conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Ariadna é vítima de intolerância religiosa após visitar museu da bruxaria

Publicado


source
Ariadna Arantes mostra visita à museu da bruxaria e recebe ataques
Reprodução Instagram

Ariadna Arantes mostra visita à museu da bruxaria e recebe ataques

No último fim de semana Ariadna Arantes, ex-participante do “BBB” e de “No Limite”, visitou o Museu de Magia e Bruxaria, que fica localizado na Vila Mariana, em São Paulo. Durante a visita, a realitier – que é a pessoa trans mais seguida do Brasil – resolveu compartilhar a experiência com seus seguidores. Entretanto, os fãs da modelo não gostaram nada do que viram e começaram a boicotá-la nas redes, seja deixando de seguí-la ou atacando-a nos comentários das postagens.

Em resposa à alta repercussão, Ariadna resolveu se pronunciar. Segundo a mesma, ela chegou a perder 100 mil seguidores por conta da intolerância religiosa praticada pelos seguidores. “Bom dia! Decidi fazer um desabafo do coração. Eu sou uma pessoa muito espiritualizada. Acredito em toda forma de amor, de bondade, respeito e empatia. Há um tempo atrás, perdi 66 mil seguidores em 1 hora por ter falado da minha espiritualidade. De ontem para hoje perdi quase 1000 apenas por mostrar minha experiência no Museu de Magia e Bruxaria. Um museu que fala de vários momentos da história da humanidade”, iniciou ela, em postagem no Instagram.

“Passamos pela cultura Nórdica céltica, egípcia, chinesa, grega, japonesa, italiana, americana e africana. Falei de bruxaria até os guerreiros, da fé aos cavaleiros templários. Infelizmente recebi uma chuva de críticas e cristãos dizendo que estavam parando de me seguir e que Deus é apenas um”, continuou a modelo.

“Queria agradecer a vocês que me deixam de seguir. Aqui é um espaço de respeito, tolerância, acolhimento e principalmente amor. Eu acredito que a fé, independente da cultura, leve todos a um estado de espírito de evolução. Imagina se eu parasse de seguir a todos que são cristãos somente por serem católicos evangélicos, anglicanos e etc? Seria muito ignorante da minha parte não acham? Agora, parem, se olhem no espelho e vejam o que vocês estão fazendo. É esse amor ao próximo que vocês pregam? Acho que não foi bem isso o que Yeshua ensinou”, acrescentou Ariadna.

Leia mais:  Ex-baterista e fundador do Slipknot morre aos 46 anos

Você viu?

“Se você acredita em um Jeová, eu te respeito. Se você acredita em Brahma, Alah, Hecate, Deméter, Lakshmir, Gaia, Zeus, eu te respeito. Porque amar ao próximo não é só amar aquele que serve exclusivamente o mesmo Deus da sua mesma igreja, ou religião, e sim a todos. Tá na hora de muita gente aqui por em prática esse amor, que tá na boca de muitos, mas no coração de poucos. Ótimo domingo e que o universo, a mãe natureza, os Deuses abençoem a todos aqueles que carregam uma Luz dentro de si, e ilumine a escuridão desses que acham que só eles herdarão o céu!”, concluiu ela.

Em defesa de Ariadna, Claudiney Prieto, responsável pelo museu visitado pela modelo, compartilhou um comunicado nas redes. “Pessoal, a Ari perdeu mais de 1000 seguidores e foi ostensivamente atacada em suas redes socias por causa da gravação que ela fez no Museu de Magia e Bruxaria e que postou em seu Instagram. A Inquisição não acabou, mas apenas mudou de cara. Por favor, manifestem seu apoio à Ariadna seguindo-a em suas redes sociais e acompanhando seu trabalho incrível. Somos um!”. 



Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Modelo denuncia ex-namorado por agressão e recebe apoio de Neymar

Publicado


source
Modelo relata agressão de namorado
Reprodução

Modelo relata agressão de namorado


A modelo Anna Figueiredo denunciou em suas redes sociais ter sido agredida pelo ex-namorado Vitor Hugo Rosa. Em uma série de postagens onde mostra marcas e hematomas pelo corpo, Anna relata que levou socos no rosto, chutes, tapas além de ter sido sufocada e arrastada e pelo chão.

“Os flashes não saem da minha cabeça. Só Deus sabe como foram os momentos de desespero e o pavor por pensar que iria morrer de tanto se r agredida. Pessoas do outro lado sabendo do caso se calando, se neutralizando ‘não vou me meter’ e passando pano. E, a cada segundo, ocorrências do tipo matando milhares de mulheres” escreveu a modelo nas redes.


O caso teria ocorrido no último dia 8 de julho e foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Niterói. Segundo a delegada Alriam Miranda Fernandes ainda restam diligências a serem realizadas para para a conclusão das investigações.

Também nas redes sociais, Anna postou um áudio que teria sido gravado durante as agressões. Nele é possível ouvir a modelo dizendo “você está me agredindo” e logo após a resposta um homem, que ela diz ser Vitor Hugo, dizendo “Sabe o que faltou na sua vida? Agressão pra você virar mulher”.

O empresário Vitor Hugo Rosa já foi ouvido pela Polícia Civil. O GLOBO tenta contato com a sua defesa. Antes de publicar seu relato, a modelo passou alguns dias compartilhando mensagens de apoio a mulheres que foram vítimas de violência doméstica, além de reportagens sobre o tema e dicas de como as mulheres podem buscar ajuda em caso de agressões.

E após postar seu relato nas redes, Anna recebeu diversas mensagens de apoio de seus seguidores. Uma delas de Neymar, que repostou a publicação da modelo e ofereceu ajuda. “Que minha exposição, por mais difícil que tenha sido, sirva de força para outras mulheres nunca se calarem e abaixarem a cabeça! Não podemos admitir ocorrências do tipo. Não podem mais nos destruir! Obrigada por todo o apoio, força e carinho. Quero dizer que vocês, mulheres, também não estão sozinhas! Contem comigo para tudo! Estou aqui por vocês!”, postou Anna nas suas redes na tarde desta terça-feira.

Leia mais:  Ariadna chora após ataques transfóbicos: "A ponto de desistir de tudo"

A Agência de Modelos 40 Graus que Anna faz parte. também usou as redes para se posicionar e cobrar por respostas. “Repudiamos toda forma de violência contra mulheres e exigimos justiça para nossa querida modelo”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Ariadna chora após ataques transfóbicos: “A ponto de desistir de tudo”

Publicado


source
Ariadna desabafa sobre ataques transfóbicos
Reprodução

Ariadna desabafa sobre ataques transfóbicos


Após expor uma postagem transfóbica do perfil @papodenegao há duas semanas , Ariadna Arantes surgiu no Instagram na noite desta terça-feira (27) chorando por receber diversos ataques.

O dono da página respondeu uma pergunta sobre preferir Ariadna ou Thammy Miranda, ambos transexuais, de maneira ofensiva. A influenciadora postou um vídeo desesperada com os ataques. “Passei o dia inteiro cansada e bloqueando as pessoas. Um monte de ataques e eu não aguento mais esse tipo de situação. Um monte de gente defendendo aquele cara que fez um vídeo ridículo com a minha foto e a foto do Thammy”, iniciou Ariadna chorando.


Você viu?

A ex-BBB e ex-No Limite disse que tentou ser forte e tentou esconder da mãe os ataques. nas mensagens, internautas dizem que Ariadna não é mulher. “Estou recebendo mensagens de mulheres e homens me ofendendo e dizendo que não sou mulher de jeito nenhum. Estou tentando ser forte, mas não estou conseguindo. Cada mensagem que leio eu não consigo me controlar. Passei o dia trancada. É exatamente esse tipo de situação que o cara poderia ter evitado me expondo dessa maneira. Um monte de gente aqui no Brasil pensa como ele. Já bloqueei mais de duas mil mensagens para minha mãe não lidar com isso. Estou exausta”, lamentou Ariadna.

A ex-No Limite avisou que vai levar o caso para a Justiça. “Eu vou com minha advogada nessa ação sim. Fui exposta e não sou chacota e nem palhaça. Essas coisas doem na gente. Eu não aguento mais essas pessoas. Estou a ponto de desistir de tudo porque é muito frustrante ver essa enxurrada de ofensas, que não é coisa de Deus, gente, estou muito cansada. Para mim, não está dando”, completou Ariadna Arantes.

Leia mais:  Anitta: seguidor faz pergunta sobre Juliette e cantora rebate

Veja vídeo completo:


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana