conecte-se conosco


DIAMANTINO

Diamantino e MT Hemocentro realizam campanha de doação de sangue nos dias 28 e 29

Publicado


Após a diminuição dos casos de transmissão voluntária da covid-19, Diamantino paulatinamente retoma as atividades eletivas na saúde e em parceria com o MT Hemocentro destina o ônibus do banco de sangue para a doação e coleta. Para evitar filas a aglomerações os atendimentos serão mediante a agendamento através do telefone 065 9.9625-9513.

O ônibus do MT Hemocentro estará no estacionamento do Posto de Saúde Central, localizado na Rua São Benedito S/N, Centro, nos próximos dias 28 e 29 de julho e vai receber 160 doadores durante 4 períodos de atendimento entre às 07h30 e 16h30.

Conforme explica Gian Carla Zanella, diretora do hemocentro, todos as pessoas bem de saúde com idade entre 16 e 69 anos e tenham mais do que 51 quilos podem doar e faz recomendações sobre alimentação e cuidados aos voluntários.

“O doador deve estar bem alimentado e hidratado, porém deve evitar o consumo de comidas gordurosas, bebidas alcóolicas pelo período de 12 horas e de cigarros por ao menos 2 horas”, explica. “Após a doação é vedado que sejam operadas máquinas ou veículos de grande porte e que não exerça atividades de trabalho em andaimes ou em locais com risco de queda”, acrescenta.

Gian Carla também explica sobre os procedimentos que os recuperados e aos imunizados contra a covid-19 devem tomar antes da doação de sangue.

“Quem pegou covid-19 ou que tomou a vacina contra a covid-19, também podem doar, porém desde que tenham se recuperado da doença há mais de 30 dias e estejam bem de saúde e no caso dos vacinados, que observem os prazos mínimos entre imunização e doação, que são de 7 dias para quem tomou a vacina da Pfizer, Jansen e AstraZeneca e de 48 horas para quem tomou a vacina CoronaVac”, destaca.

Benefícios a saúde

Há muitos benefícios da doação de sangue para a saúde, que vão desde a redução de doenças do coração à satisfação em promover uma boa ação, já que não existe outra forma de salvar a vida de quem precisa de doação se não for doando.

Diferente do que dizem, a doação de sangue não afina nem engrossa o sangue. Muitas pessoas deixam de doar por acharem que a doação faz afinar ou engrossar o sangue, mas é um mito. Após a doação, existe a reposição do volume e componentes do sangue pelo próprio organismo até atingir um equilíbrio existente antes da doação. Por isso, não é necessário ter receio.

Doar sangue pode reduzir riscos de doenças cardíacas

Há muitos estudos que comprovam que a doação de sangue reduz a viscosidade do sangue, assim, quem doa se torna menos propensos a desenvolver doenças do coração. Isso ocorre porque, durante esse processo, há uma espécie de limpeza sanguínea, pois o nosso sangue é produzido na medula e é renovado a cada três ou quatro meses.

Neste período, o sangue é descartado, ou seja, a doação se torna bastante eficaz para quem precisa. Sendo assim, com a doação há uma renovação das células e, com isso, as células velhas são renovadas, colaborando com a redução de certos tipos de câncer pela redução de oxidativos.

Leia mais:  Aniversário de Diamantino é marcado por shows, esportes e lançamento de obras

Comentários Facebook
publicidade

DIAMANTINO

Aniversário de Diamantino é marcado por shows, esportes e lançamento de obras

Publicado


Diamantino completou no último sábado dia 18 de setembro, 293 anos de sua emancipação política e administrativa. Para marcar a data, toda a equipe de gestão organizou uma extensa agenda de eventos, com destaque para o esporte, para a entrega de títulos de propriedade e para o lançamento da obra de construção do Hospital Municipal Dr. Leônidas Nascimento Vidigal.

A manhã do dia 18 começou com a apresentação volante da “Velha Guarda” durante a Alvorada, que percorreu as ruas dos bairros adjacentes ao Novo Diamantino até a Praça Major Caetano Dias, onde ocorreu o tradicional “Tchá co Bolo”, promovido pela Fundação Cultural, com apoio da Policia Militar que destacou seu corpo musical para animar a manhã.

Mais tarde, junto da deputada Federal, Rosa Neide Sandes (PT) e secretários de gestão, o prefeito Dr. Manoel Loureiro Neto (MDB) entregou 104 títulos de propriedade via Intermat e descerrou a placa de lançamento da obra de construção do Hospital Municipal Municipal Dr. Leônidas Nascimento Vidigal, que, segundo o gestor, somará esforços junto às unidades públicas e particulares já existentes para a qualificação e descentralização do atendimento clinico, hospitalar da capital do Estado. A unidade hospitalar terá sua construção realizada com mais de 60% dos recursos oriundos do Governo Municipal de Diamantino.

O crepúsculo ficou marcado por atos cristãos evangélicos com a “Carreata para Jesus” e o show do cantor gospel, Davi Nascer, abrindo espaço para apresentações culturais e os shows dos sertanejos, Jonathan & Adan e encerramento com Roberto Lucivaldo.

 A Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo, atraíram atletas de mais de 20 municípios que participaram da Corrida 293 anos, com percurso de 6,5 quilômetros, passeio ciclístico e o 12º Circuito Diamantinense de Handebol, nas categorias, masculino e feminino.

Ainda está programado para a próxima sexta-feira (24) o lançamento do Programa Mão Solidária, a inauguração da torre de telefonia móvel e internet no bairro de Deciolândia e dos novos pórticos de entrada da cidade.

Leia mais:  Aniversário de Diamantino é marcado por shows, esportes e lançamento de obras

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Aniversário de Diamantino é marcado por shows, esportes e inauguração de obras

Publicado


Diamantino completou no último sábado dia 18 de setembro, 293 anos de sua emancipação política e administrativa. Para marcar a data, toda a equipe de gestão organizou uma extensa agenda de eventos, com destaque para o esporte, para a entrega de títulos de propriedade e para o lançamento da obra de construção do Hospital Municipal Dr. Leônidas Nascimento Vidigal.

A manhã do dia 18 começou com a apresentação volante da “Velha Guarda” durante a Alvorada, que percorreu as ruas dos bairros adjacentes ao Novo Diamantino até a Praça Major Caetano Dias, onde ocorreu o tradicional “Tchá co Bolo”, promovido pela Fundação Cultural, com apoio da Policia Militar que destacou seu corpo musical para animar a manhã.

Mais tarde, junto da deputada Federal, Rosa Neide Sandes (PT) e secretários de gestão, o prefeito Dr. Manoel Loureiro Neto (MDB) entregou 104 títulos de propriedade via Intermat e descerrou a placa de lançamento da obra de construção do Hospital Municipal Municipal Dr. Leônidas Nascimento Vidigal, que, segundo o gestor, somará esforços junto às unidades públicas e particulares já existentes para a qualificação e descentralização do atendimento clinico, hospitalar da capital do Estado. A unidade hospitalar terá sua construção realizada com mais de 60% dos recursos oriundos do Governo Municipal de Diamantino.

O crepúsculo ficou marcado por atos cristãos evangélicos com a “Carreata para Jesus” e o show do cantor gospel, Davi Nascer, abrindo espaço para apresentações culturais e os shows dos sertanejos, Jonathan & Adan e encerramento com Roberto Lucivaldo.

 A Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo, atraíram atletas de mais de 20 municípios que participaram da Corrida 293 anos, com percurso de 6,5 quilômetros, passeio ciclístico e o 12º Circuito Diamantinense de Handebol, nas categorias, masculino e feminino.

Ainda está programado para a próxima sexta-feira (24) o lançamento do Programa Mão Solidária, a inauguração da torre de telefonia móvel e internet no bairro de Deciolândia e dos novos pórticos de entrada da cidade.

Leia mais:  Aniversário de Diamantino é marcado por shows, esportes e lançamento de obras

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana