conecte-se conosco


MATO GROSSO

Alta Floresta recebe mais de R$ 1,5 milhão em projetos culturais aprovados pela Lei Aldir Blanc

Publicado


Muitos projetos em andamento, outros tantos concluídos, e a cadeia produtiva da cultura em plena atividade, apesar das dificuldades impostas pela pandemia. O mês de junho marca o primeiro semestre de execução dos 570 projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc, por meio dos editais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer em 47 municípios de Mato Grosso.

Foram 1.879 inscrições em cinco editais de chamamento público. Dos 570 projetos aprovados pela Secel-MT, 27 estão no município de Alta Floresta, cidade localizada no extremo Norte de Mato Grosso (790 km de Cuiabá), com população estimada em 51.959 habitantes.

“Democratizamos o acesso e 60% dos recursos foram para municípios do interior do Estado. Os outros 40% ficaram para municípios da Baixada Cuiabana. Criamos nota social para segmentos nunca antes valorizados por outros editais: cidades com menos de 40 mil habitantes; portadores de necessidades especiais; nota social especifica para mulheres”, explica Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

Para o município de Alta Floresta foi destinado o total de R$ 1.520.000 (Um milhão e quinhentos e cinquenta e dois mil reais), valor compartilhado entre os mais diversos projetos culturais, premiados em todos os cinco editais oferecidos pela Secel-MT.

“Foram R$ 29,35 milhões destinados à cadeia produtiva da cultura em todas as regiões de Mato Grosso. Trabalhamos a distribuição dos recursos de forma mais igualitária e democrática. Assim, 80% da população de todo o estado foi impactado de maneira direta e 100% de maneira indireta”, ressalta Beto Dois a Um.

De acordo com a Associação dos Produtores Culturais de Mato Grosso, a população atendida em todo o Estado pelos editais da Secel-MT é de 2.576.711 pessoas. Mato Grosso tem hoje uma população estimada em 3.224 milhões de pessoas.

Leia mais:  Sexta-feira (11): Mato Grosso registra 426.571 casos e 11.366 óbitos por Covid-19

Com prazos de prestação de contas dos projetos aprovados estendidos para 31 de dezembro, até o fim de ano ainda haverá muitos lançamentos, eventos e manifestações culturais em evidência.

Aldir Blanc em Mato Grosso

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso organizou a Lei Aldir Blanc em três diferentes incisos: Renda emergencial mensal aos trabalhadores da cultura; subsídio para manutenção de espaços culturais; editais que reacenderam a chama do setor das artes e reativaram cadeia produtiva da cultura.

“O setor das artes e da cultura foi um dos mais impactados pela pandemia. Ironicamente, esse mesmo setor nos ajudou a suportar as adversidades, o isolamento e os percalços dessa temporada tão severa. Sem a arte, sem a cultura, tudo seria bem mais complicado, tanto para o público quanto para os próprios artistas que ficaram impossibilitados de trabalhar. A Lei Aldir Blanc foi realmente um divisor de águas”, comenta Beto Dois a Um.

Com o Edital Conexão Mestres da Cultura, o Edital MT Nascentes, Edital Mostras e Festivais, Edital MT Criativo e Edital Conexão Cultura Jovem, a Lei Aldir Blanc chegou a todas as regiões de Mato Grosso.

Os projetos aprovados nos editais da Secel-MT em Alta Floresta são: 9° Festival de Teatro da Amazônia Mato-grossense; Festival Floresta Dança; Do Espaço Teatral ao Negócio Criativo; Mestre da Cultura Agostinho Bizinoto; Turismo Gastronômico, Cultural e Ecológico no Sítio Flores; Publicação do Livro “Poemasias: Escritos da Adolescência na Contemporaneidade”; Horizontes da Cultura: Programa de formação de agentes culturais; Um dia de Arte, Diversão e Teatro; Mostra de Artes: Olhares artísticos sobre a Amazônia Mato-grossense; Rosana Calos Oliveira Ribeiro; Projeto Vi Minha Cidade; Mergulho Teatral; Curta- Metragem “Olhos da Alma”; Montagem do Espetáculo de Dança “Se Ligue, Desligue as Telas”; Artesanato e empoderamento feminino no Portal da Amazônia; Roda De Biblioteca: Contos das Mulheres Sábia; Aline Veras canta André Psiconáutic; Circulação Espetáculo De Dança “DO1S; Bruce Spike e a batalha da berinjela; Resistência em Preto e Branco; História e Memória do Teatro produzido na Amazônia Matogrossense; Show Todos Em Alerta II; Livro: Fábrica de Palavras; A Singularidade Humana Sob a Ótica de Baruch Spinoza; Descalços – publicação de obra literária; Fábrica de Palavras; Reflexões de um Palhaço – Superando a Crise.

Leia mais:  Profissionais da educação aprovam programas de saúde e segurança no trabalho da Seduc
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Onze foragidos da Justiça por crimes sexuais contra crianças e adolescentes são presos pela Polícia Civil

Publicado


A Polícia Civil, por meio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas cumpriu em dez dias, 11 mandados contra foragidos da Justiça que estavam com prisões decretadas por crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes.

As prisões foram cumpridas entre 31 de maio e 10 de junho, em Cuiabá e Chapada dos Guimarães e fazem parte da Operação Acalento desencadeada em todo país sob coordenação do Ministério da Justiça para cumprimento de prisões, instauração e conclusão de investigações referentes a crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Entre as prisões cumpridas nesta quinta-feira (10.06) pelas equipes da Polinter está a de um homem de 68 anos, que foi denunciado à Justiça pelo abuso sexual cometido contra a sobrinha de 12 anos. O crime ocorreu no bairro Planalto, em 2011.

Outro foragido que teve o mandado cumprido responde a um processo pelo estupro cometido contra as duas filhas, que tinham 9 e 10 anos, à época, na região do Pedra 90. Os abusos se repetiram por anos, até que a mais nova das vítimas denunciou o crime ao Conselho Tutelar.

Um dos mandados foi cumprido no Centro de Ressocialização de Cuiabá em desfavor de um homem de 35 anos, réu em um processo pelo estupro cometido contra a enteada de sete anos, no bairro Pedra 90, em 2014. A mãe da criança, ao chegar do trabalho, encontrou a menina com a roupa suja de sangue e ao perguntar o que ocorreu, a criança contou como o padrasto havia abusado dela.

Em uma gleba no município de Chapada dos Guimarães, a equipe da Polinter localizou outro foragido, de 75 anos, que responde por crime sexual. Em 2013, ele abusou da sobrinha de 11 anos, no bairro Jardim União.

Leia mais:  Sexta-feira (11): Mato Grosso registra 426.571 casos e 11.366 óbitos por Covid-19

Outra prisão realizada em Cuiabá foi a de um homem de 64 anos, que em 2011 abusou da filha adolescente. O crime ocorreu no bairro Jardim Gramado, na Capital.

Todos os 11 homens presos foram encaminhados para a Gerência da Polinter, a fim de formalizar o cumprimento dos mandados de prisão e depois enviados a unidades prisionais da região metropolitana.

A Operação Acalento segue até o dia 17 de julho, quando o Ministério da Justiça fará um balanço das prisões realizadas no período.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Sema completa entrega de barcos e motores para 40 municípios descentralizados

Publicado


Os 40 municípios descentralizados que receberam veículos e instrumentos de campo e escritório do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), já estão com os equipamentos em funcionamento. A última cidade a retirar os barcos e motores disponibilizados foi Apiacás, no mês de maio.

Os equipamentos entregues aos municípios nos últimos anos foram barcos, motores, motocicletas, GPS, computadores, monitores e impressoras. As entregas fazem parte do Kit Descentralização com recursos do Fundo Amazônia/BNDES.

O objetivo do Programa é equipar as Secretarias Municipais de Meio Ambiente para que, de forma descentralizada, realizem serviços de gestão ambiental. O fortalecimento dos municípios do Programa Mato Grosso Sustentável é importante para a eficiência na fiscalização contra crimes ambientais e no licenciamento de empreendimentos de impacto local.

Entrega de Sedes

Entre as ações para fortalecer os municípios estão previstas a entrega de 17 novas sedes de secretarias municipais de meio ambiente. 10 municípios já estão com obras finalizadas e entregues: Juara, Porto dos Gaúchos, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Brasnorte, Claudia, São Felix do Araguaia, Querência, Ribeirão Cascalheira e Canarana. 

Estão sendo construídas as obras das secretarias municipais de meio ambiente de Guarantã do Norte, Nova Monte Verde, Paranaíta e Apiacás. As obras de Aripuanã e Colider estão em licitação e de Sinop aguardando aprovação do projeto na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

Municípios

Os 40 municípios que receberam o Kit Descentralização são: Água Boa, Alta Florestas, Apiacás, Aripuanã, Barra do Garças, Brasnorte, Campinápolis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canarana, Cláudia, Cocalinho, Colíder, Comodoro, Conquista D’Oeste, Cotriguaçu, Cuiabá, Guarantã do Norte, Jaciara, Juara, Lucas do Rio Verde, Nova Monte Verde, Nova Mutum, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Paranaíta, Porto dos Gaúchos, Poxoréo, Primavera do Leste, Querência, Ribeirão Cascalheira, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tangara da Serra, Tapurah, Várzea Grande, Vila Bela da Santíssima Trindade.

Leia mais:  Profissionais da educação aprovam programas de saúde e segurança no trabalho da Seduc
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana