conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de matar companheira com machadadas em Sinop

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de um grave crime de feminicídio ocorrido na última sexta-feira (09) em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (14.07), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI-VG).

O crime ocorreu na residência do casal, no bairro Montreal Park em Sinop, sendo a vítima gravemente ferida com machadas e tijoladas na região da cabeça, além de ser encontrada com uma corda enrolada nos braços.

Durante as agressões, a vítima teria tentado escapar, conseguindo se desvencilhar do suspeito e chegar até o portão, onde foi novamente agredida com marretadas e tijoladas na face. As agressões acontecerem em frente a duas crianças que presenciaram os fatos e que foram entregues ao Conselho Tutelar.  

No local, os policiais encontraram manchas de sangue por toda a casa, e nos fundos da residência um buraco que estava começando a ser cavado com largura 1,2 metros de comprimento e 0,60 metros de profundidade. No dia dos fatos, ao perceber a chegada da Polícia, o suspeito foragiu do local.

Com todos os elementos comprobatórios em relação a autoria do crime, foi representado pelo mandado de prisão preventiva do suspeito pelo crime de feminicídio, que foi deferido pela Justiça e cumprido nesta quarta-feira (14) pela equipe da Delegacia da Mulher de Sinop, na zona rural do município.

Ele foi conduzido à DEDMCI-VG para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Suspeito com passagens por roubo é preso com arma e munições em Sinop
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em flagrante o autor do atropelamento de um ciclista, ocorrido no sábado (31.07), na Rodovia MT 251, em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá). O suspeito, de 42 anos, confessou os fatos e foi autuado em flagrante por homicídio culposo no trânsito, fuga do local de crime e fraude processual, uma vez que estava retirando as peças do veículo para ocultar vestígios do acidente.

O corpo da vítima Plínio Riuji Suzuki de 37 anos foi localizado na noite de sábado (31) às margens da Rodovia MT 251 ao lado da sua bicicleta, a qual apresentava danos causados pelo choque causado por outro no veículo, que não estava no local dos fatos, indicando omissão de socorro e fuga de local de crime após o acidente.

Imediatamente após a localização do corpo, os policiais da Delegacia de Chapada dos Guimarães iniciaram as diligências e durante os trabalhos receberam a denúncia de uma testemunha que presenciou o acidente. Segundo as informações, o veículo Fiat Uno, modelo antigo, de cor prata e com teto preto foi o causador do acidente.

Com a identificação do possível suspeito, os policiais iniciaram as buscas para localizá-lo em diversos endereços e chácaras de Chapada dos Guimarães. Neste domingo (01.08), os investigadores receberam nova informação de que o suspeito estava em um bar na entrada da cidade. Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito tentou fugir para uma região de mata, porém acabou detido.

Questionado, ele confessou ser o autor do atropelamento e disse que após os fatos escondeu o veículo em uma chácara na região do Acora, onde estava desmontando as peças do carro para tentar apagar as evidências do acidente. Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Chapada dos Guimarães, onde após ser interrogado pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth, foi lavrado o flagrante.

Leia mais:  Suspeito de homicídio quando menor de idade tem mandado cumprido em Sinop

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil deflagra operação para prender líderes de associação criminosa atuante em Ribeirão Cascalheira

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ribeirão Cascalheira, deflagrou na sexta-feira (30.07) operação para cumprimento de quatro  mandados de prisão contra líderes de associação criminosa atuantes no município.

A Operação Êxodo tinha o objetivo de desarticular o grupo criminoso que atua em Ribeirão Cascalheira e em outros municípios do médio Araguaia, na prática de diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas, furtos  e entre outras ações violentas.

Os mandados tinham como alvo líderes da associação criminosa. Até o momento, três dos suspeitos foram presos e o quarto continua foragido.

Durante os cumprimentos foram localizados e recuperados parte de objetos e valores em espécie,  frutos de um furto ocorrido no município, além de armas, munições, drogas, materiais e apetrechos utilizados para o tráfico de entorpecentes.

Após localização da arma uma das suspeitas informou acerca da existência de munições, então a equipe se deslocou até a residência onde constatou a existência de outras munições, apetrechos utilizados para tráfico de drogas, porção de drogas , anotações dentre outros.

Os presos durante a operação foram conduzidos ao presídio Major Zuzi e à cadeia pública feminina em Nova Xavantina.

Participaram da operação a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira com apoio dos policiais civis de Água Boa, coordenados pelo delegado Sergio Luís Henrique de Almeida.

A operação foi coordenada pelo delegado de Ribeirão Cascalheira,  Sergio Luís Henrique de Almeida, com apoio de policiais civis de Água Boa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende idoso por estupro de vulnerável da filha de 10 anos
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana