conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil cumpre mandado de internação contra menor suspeito de abusar de prima de 08 anos em Poconé

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (21.07) o mandado de internação contra um adolescente suspeito de abusar de sua prima de apenas 08 anos de idade, no município de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá). O mandado de internação provisória foi expedido contra o menor pelo ato infracional de estupro de vulnerável.

Os fatos aconteceram no mês de abril de 2021, ocasião em que o padrasto da vítima teve o mandado de prisão cumprido pelo estupro de vulnerável da menor e o adolescente também foi apreendido pelo mesmo ato.

As investigações iniciaram após a equipe da Delegacia de Poconé receber a comunicação da situação de estupro de vulnerável, em que o adolescente abusou sexualmente da prima, sendo também descoberto posteriormente os abusos praticados pelo padastro.

O caso veio à tona, após o adolescente de 14 anos (primo da vítima) ser flagrado por familiares abusando da menor. Durante conversa com criança, ela também revelou que sofria constantes abusos sexuais praticados pelo padrasto.

Com base nas informações, foi instaurado inquérito policial contra o padastro que foi preso preventivamente no mês de abril. Em relação ao menor, o Ministério Público pediu a internação provisória do adolescente. A ordem judicial foi cumprida, nesta quarta-feira (21), pelos policiais da Delegacia de Poconé, sendo o menor localizado em uma propriedade rural do município.

“Com a internação do adolescente, mais um caso de abuso sexual infantil foi esclarecido, dando fim aos abusos sofridos pela vítima”, disse o delegado de Poconé, Maurício Pereira Maciel.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil e parceiros promovem o 1º Congresso Nacional das Feconsegs e Consegs do Brasil
publicidade

POLICIAL

Três autores do duplo homicídio de adolescentes em Sapezal são presos pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá), cumpriu nesta segunda-feira (26) a prisão de três pessoas investigadas pelo homicídio de duas adolescentes ocorrido em 2019.

Os autores do duplo homicídio que vitimou Marya Heduarda Magalhães Marçal e Taynara Inácio dos Santos, ambas com 16 anos, tiveram as prisões temporárias cumpridas pela equipe de investigação da unidade policial. 

O delegado de Sapezal, Herbert Hugo Montenegro, explicou que restam alguns pontos da investigação para serem esclarecidos e após a conclusão do inquérito, a Polícia Civil encaminhará representação à Justiça pela conversão em prisão preventiva dos investigados.

Um dos presos é o mandante do crime e os outros dois executores do homicídio das adolescentes, que foram encontradas mortas na lavoura de uma fazenda, a aproximadamente 10 quilômetros de Sapezal.

Marya Heduarda e de Taynara foram encontradas na manhã de 03 de maio de 2019, depois de dias desaparecidas. A equipe da Delegacia de Sapezal realizou os procedimentos no local e a perícia encaminhou os cadáveres, que já estavam em decomposição, para exame de necropsia, sendo posteriormente identificados como as adolescentes desaparecidas.

Exames atestaram que as vítimas foram mortas com disparos de arma de fogo e uma delas estava grávida.

A partir da investigação, a equipe da Polícia Civil reuniu diversas informações e exames que levaram aos autores do crime, dois deles ligados a uma facção criminosa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Empresário alvo da operação Rota Final tem prisão cumprida após se apresentar à Polícia
Continue lendo

POLICIAL

Primeira-dama entrega 800 cestas básicas que serão distribuídas pela Polícia Civil no interior do estado

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, esteve presente na tarde desta terça-feira (27.07) na Diretoria Geral da Polícia Civil para realizar a entrega simbólica de 800 cestas básicas que serão distribuídas para famílias carentes de municípios do interior do estado.

A entrega das cestas básicas contou com presença de diretores da Polícia Civil, do presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública e dos representantes da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

As 800 cestas básicas foram cedidas pelo Programa Vem Ser Mais Solidário, coordenado pela primeira-dama e executado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), e serão distribuídas às famílias em situação de vulnerabilidade, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, da Polícia Civil.

Durante o encontro, a primeira-dama falou da importância da parceria no trabalho social, através da contribuição com a logística e distribuição das cestas, fazendo chegar de forma mais rápida os alimentos até as pessoas carentes, em especial àquelas que moram em municípios mais distantes.

“A Polícia Civil pode contar sempre com o apoio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (Unaf), pois com essa união de forças é possível através das ações ajudar muitas famílias mato-grossenses de baixa renda, e que precisam de um olhar diferenciado do Poder Público”, disse Virgínia Mendes.

A diretora de Execução Estratégica, Daniela Maidel, destacou a extrema importância desse apoio, que tem como objetivo colaborar com a comunidade mais necessitada, e que tanto precisa dessas doações. 

 

“Estas cestas básicas doadas pela primeira-dama serão distribuídas pelos policiais civis da Coordenadoria de Polícia Comunitária, tanto na região metropolitana como no interior do Estado, sendo beneficiadas pessoas cadastradas e atendidas pelos projetos sociais desenvolvidos pela Polícia Civil e parceria com os Conselhos Comunitários de Segurança Pública”, disse.

Leia mais:  Polícia Civil apreende 5 tijolos de maconha, arma de fogo e prende 7 suspeitos durante averiguação de uma denúncia

Participaram do evento, os diretores da Polícia Civil, Daniela Maidel, Rodrigo Basto, Fernando Vasco, Juliano Carvalho, o presidente da Feconsegs, Danilo Moraes, o coordenador da Polícia Comunitária, Gaspar Figueiredo e sua equipe, entre outros convidados.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana