conecte-se conosco


MATO GROSSO

Procon-MT dá dicas para quem pretende ir às compras esta semana

Publicado


Assim como outros setores, o comércio sofreu um grande impacto desde o início da pandemia. Entretanto, segundo pesquisa local, o Dia dos Namorados continua sendo uma data comemorativa com alta intenção de consumo entre os cuiabanos. E quando tem consumo, tem dúvida sobre os direitos dos consumidores, principalmente trocas, produtos com defeito e compra pela internet. 

Estudo realizado este ano pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL Cuiabá) apontou que 88,7% dos consumidores cuiabanos pensam em presentear no próximo dia 12 de junho. Entre os itens mais procurados, estão: perfumes e cosméticos (30,7%), roupas (21,2%) e calçados (8,9%). 

Se decidir por perfumes ou outro tipo de cosmético, fique atento à embalagem. Todas as informações sobre o produto devem constar de forma clara, objetiva e em língua portuguesa. Entre essas informações, o Procon-MT destaca: prazo de validade, instruções de uso, registro no órgão competente, composição, volume/quantidade, identificação sobre o fabricante e, se for o caso, sobre o importador.

Já em relação a vestuário, a maior dúvida é sempre em relação à troca do produto – caso não sirva no presenteado, por exemplo. “É preciso estar ciente de que a troca é uma cortesia da loja, ou seja, não é obrigatório. Por isso, é importante se informar sobre essa condição e pedir que o prazo de troca – se houver – conste por escrito na nota ou na etiqueta do produto”, frisa a coordenadora de Educação para o Consumo do Procon-MT, Valquíria Souza. 

A loja só fica obrigada a trocar um produto, explica Valquíria, caso ele apresente vício de qualidade – defeito. Essa regra é amparada pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). 

Leia mais:  Mato Grosso é único estado brasileiro a participar de simpósio do BRICS na China

Segurança durante as compras 

Apesar das restrições impostas pela pandemia de Covid-19, a pesquisa aponta que a maior parte dos consumidores ainda prefere lojas físicas. Quase 29% disseram procurar lojas localizadas do centro da cidade,  27% shoppings centers e 23,5% escolhem lojas nos bairros onde moram. No estudo, as compras em sites de lojas e e-commerce representam 4,6% das intenções de compra. 

Assim, o Procon-MT reitera os cuidados necessários para garantir a saúde e a segurança de consumidores, atendentes e comerciantes. “Lembramos que é obrigatório o uso de máscaras por todos, mais ainda nesses dias de intenso movimento no varejo. Aos comerciantes é preciso ressaltar a manutenção das medidas de biossegurança dentro das lojas, principalmente o distanciamento social, a higienização frequente do local e o fornecimento de álcool 70% para os clientes”, pontuou a coordenadora de Educação para o Consumo. 

Se o consumidor optar pela entrega em domicílio, as mesmas orientações de biossegurança são aplicadas: usar máscara ao encontrar o entregador, evitar o contato físico, higienizar os produtos recebidos com álcool 70% ou solução de água sanitária e água.

Confira outras orientações do Procon Estadual para os consumidores que vão às compras esta semana: 

– Nas compras realizadas pela internet ou catálogo, por exemplo, o consumidor tem o direito de arrependimento. Ou seja, pode desistir da compra até sete dias a partir do recebimento do produto; 

– Nas compras online, verifique se o site possui: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), endereço físico e canais de atendimento. Você inclusive pode checar a reputação da loja na plataforma www.consumidor.gov.br , caso ela esteja entre as mais de 800 empresas cadastradas;

– Fique atento às taxas de frete e ao prazo de entrega;

Leia mais:  Sexta-feira (11): Mato Grosso registra 426.571 casos e 11.366 óbitos por Covid-19

– Na hora da confirmação dos dados pessoais e de seu cartão de crédito, leia e preencha com atenção; 

– Para compras on-line, não utilize redes públicas ou computadores compartilhados. Sempre use uma conexão segura;

– Exija a nota fiscal sempre. Esse comprovante de compra garante a legalidade da relação de consumo, e será solicitado em eventual troca ou uso da garantia. Além disso, a nota é fundamental caso seja necessário acionar os órgãos de defesa do consumidor. 

Procon-MT 

Caso tenha algum problema na compra de produtos/serviços e não consiga resolver diretamente com o lojista, o consumidor pode procurar o Procon-MT para registrar sua reclamação. O atendimento presencial na sede do órgão deve ser agendado pelo WhatsApp (65) 99228-3098.

O Procon-MT está localizado na Rua Baltazar Navarros, n. 567, esquina com a Av. General Vale (antigo Sine), Bairro Bandeirantes, Cuiabá (MT). 

Também é possível registrar sua reclamação pela plataforma www.consumidor.gov.br a qualquer hora do dia ou da noite. As principais lojas nacionais de varejo estão cadastradas no site e podem ser acionadas pelo consumidor sem ser preciso sair de casa. 

Postos de atendimento 

Outra opção é procurar os postos de atendimento do Procon Estadual: 

  • Ganha Tempo da Praça Ipiranga (Cuiabá): das 08h às 17h, por agendamento via sistema da Seplag. Clique aqui. 
  • Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping: das 10h às 18h, por ordem de chegada.
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Indea prorroga prazo para comunicação da vacinação contra a febre aftosa

Publicado


O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) prorrogou até a próxima a terça-feira (15.06) o período de comunicação da vacinação contra febre aftosa para os produtores rurais. O prazo anterior se encerrou nessa quinta-feira (10.06).

“Mato Grosso é considerado referência nacional, quando falamos de vacinação contra a febre aftosa, o que é de extrema importância para a saúde desses animais e também para a economia do Estado. Com isso, produtos rurais tem o seu mercado valorizado e o país continua sendo referência de exportação de carne bovina”, assegura César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Até a última quarta-feira (09.06), a taxa de registro de vacinação chegou a 87,07%, faltando o comparecimento de 13.760 produtores. Desta forma, é importante que os ausentes façam a comunicação por e-mail ou, se necessário, dirijam-se a uma unidade local do INdea, portando a nota fiscal de aquisição da vacina e a relação de animais existentes.

Para mais informações clique aqui!

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Seciteci firma compromisso com prefeituras para capacitar alunos do ensino médio
Continue lendo

MATO GROSSO

Mato Grosso é único estado brasileiro a participar de simpósio do BRICS na China

Publicado


O projeto de cooperação entre Mato Grosso e a China vem se fortalecendo ao longo deste ano, tanto que o estado foi a única unidade federativa brasileira a participar do Simpósio Internacional para BRICS Think Tanks 2021, realizado nesta quinta-feira (10.06), na cidade de Xiamen, província de Fujian, no leste chinês.

A servidora estadual que atua no país asiático intermediando a abertura de mercado para os produtos mato-grossenses, Ariana Guedes, representou o Estado no evento.

Ela destacou que essa parceria entre os governos chinês e mato-grossense ocorreu porque províncias chinesas, com base econômica semelhantes à do Estado, se interessaram na cooperação comercial e de investimentos em Mato Grosso.

As negociações que visam fomentar acordos comerciais do Estado com a Ásia, em especial com a China, tiveram início em 2020.

A parceria internacional firmada entre Mato Grosso e a China será duradoura se depender da atual gestão, de acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

“O interesse é mútuo e estamos buscando consolidar essas negociações e formalizar acordos a longo prazo que serão muitos bons para a inserção dos produtos do estado no mercado chinês”, explicou Miranda.

Para concretizar as atividades, o governo chinês criou um centro de inovação entre os países que compõem o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A plataforma visa estimular as discussões e projetos entre os países integrantes.

O novo centro de cooperação voltado para os membros do BRICS, inclusive desenvolveu um treinamento de 2h com foco em marketing e dicas para estabelecer relações de comércio com a China, material direcionado ao público mato-grossense.

“Após essa ação piloto, os chineses já se colocaram à disposição para desenvolver outros cursos para Mato Grosso.  Nosso estado é um parceiro e a perspectiva é de que essa ligação nos renda muitos frutos. Existem muitas oportunidades na cidade de Xiamen e nas 33 províncias chinesas na área de trading e investimentos. E por parte do governo local há muito interesse em Mato Grosso”, ressaltou Ariana Guedes.

Leia mais:  Setores hoteleiro e de eventos comemoram reaquecimento da economia durante Copa América

O simpósio que tratou sobre o “Trabalhando juntos para desenvolver o centro de inovação em um modelo de cooperação do BRICS”, atraiu mais de 200 especialistas, autoridades da indústria e do governo e representantes de organizações internacionais e associações empresariais.

O centro de inovação do BRICS tem como foco impulsionar o investimento e a facilitação do comércio. Bem como, o aprimoramento da inovação e cooperação financeiras.

Representatividade

Atualmente, os BRICS são detentores de mais de 21% do PIB mundial, formando o grupo de países que mais crescem no planeta. Além disso, representam 42% da população mundial, 45% da força de trabalho e o maior poder de consumo do mundo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana