conecte-se conosco


MATO GROSSO

Terça-feira (08): Mato Grosso registra 419.855 casos e 11.252 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (08.06), 419.855 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.252 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.895 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 419.855 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.290 estão em isolamento domiciliar e 394.515 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 425 internações em UTIs públicas e 408 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,44% para UTIs adulto e em 47% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (88.112), Rondonópolis (30.469), Várzea Grande (28.885), Sinop (20.610), Sorriso (14.426), Tangará da Serra (14.372), Lucas do Rio Verde (12.869), Primavera do Leste (10.786), Cáceres (8.985) e Alta Floresta (7.999).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na segunda-feira (07.06), o Governo Federal confirmou o total de 16.984.218 casos da Covid-19 no Brasil e 474.414 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 16.947.062 casos da Covid-19 no Brasil e 473.404 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta terça-feira (08.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Leia mais:  Sema completa entrega de barcos e motores para 40 municípios descentralizados

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Sema completa entrega de barcos e motores para 40 municípios descentralizados

Publicado


Os 40 municípios descentralizados que receberam veículos e instrumentos de campo e escritório do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), já estão com os equipamentos em funcionamento. A última cidade a retirar os barcos e motores disponibilizados foi Apiacás, no mês de maio.

Os equipamentos entregues aos municípios nos últimos anos foram barcos, motores, motocicletas, GPS, computadores, monitores e impressoras. As entregas fazem parte do Kit Descentralização com recursos do Fundo Amazônia/BNDES.

O objetivo do Programa é equipar as Secretarias Municipais de Meio Ambiente para que, de forma descentralizada, realizem serviços de gestão ambiental. O fortalecimento dos municípios do Programa Mato Grosso Sustentável é importante para a eficiência na fiscalização contra crimes ambientais e no licenciamento de empreendimentos de impacto local.

Entrega de Sedes

Entre as ações para fortalecer os municípios estão previstas a entrega de 17 novas sedes de secretarias municipais de meio ambiente. 10 municípios já estão com obras finalizadas e entregues: Juara, Porto dos Gaúchos, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Brasnorte, Claudia, São Felix do Araguaia, Querência, Ribeirão Cascalheira e Canarana. 

Estão sendo construídas as obras das secretarias municipais de meio ambiente de Guarantã do Norte, Nova Monte Verde, Paranaíta e Apiacás. As obras de Aripuanã e Colider estão em licitação e de Sinop aguardando aprovação do projeto na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

Municípios

Os 40 municípios que receberam o Kit Descentralização são: Água Boa, Alta Florestas, Apiacás, Aripuanã, Barra do Garças, Brasnorte, Campinápolis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canarana, Cláudia, Cocalinho, Colíder, Comodoro, Conquista D’Oeste, Cotriguaçu, Cuiabá, Guarantã do Norte, Jaciara, Juara, Lucas do Rio Verde, Nova Monte Verde, Nova Mutum, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Paranaíta, Porto dos Gaúchos, Poxoréo, Primavera do Leste, Querência, Ribeirão Cascalheira, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tangara da Serra, Tapurah, Várzea Grande, Vila Bela da Santíssima Trindade.

Leia mais:  Governo de MT consegue autorização para vacinar trabalhadores da Assistência Social
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Indea prorroga prazo para comunicação da vacinação contra a febre aftosa

Publicado


O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) prorrogou até a próxima a terça-feira (15.06) o período de comunicação da vacinação contra febre aftosa para os produtores rurais. O prazo anterior se encerrou nessa quinta-feira (10.06).

“Mato Grosso é considerado referência nacional, quando falamos de vacinação contra a febre aftosa, o que é de extrema importância para a saúde desses animais e também para a economia do Estado. Com isso, produtos rurais tem o seu mercado valorizado e o país continua sendo referência de exportação de carne bovina”, assegura César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Até a última quarta-feira (09.06), a taxa de registro de vacinação chegou a 87,07%, faltando o comparecimento de 13.760 produtores. Desta forma, é importante que os ausentes façam a comunicação por e-mail ou, se necessário, dirijam-se a uma unidade local do INdea, portando a nota fiscal de aquisição da vacina e a relação de animais existentes.

Para mais informações clique aqui!

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Unidade do Ganha Tempo distribui mudas de plantas à população cacerense
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana