conecte-se conosco


CUIABÁ

Assistência Social realiza mais de 23 mil atendimentos individualizados nesse período de pandemia

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência mantém os atendimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social nesse momento de enfrentamento ao coronavírus apesar das atividades coletivas estarem suspensas.

Conforme levantamento do Registro Mensal de Atendimentos – RMA, nos primeiros meses desse ano, foram garantidos 23.802 atendimentos individualizados e mais de 2.988 benefícios eventuais foram entregues como cestas básicas, caixas de leite e kits natalidade (cestas com produtos essenciais para os cuidados com os recém-nascidos).

No ano de 2020 foram realizados 57.676 atendimentos individualizados e 8.190 entregas de benefícios eventuais (cestas básicas e caixas de leite e Kit Natalidade), sendo disponibilizados nas quatorze unidades dos Centros de Referências da Assistência Social- Cras.

Cada Cras adotou estratégias para garantir o suporte às famílias assistidas. Cada unidade criou ferramentas que possibilitam o acompanhamento das famílias de baixa renda. As estratégias adotadas foi a criação de grupos de wattsapp como um canal de interação entre os assistidos e as equipes técnicas de cada unidade. Foram elaborados vídeos, orientações e palestras. “E para aquelas pessoas que não possuem acesso ao meio virtual, a equipe telefona para saber como estão e se precisam de auxílio”, disse a coordenadora Técnica de Gestão da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Patrícia Aparecida de Arruda Patrícia Arruda.

“Nesse sentido, buscamos trabalhar em consonância com os decretos vigentes que estabelecem como serviços e atividades essenciais indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis, dentre os quais encontra-se a Assistência Social. Sempre respeitando as medidas restritivas adotadas para conter a disseminação da Covid-19 no município de Cuiabá”, explicou a coordenadora.

Leia mais:  Mais de 6 mil profissionais da Educação já foram imunizados em Cuiabá

Neste momento atípico de pandemia, pontuou Patrícia, está sendo possível identificar diversos aprendizados quanto às alternativas e meios de assegurar a execução dos serviços, programas e projetos utilizando dos equipamentos tecnológicos e plataformas digitais.

Alguns atendimentos foram descentralizados e reorganizados com o intuito de evitar aglomerações e disseminação da doença. Quando necessário, as equipes técnicas fazem visitas domiciliares emergenciais, sempre fazendo uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários, bem como equipamentos tecnológicos como celulares e tabletes adquiridos pela Assistência Social.

A coordenadora lembra ainda que esse mesmo sistema de atendimento remoto é desenvolvido nos quatro Centros de Convivência dos Idosos (CCI’s) instalados pela capital. “O nosso objetivo é oferecer todo acolhimento, ainda mais nesse momento de crise que todos nós estamos vivenciando, finalizou.

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretaria de Educação protocola os primeiros processos de Credenciamento e Autorização das unidades educacionais de Cuiabá

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

A Secretaria de Educação entregou esta semana ao Conselho Municipal de Educação (CME) os primeiros processos para regularização dos Credenciamentos e Autorizações das unidades educacionais da rede pública de Ensino de Cuiabá. Nesta primeira fase estão sendo protocolados no Conselho, os processos de nove (9) Creches e Centros Educacionais Infantis Cuiabano (CEIC). A meta da Secretaria é regularizar 100% dos processos de Credenciamento e Autorizações.

Na quarta-feira (9), com a presença da secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado foram entregues os primeiros processos de Regularização, do Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Profª. Monserat Ismênia de Moraes, inaugurado após uma ampla reforma no último dia 30 de abril, e do CEIC Mariana Fernandes Macedo, inaugurado no ano passado. 

Nos próximos dias serão protocolados os processos de mais sete unidades, as Creches Prof. Aecim Tocantins, Alê Guilherme Arfux da Costa Ribeiro, Altos da Glória, Amália de Campos Curso, Padre Armando Cavallo e do CEIC José Gabriel da Costa (inaugurado em maio deste ano).

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado, falou sobre a importância da regularização das unidades educacionais, um processo herdado de décadas pela gestão Emanuel Pinheiro. Disse que junto com o Conselho Municipal de Educação, o Município estabeleceu como prioridade o desenvolvimento de ações conjuntas na interlocução com os marcos legais e com a melhoria da infraestrutura e segurança das unidades educacionais do Município.

“Este é um momento ímpar, é um diferencial em nível de Brasil. Nesta gestão, de forma gradativa, vamos começar e concluir esse processo. Até o final do ano, teremos 50% das 167 unidades educacionais do Município regularizadas do ponto de vista documental, fundiário, de acessibilidade e segurança, em consonância com a nossa política pedagógica, a Escola Cuiabana, organizando, efetivamente a vida escolar dos nossos estudantes”, disse ela. 

Leia mais:  Mais de 6 mil profissionais da Educação já foram imunizados em Cuiabá

A diretora de Gestão Educacional da Secretaria Municipal de Educação, Mabel Strobel Moreira da Silva, coordenadora desse trabalho, disse que este é o momento de avançar nos atos autorizativos para o bom funcionamento das unidades que integram o Sistema Municipal de Ensino de Cuiabá. “Em razão da pandemia, estamos num momento único, com a implementação do primeiro  Plano Pedagógico Estratégico de Retorno das atividades presenciais, primeiro Projeto Político Pedagógico com discussões de temas como aulas  mediadas pelas tecnologias da comunicação e informação e híbridas, primeiro processo de implementação de uma nova estrutura curricular nas unidades educacionais todos delineados pela Escola Cuiabana e alinhados com a Base Nacional Comum Curricular, a BNCC,  ou seja, é um marco para a Educação”, disse ela.

O presidente do Conselho Municipal de Educação, Luiz Batista Jorge, disse que este é o início da caminhada que vai levar a tranquilidade aos pais dos alunos da rede pública Municipal de Cuiabá. “A gestão do prefeito Emanuel Pinheiro está encarando de frente e começa a trazer as soluções para o problema. A partir de agora, começamos a regularizar toda essa situação. Pela primeira vez uma gestão passa a regulamentar o funcionamento e a oferta dos estudos nas unidades da Rede Municipal”, disse Luiz Jorge.

Participou o evento a secretária adjunta, Débora Marques Vilar e diretoras de unidades educacionais.

Regularização do Credenciamento, Autorização e suas respectivas Renovações

A Regularização do Credenciamento, Autorizações e/ou Renovações permitem ao poder público e aos órgãos de controle atuarem na melhoria da Educação proporcionando legitimidade para oferta da escolarização, amparando a vida escolar dos estudantes/crianças, proporcionando a eles o pleno exercício do direito à educação.

Cronograma

A segunda fase da Regularização será concluida em outubro de 2021 com o credenciamento de 69 creches, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) e os dois Centros Emergenciais de Educação Infantil.

Leia mais:  Pinheiro cede Dutrinha para CBF e treinos da Copa América serão realizados no estádio

Em 2022, está prevista a terceira fase, com o credenciamento de mais 89 unidades educacionais entre Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) e Escolas Municipais de Educação Básica do Campo (EMEBC).

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Mais de 6 mil profissionais da Educação já foram imunizados em Cuiabá

Publicado


Assessoria

Clique para ampliar

Um total de 6.358 profissionais da Educação de Cuiabá já receberam a primeira dose contra a covid 19. Os números foram repassados pela Secretaria Municipal de Saúde. Segundo as informações, até esta quarta-feira (9), já estão agendados para serem imunizados, 9. 381 profissionais.

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado, que se vacinou nesta quarta-feira (9), no posto de vacinação do Sesi Papa, disse que este é um momento especial, aguardado com muita ansiedade e esperança pelos profissionais da Educação. “Estamos com aulas não presenciais já há muito tempo e tanto nós profissionais, quanto nossos alunos, sabemos da importância desse momento para a Educação. O prefeito Emanuel Pinheiro fez de tudo para que todos os profissionais da Educação fossem vacinados. Conseguimos estamos muito felizes enquanto educadores”, salientou Edilene Machado.

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Educação, só na rede pública municipal de Educação, são em torno de 7 mil profissionais. No município inteiro, incluindo a iniciativa privada, unidades federal e estadual, calcula-se mais de 20 mil profissionais.

Edilene Machado acredita que com a imunização dos profissionais, após a segunda dose, em breve será mais seguro para a comunidade escolar o retorno das atividades presenciais nas unidades educacionais no formato híbrido. “Teremos segurança para planejar a volta das atividades presenciais no formato híbrido. Mas, ainda teremos que manter o cuidado de utilizar as máscaras e cumprir todas as medidas de biossegurança como a aferição de temperatura na entrada das unidades educacionais, utilização de tapete sanitizante, álcool em gel além de obedecer ao número de 50% só dos estudantes.  Todo o cuidado é pouco já que o universo escolar envolve um grande número de pessoas”, disse ela.

Leia mais:  Secretaria de Saúde apresenta relatório do primeiro quadrimestre de 2021 em sessão da Câmara

Sobre as tratativas da gestão municipal para inclusão dos profissionais da Educação nos grupos prioritários para vacinação, a secretária Edilene Machado destacou o papel do prefeito Emanuel Pinheiro. “Não é à toa que está é uma gestão humanizada, preocupada com a saúde e o bem estar da população e da comunidade escolar. Por isso a determinação de que as aulas presenciais só sejam retomadas, com a vacinação dos profissionais”, ressaltou.

A secretária Municipal de Educação falou ainda sobre o acompanhamento da participação dos estudantes em relação as atividades remotas, que hoje está em cerca de 90 %  de  devolutivas . “Hoje, 90% dos nossos alunos tem atendimento. As famílias que não tem acesso à internet recebem orientação e buscam as atividades físicas nas unidades”, disse ela.

A secretária aproveitou ainda para fazer um convite aos profissionais. “A vacinação é o único meio de que temos de imunizar contra essa doença então peço a todos os profissionais da Educação que venham se vacinar e, se puderem, colaborem da com campanha da Vacina Solidária, coordenada pela primeira dama Marcia Pinheiro”, salientou Edilene de Souza Machado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana