conecte-se conosco


MATO GROSSO

Quinta-feira (29): Mato Grosso registra 488.107 casos e 12.745 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (29.07), 488.107 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.745 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.432 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 488.107 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.710 estão em isolamento domiciliar e 463.085 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 442 internações em UTIs públicas e 309 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 80,51% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.299), Rondonópolis (34.603), Várzea Grande (32.644), Sinop (23.486), Sorriso (17.081), Tangará da Serra (16.720), Lucas do Rio Verde (14.532), Primavera do Leste (12.885), Cáceres (10.645) e Barra do Garças (9.949).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quarta-feira (28.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.797.086 casos da Covid-19 no Brasil e 553.179 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.749.073 casos da Covid-19 no Brasil e 551.835 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quinta-feira (29.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Leia mais:  PM impede furto a agência bancária e prende suspeito em flagrante na Capital

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Ação com simulador de colisão e capotamento encerra Semana Nacional de Trânsito em Sorriso

Publicado


A 37ª Ciretran de Sorriso em parceria com a Guarda Municipal da cidade realizaram, no sábado (25.09), uma ação utilizando um simulador de capotamento e de impacto para sensibilizar a população de Sorriso quanto aos riscos da direção imprudente. A ação educativa marcou o encerramento da Semana Nacional de Trânsito no município.

O equipamento foi instalado na Praça das Fontes e, populares que passavam pelo local, puderam fazer a simulação de acidente veicular, com as mesmas sensações de um capotamento e impacto.

“A ação ocorreu de forma integrada contando com os agentes do Detran, através da 37ª Ciretran, e da Guarda Municipal de Sorriso, que estiveram orientando as pessoas sobre os riscos da direção imprudente e irresponsável. Na oportunidade também distribuímos alguns brindes aos participantes”, explicou o chefe da 37ª Ciretran de Sorriso, Edson Carlos de Carvalho.

O simulador de colisão e capotamento foi disponibilizado de forma gratuita pela empresa Triper Segurança e Saúde no Trabalho para fins educativos e de conscientização no trânsito.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Eduardo Botelho: "A ferrovia vai alavancar a industrialização de Cuiabá e de todo Estado"
Continue lendo

MATO GROSSO

Livro com metodologia que promove interação de crianças com patrimônio histórico e cultural será lançado nesta quarta-feira (29)

Publicado


A relação das crianças com o patrimônio material e imaterial é tema do livro “Cribiás 300+: por uma educação patrimonial toda nossa”. Diversas atividades realizadas com estudantes da rede pública e privada de ensino em mais de dez anos, ajudaram a compor o conteúdo da obra que propõe uma metodologia pautada pela interação das crianças com a cidade em que vivem.

O lançamento ocorre no dia 29 de setembro, às 19h, no Sesc Arsenal. O acesso é livre, mas para participar é preciso seguir os principais protocolos de segurança: máscara e distanciamento social.

A organizadora do livro, a professora Daniela Freire, que é coordenadora do Grupo de Pesquisa em Psicologia da Infância da Universidade Federal de Mato Grosso (GPPIN/UFMT), explica que cada capítulo foi desenvolvido por especialistas da área da Educação, tanto do grupo acadêmico quanto do coletivo Cribiás. A estes, somam a professora doutora Larissa Freire Spinelli (Casa Silva Freire) e a artista visual Regina Pouchain.   

O livro – que relata três etapas do trabalho– apresenta os resultados de pesquisas realizadas desde 2010. Na primeira delas, estudiosos se dedicaram a debater os princípios sobre o desenvolvimento infantil como processo cultural, articulado com os estudos sobre memória social e produção de identidades sociais.

As experiências do projeto Cribiás, crianças sabidas, que foi realizado em unidades educacionais, e que também é definido como um projeto cultural para a infância de Cuiabá, é tema da obra lançada pela editora Entrelinhas.

Por fim, a última parte narra a experiência da oficina-piloto, realizada com um grupo de crianças. Elas percorreram um roteiro poético pensado pelos pesquisadores para propor uma metodologia participativa de Educação Patrimonial.

“Questões sobre Patrimônio, memória e processos identitários, em diálogo com as infâncias são o foco desta publicação. Todas as experiências narradas, assim como relatos dos pequenos, fotografias e registros da oficina-piloto ajudam a compor suas páginas”, indica Daniela. 

Leia mais:  Em ação conjunta, Gefron quebra recorde e realiza maior apreensão de drogas desde sua criação

Ao transitar a pé pela cidade, elas foram estimuladas a reconstituir os passos de crianças que vivenciaram uma Cuiabá de outrora e assim, enxergá-la de uma perspectiva jamais imaginada, considerando o tensionamento entre tradição e modernidade .

O projeto do roteiro e do livro receberam incentivo da Lei Aldir Blanc, via edital MT Nascentes. Este, foi realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer em parceria com o Governo Federal, via Secretaria Nacional da Cultura do Ministério do Turismo.

Ao certo que o livro será excelente fonte para estudos acadêmicos,  profissionais da Educação e gestores culturais. Ele revela que quando a criança é anunciada como sujeito partícipe do processo educacional, ela também produz suas proprias narrativas contribui do para que adultos pensem a realidade considerando diferentes perspectivas. Ao vivenciar a cidade e conhecer sua história, a criança passa a encará-la de um outro jeito, valorizando ainda mais suas raízes, sua cultura e se implicando em sua construção.

Equipe

Integram a equipe do projeto, Daniela Barros da Silva Freire Andrade, Larissa Silva Freire Spinelli, Regina Pouchain, Jeysson Ricardo Fernandes da Cunha, Paula Figueiredo Poubel, Naiana Marinho Gonçalves, Natália Salomé Poubel, Ângela Cristina Lisboa Costa, Clécia Lino Silva, Pâmella Fernandes, Heitor Silva Freire Andrade, Mateus Elias Cruz Antunes e Fred Gustavo da Sillva. A historiadora Leila Borges Lacerda também auxiliou a equipe com a pesquisa historiográfica.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana