conecte-se conosco


MATO GROSSO

Batalhão Ambiental resgata jacaré, iguana e capivara em Cuiabá e Santo Antônio do Leverger

Publicado


Equipes do Batalhão de Proteção Ambiental foram acionadas nesta quarta-feira (09.06) para fazer o resgate de três animais silvestres em Cuiabá e Santo Antônio.

Na capital, foram duas ocorrências. A primeira, uma capivara estava dentro de uma residência, no bairro CPA II. A moradora disse que chegou a sua casa e encontrou o animal. Imediatamente procurou a PM. A capivara foi encaminhada ao Batalhão da unidade por estar com ferimentos pelo corpo.

No bairro Coophamil, uma senhora contou aos policiais ter encontrado a iguana em seu quintal. Ele foi solto em seu habitat natural, conforme o termo de resgate.

Em Santo Antônio do Leverger, um motorista percebeu um jacaré debaixo do seu veículo. Temendo ser atacado e preservar o animal, ficou dentro do carro, pedindo ajuda de pessoas que passavam pelo local. Os militares chegaram logo em seguida realizando a contenção do animal e sua reintrodução no habitat natural.

As equipe das unidades da 1ª Companhia/Baixada Cuiabana realizaram ainda patrulhamento terrestre nas regiões do Engordador, Carrapicho, Nossa Senhora do Livramento, Porto cercado e Transpantaneira. Seguiram ainda pela MT -060, Porto de Fora, Rio Mutum e Santo Antônio MT-040.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Sexta-feira (11): Mato Grosso registra 426.571 casos e 11.366 óbitos por Covid-19
publicidade

MATO GROSSO

Documentário sobre Santo Antônio de Leverger será exibido em TV aberta neste sábado (12)

Publicado


Histórias e tradições de uma cidade que já foi o principal polo econômico e político de Mato Grosso. Este é o mote de Santo Antônio – Rio abaixo à Leverger, documentário dirigido por Leonardo Sant’Ana, com produção executiva de José Paulo Traven, que será exibido pela TV Centro América neste sábado (12), às 13h40.

“Santo Antônio é um lugar cheio de histórias e pessoas incríveis. A versão do documentário que será exibida pela TVCA, no entanto, é uma versão compacta, com duração de 22 minutos. Uma homenagem a Santo Antônio de Leverger em seu aniversário de 121 anos”, explica Paulo Traven. 

Terra natal de Marechal Cândido Rondon, o município de Santo Antônio de Leverger faz parte da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá.  A pequena cidade, com pouco mais de 17 mil habitantes, tem como base de sua economia o turismo da pesca e a agricultura de subsistência. 

Entre as muitas histórias narradas no documentário, as lendas que contam o surgimento do município se destacam. 

“Uma das histórias conta o mito de fundação do município, quando o batelão, com alguns bandeirantes, subia o rio depois de ter guerreado com indígenas, quando encalhou na região que hoje é o município. Quando tiraram a imagem de Santo Antônio, o batelão desencalhou. Então eles entenderam que a imagem de Santo Antonio queria ficar naquela região. Esta é apenas uma das histórias”, adianta Traven. 

Realizado pela Associação Mato-grossense de Inclusão Sociocultural/AMISCIM, Produzido pela Terra do Sol Filmes, Santo Antônio – Rio abaixo à Leverger é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Allan Kardec.

Leia mais:  Sema completa entrega de barcos e motores para 40 municípios descentralizados
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Onze foragidos da Justiça por crimes sexuais contra crianças e adolescentes são presos pela Polícia Civil

Publicado


A Polícia Civil, por meio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas cumpriu em dez dias, 11 mandados contra foragidos da Justiça que estavam com prisões decretadas por crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes.

As prisões foram cumpridas entre 31 de maio e 10 de junho, em Cuiabá e Chapada dos Guimarães e fazem parte da Operação Acalento desencadeada em todo país sob coordenação do Ministério da Justiça para cumprimento de prisões, instauração e conclusão de investigações referentes a crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Entre as prisões cumpridas nesta quinta-feira (10.06) pelas equipes da Polinter está a de um homem de 68 anos, que foi denunciado à Justiça pelo abuso sexual cometido contra a sobrinha de 12 anos. O crime ocorreu no bairro Planalto, em 2011.

Outro foragido que teve o mandado cumprido responde a um processo pelo estupro cometido contra as duas filhas, que tinham 9 e 10 anos, à época, na região do Pedra 90. Os abusos se repetiram por anos, até que a mais nova das vítimas denunciou o crime ao Conselho Tutelar.

Um dos mandados foi cumprido no Centro de Ressocialização de Cuiabá em desfavor de um homem de 35 anos, réu em um processo pelo estupro cometido contra a enteada de sete anos, no bairro Pedra 90, em 2014. A mãe da criança, ao chegar do trabalho, encontrou a menina com a roupa suja de sangue e ao perguntar o que ocorreu, a criança contou como o padrasto havia abusado dela.

Em uma gleba no município de Chapada dos Guimarães, a equipe da Polinter localizou outro foragido, de 75 anos, que responde por crime sexual. Em 2013, ele abusou da sobrinha de 11 anos, no bairro Jardim União.

Leia mais:  Sexta-feira (11): Mato Grosso registra 426.571 casos e 11.366 óbitos por Covid-19

Outra prisão realizada em Cuiabá foi a de um homem de 64 anos, que em 2011 abusou da filha adolescente. O crime ocorreu no bairro Jardim Gramado, na Capital.

Todos os 11 homens presos foram encaminhados para a Gerência da Polinter, a fim de formalizar o cumprimento dos mandados de prisão e depois enviados a unidades prisionais da região metropolitana.

A Operação Acalento segue até o dia 17 de julho, quando o Ministério da Justiça fará um balanço das prisões realizadas no período.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana