto preto foi o causador do acidente.

Com a identificação do possível suspeito, os policiais iniciaram as buscas para localizá-lo em diversos endereços e chácaras de Chapada dos Guimarães. Neste domingo (01.08), os investigadores receberam nova informação de que o suspeito estava em um bar na entrada da cidade. Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito tentou fugir para uma região de mata, porém acabou detido.

Questionado, ele confessou ser o autor do atropelamento e disse que após os fatos escondeu o veículo em uma chácara na região do Acora, onde estava desmontando as peças do carro para tentar apagar as evidências do acidente. Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Chapada dos Guimarães, onde após ser interrogado pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth, foi lavrado o flagrante.

Leia mais:  Suspeito de homicídio quando menor de idade tem mandado cumprido em Sinop

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil deflagra operação para prender líderes de associação criminosa atuante em Ribeirão Cascalheira

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ribeirão Cascalheira, deflagrou na sexta-feira (30.07) operação para cumprimento de quatro  mandados de prisão contra líderes de associação criminosa atuantes no município.

A Operação Êxodo tinha o objetivo de desarticular o grupo criminoso que atua em Ribeirão Cascalheira e em outros municípios do médio Araguaia, na prática de diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas, furtos  e entre outras ações violentas.

Os mandados tinham como alvo líderes da associação criminosa. Até o momento, três dos suspeitos foram presos e o quarto continua foragido.

Durante os cumprimentos foram localizados e recuperados parte de objetos e valores em espécie,  frutos de um furto ocorrido no município, além de armas, munições, drogas, materiais e apetrechos utilizados para o tráfico de entorpecentes.

Após localização da arma uma das suspeitas informou acerca da existência de munições, então a equipe se deslocou até a residência onde constatou a existência de outras munições, apetrechos utilizados para tráfico de drogas, porção de drogas , anotações dentre outros.

Os presos durante a operação foram conduzidos ao presídio Major Zuzi e à cadeia pública feminina em Nova Xavantina.

Participaram da operação a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira com apoio dos policiais civis de Água Boa, coordenados pelo delegado Sergio Luís Henrique de Almeida.

A operação foi coordenada pelo delegado de Ribeirão Cascalheira,  Sergio Luís Henrique de Almeida, com apoio de policiais civis de Água Boa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende idoso por estupro de vulnerável da filha de 10 anos
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana