conecte-se conosco


POLICIAL

Operação Lake cumpre mandados judiciais contra alvos investigados pela morte de engenheiro de Juscimeira

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Juscimeira deflagrou nesta semana a Operação Lake para cumprimento de mandados judiciais dentro da investigação que apura o homicídio do engenheiro Edllyn da Silva Mascarenhas Sales, 35 anos, ocorrido em abril deste ano, no município.

Foram cumpridos em Rondonópolis três mandados de busca e apreensão em endereços residenciais de alvos investigados. Outras duas prisões também foram efetuadas dentro da operação coordenada pelo delegado de Juscimeira, Ricardo de Oliveira Franco.

Edllyn Sales, que tinha o apelido de ‘Buda’, foi morto no dia 3 de abril deste ano, durante uma briga generalizada em uma propriedade rural, às margens de um lago do rio São Lourenço. A vítima, bastante conhecida na cidade, foi atingida com três disparos de arma de fogo e morreu a caminho de uma unidade de saúde.

O crime ocorreu em um rancho que dá acesso ao lago, onde há várias propriedades. Na ocasião, havia várias pessoas no local, em desacordo com medidas sanitárias decretadas do município de combate à disseminação da covid. Ocorreu uma colisão entre duas embarcações que estavam no lago, um jet ski e um barco, e uma discussão entre as partes envolvidas. 

Quando os ocupantes das embarcações retornaram para a margem do rio, houve uma briga envolvendo diversas pessoas, com lesão corporal e disparos de arma de fogo. A vítima, que estava no local como convidada, foi tentar apartar a discussão e acabou atingida por três disparos, sendo dois na cabeça e um no tórax. O engenheiro foi socorrido, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital de Rondonópolis.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira iniciou as investigações e apurou informações sobre a arma utilizada no crime, que em princípio e também realizou diversas oitivas com diversas pessoas, entre elas possíveis suspeitos, testemunhas e parentes da vítima que estavam no local. 

Leia mais:  Cinco pessoas são presas em flagrante com 12 armas de fogo em investigação sobre homicídio

A operação contou com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Rondonópolis e da Delegacia de Jaciara.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Homem é preso em flagrante depois de ameaçar ex-namorada durante atendimento à vítima na Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A equipe da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande prendeu nesta quinta-feira (05.08) um homem de 31 anos por ameaçar reiteradamente a ex-namorada.

A vítima, de 22 anos, procurou a Delegacia da Mulher de Várzea Grande e informou que estava sofrendo perseguição constante do ex-namorado, de quem se separou há meses. Mesmo bloqueando o número de celular dele, o suspeito continuava a lhe encaminhar mensagens com teor ofensivo e ameaçador.

Nesta quinta-feira, o homem tornou a telefonar para a vítima, por volta de 11h, e a ameaçou de morte dizendo que enfiaria ‘uma bala na cabeça’ dela. Depois, por volta de 13 horas, quando ela já estava na delegacia, ele telefonou novamente e a xingou de cadela, fato presenciado pela delegada Mariell Antonini Dias.

Como havia a ameaça de morte e o autor dos crimes demonstrava inconformismo com a decisão da mulher em terminar a relação, a delegada determinou diligências a fim de localizá-lo e prendê-lo. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de ameça e injúria no âmbito da violência doméstica e familiar, conforme a Lei 11.340/2006.

Com a conclusão do procedimento policial, o autor será encaminhado à audiência de custódia, permanecendo à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis de Campos de Julho realizam ações de conscientização da Campanha Agosto Lilás
Continue lendo

POLICIAL

Cinco pessoas são presas em flagrante com 12 armas de fogo em investigação sobre homicídio

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Paranaíta (851 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante nesta quinta-feira, 05 de agosto, cinco pessoas por porte e posse ilegal de armas de fogo.

Os policiais civis apreenderam 12 armas de fogo durante cumprimento de sete mandados judiciais de busca em uma investigação que apura um homicídio ocorrido no município, no mês de maio deste ano.

De acordo com o delegado Antenor Junior Pimentel Marcondes, as armas aprendidas serão importantes para a realização de confronto balístico para se chegar à arma utilizada no homicídio.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Paranaíta e em Alta Floresta, onde também foram detidos os suspeitos em flagrante por portar armas de fogo ilegalmente.

A vítima, Fabiano Ribeiro da Silva, 45 anos, foi morta na fazenda onde trabalhava, após ser alvejada por disparos vindos de uma área de mata.

O cumprimento dos mandados contou com apoio de equipes das Delegacias da Polícia Civil de Apiacás, Alta Floresta e Nova Bandeirantes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Homem é preso em flagrante depois de ameaçar ex-namorada durante atendimento à vítima na Polícia Civil
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana