conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governo garante premiação a esportistas de Mato Grosso em Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2021

Publicado


Uma política pública para a valorização e fortalecimento do esporte no Estado está possibilitando incentivos especiais aos participantes mato-grossenses nos dois maiores eventos esportivos do planeta em 2021. Por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o Governo de Mato Grosso oferece prêmios aos atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos convocados para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio.

O incentivo estadual garante o pagamento de prêmio único no valor de R$ 30 mil reais a cada um os atletas e paratletas classificados para as competições mundiais. Para os técnicos convocados a premiação é de R$ 10 mil.

E o estímulo não para por aí. A Portaria governamental prevê também o Prêmio Medalha Olímpica, em que os participantes mato-grossenses ainda têm a chance de receber R$ 100 mil se forem medalhistas olímpicos, independentemente se de bronze, prata ou ouro. No caso de técnico medalhista, o prêmio é de R$ 30 mil.

Em sua segunda Olimpíada, o nadador Felipe Lima é um dos mato-grossenses classificados para a competição em Tóquio neste ano. Para Felipe, a iniciativa de premiar os atletas convocados para as Olimpíadas é brilhante e, junto com as bolsas do projeto Olimpus, engrandece o esporte mato-grossense.

“São incentivos não somente para nós convocados, mas também para vários outros atletas que são beneficiados pelo Programa Olimpus com o bolsa-atleta. Eu mesmo fui convidado para treinar em São Paulo e aceitei porque à época não tinha ajuda do governo do Estado. Agora é diferente”, argumenta o nadador que disputa as Olímpiadas nas provas de 100 m peito e revezamento 4 x 100 m medley.

Os outros mato-grossenses convocados para os Jogos Olímpicos 2021 são: Ana Sátila, da canoagem, Almir Júnior, do atletismo, Bruna Benites, defensora na seleção de futebol feminino, e Haline Scatrut, da seleção de rugby sevens feminino. A competição ocorre de 23 de julho a 08 de agosto, em Tóquio, no Japão.

Leia mais:  Chapada dos Guimarães comemora aniversário beneficiada com investimentos superiores a R$ 100 milhões

Já nos Jogos Paralímpicos, que serão realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro, são mais três atletas e um técnico representando Mato Grosso. Um deles é o velocista paraolímpico, Lucas Prado, que disputa as Olimpíadas pela terceira vez. 

“Fiquei muito feliz ao receber a notícia da Secel de que receberia o prêmio pela minha participação nas Olimpíadas de Tóquio. A satisfação é muito grande quando você é lembrado, ainda mais por um Estado. Sempre gostei de Mato Grosso e agora muito mais. Sinto orgulho de ser mato-grossense”, celebra.

Lucas Prado perdeu 90% de sua visão em 2002 após um descolamento de retina e desde 2006 se destaca no atletismo, sendo considerado o cego mais rápido do mundo. Nas Olimpíadas de Pequim em 2008 conquistou três ouros nos 100m, 200m e 400m e duas pratas nos 100 e 400 m nos Jogos de Londres em 2012.

Ana Carolina Duarte, que faz parte da seleção brasileira de goallbal feminino e está em sua quinta Paralimpíada, é outra representante de Mato Grosso no maior evento esportivo mundial envolvendo pessoas com deficiência. O técnico e esposo da paratleta, Altemir Trapp, também foi convocado para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, por compor a comissão técnica da seleção brasileira de goalball masculino.

A lista de representantes do Estado nos Jogos Paralímpicos 2021 é completada com o ala/pivô da seleção brasileira de goalball masculino, Romário Diego Marques. O paratleta participou dos Jogos de Pequim 2008, foi prata em Londres 2012 e ajudou o Brasil a conquistar o bronze no Rio de Janeiro, em 2016.

Procedimentos 

A portaria 105/2021, publicada pela Secel no dia 1º de julho, dispõe sobre os procedimentos a serem observados para a disponibilização dos Prêmios Atleta Olímpico, Técnico Olímpico, Medalha Olímpica e Técnico medalha Olímpica.

Leia mais:  Domingo (01): Mato Grosso registra 490.574 casos e 12.795 óbitos por Covid-19

Os atletas, paratletas e técnicos convocados e medalhistas nos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos têm até o dia 13 de setembro para  encaminhar o formulário de requerimento e demais documentos comprobatórios à Secel.

Acesso à Portaria e anexos: www.secel.mt.gov.br/-/17460715-portaria-105/2021-premios-olimpicos

Projeto Olimpus

A premiação integra o projeto Olimpus, um dos mais relevantes programas financeiros para o desenvolvimento do esporte mato-grossense. Retomado e ampliado em 2020 pelo Governo do Estado, o projeto garante auxílio financeiro mensal a 151 atletas de Mato Grosso.

Além das bolsas para atletas de base e de alto rendimento, em 2021 o projeto foi ampliado mais uma vez em 2021.  De 05 a 21 de julho, estão abertas as inscrições para concessão de Bolsa-Técnico Nacional e Bolsa-Técnico Nacional Elite, com valores mensais de R$ 1 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente.

“Assim, avançamos bem na construção de políticas públicas esportivas de continuidade. É o poder público participando desde a base estudantil, nacional, internacional, prestigiando técnico e agora também a participação olímpica e medalhistas olímpicos. É o Governo do Estado, lado a lado com o esporte, desde a base até a participação olímpica”, comemora Alberto Machado, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

Acesso ao edital Bolsa Técnico e anexos: www.secel.mt.gov.br/-/17452499-edital-n-04/2021/secel-bolsa-tecnico

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Domingo (01): Mato Grosso registra 490.574 casos e 12.795 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (01.08), 490.574 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.795 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 261 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 490.574 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.416 estão em isolamento domiciliar e 465.859 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 406 internações em UTIs públicas e 269 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 68,12% para UTIs adulto e em 31% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.732), Rondonópolis (34.868), Várzea Grande (32.809), Sinop (23.554), Sorriso (17.156), Tangará da Serra (16.840), Lucas do Rio Verde (14.624), Primavera do Leste (13.033), Cáceres (10.685) e Barra do Garças (9.978).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (31.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.917.855 casos da Covid-19 no Brasil e 556.370 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.880.273 casos da Covid-19 no Brasil e 555.460 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (01.08).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Leia mais:  Projeto convida população a participar de lives sobre cultura popular cuiabana

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Operação conjunta apreende aeronave que transportava 324 kg de cocaína

Publicado


Uma operação integrada realizada neste sábado (31.07) resultou na apreensão de uma aeronave que transportava cerca de 324 quilos de cloridrato de cocaína. Trata-se de uma ação de combate ao tráfico internacional de drogas.

A aeronave modelo CESSNA 182P foi interceptada pela Força Aérea Brasileira (FAB) e contou com o apoio da Polícia Federal e do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron).

O caso aconteceu no Distrito de Guariba, município de Colniza (1.022 km de Cuiabá). De acordo com o levantamento do Gefron, o prejuízo ao crime é de mais de R$ 8,7 milhões. 

Diante dos fatos, aeronave e entorpecentes foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Porto Velho (RO).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana