conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende estelionatário que se passava por funcionário de banco para buscar cartões de vítimas em Cuiabá

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Mais um estelionatário que veio do estado de São Paulo para aplicar golpes contra pessoas idosas em Cuiabá e região foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (03.05), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Crimes Informáticos (DRCI) com a apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

O suspeito de 34 anos estava hospedado em um hotel no bairro Altos do Coxipó, onde foi flagrado com diversas máquinas de cartão de crédito e eletrônicos de alto valor de mercado.

As investigações iniciaram após a equipe da DRCI receber denúncia anônima sobre um homem que teria vindo do estado de São Paulo para aplicar golpes em Cuiabá. Segundo as informações o suspeito estava atuando com o golpe do “falso motoboy”, em que criminoso se passa por funcionário de agência bancária, para enganar a vítima dizendo que o cartão dela foi clonado,  induzindo a entregá-lo a uma pessoa enviada pelo banco.

Com base nas informações, os policiais foram até o hotel e em buscas no quarto em que o suspeito estava hospedado foram apreendidas seis máquinas de cartão cujas transações realizadas ultrapassam o valor de R$61,7 mil, além de aparelhos celulares modernos de alto valor de mercado e acessórios como smarth watch e fone JBL, que eram utilizados na prática do crime.

Segundo o delegado da DRCI, Ruy Guilherme Peral da Silva, há indícios que o suspeito seja integrante de uma organização criminosa interestadual dedicada à prática de estelionato majorado contra idosos.

“O suspeito estava hospedado no hotel em Cuiabá há uma semana, sem qualquer vínculo pessoal, familiar ou de amizade em Mato Grosso, passando a maior parte do tempo dentro do quarto do estabelecimento. Os aparelhos eletrônicos apreendidos em seu poder, de alto valor de mercado, também são destoantes da sua condição atual de desempregado”, explicou.

Leia mais:  Mulher é presa por receptação e policiais civis recuperam TV furtada

O delegado representou pela conversão da prisão em flagrante para preventiva e disse que as investigações continuam em andamento. “Vítimas desse tipo de golpe devem ser ouvidas nos próximos dias para evidenciar a atuação deste suspeito ou identificar outros envolvidos no crime”, disse Ruy Guilherme.

Prisão anterior

O estelionatário é a segunda pessoa presa pela Delegacia de Crimes Informáticos por envolvimento nesse tipo de golpe em menos de uma semana. Na quinta-feira (28.04), uma mulher de 23 anos que também estava hospedada em um quarto de hotel, no bairro Bandeirantes, em Cuiabá, foi presa após ter a atuação ilícita descoberta pela equipe da DRCI.

A suspeita fez pelo menos três vítimas na região metropolitana e chegou a movimentar mais de R$ 80 mil adquiridos com os golpes. Com ela foram apreendidas 15 máquinas de cartão de crédito utilizadas para realizar as transações bancárias a partir dos cartões que ela adquiria fraudulentamente.

Conheça o golpe

No golpe do “falso motoboy”, o criminoso faz contato com a vítima por telefone, simulando ser de central de atendimento de instituição financeira, informado que o cartão da pessoa foi clonada e precisa ser bloqueado.

No suposto bloqueio do cartão, a vítima é induzida a fornecer dados e senhas para conclusão do procedimento. Na sequência, o suspeito oferece um serviço de motoboy para retirada do cartão, que em tese, foi cancelado durante a chamada telefônica.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende mais um integrante de grupo que utiliza drones para enviar drogas para dentro de presídios

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Mais um homem suspeito de integrar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas e entrega de entorpecentes e objetos ilícitos dentro de presídios foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quarta-feira (05.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da Derf receber informações que durante a madrugada policiais penais apreenderam carregadores de celulares, bateria de drone e outros objetos. O material estava com um grupo criminoso que lançaria os objetos para dentro do presídio, porém um dos suspeitos teria conseguido fugir durante a abordagem policial.

Com informações sobre a possível identidade, os investigadores da Derf realizaram diligências conseguindo localizar o suspeito, que confessou ter participado da ação criminosa. Em buscas na residência, foi apreendida uma porção de maconha que estava enterrada e hélices de drone Phantom 4.

Questionado, ele confessou que guardava as partes de drone a mando da organização criminosa e na noite anterior tinha recebido uma ligação para participar da ação em que os objetos seriam enviados para dentro do presídio.

O suspeito que possui diversas passagens criminais e já era investigado pela equipe da Derf pela atuação com o tráfico de drogas na região do Jardim das Flores foi encaminhado à delegacia, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Homicídio de adolescente em centro espírita em Rondonópolis teve motivação homofóbica
Continue lendo

POLICIAL

Homem que colocou fogo em casa de ex-companheira é preso em São José dos Quatro Marcos

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que colocou fogo na casa da ex-companheira em São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (05.05). O suspeito de 22 anos tinha passagens anteriores por violência doméstica cometidas contra a ex-companheira de 41 anos quando cometeu o crime.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça após representação da Polícia Civil pelos crimes de ameaça majorada, descumprimento de medida protetiva e incêndio em casa habitada.

O crime ocorreu no dia 20 de setembro de 2020, quando as Forças de Segurança foram acionadas para atender a ocorrência de uma residência no bairro Bandeirantes II que estava pegando fogo. No local, era possível ver as chamas consumindo parte do telhado e do interior da casa.

Segundo as informações, horas antes a Polícia Militar havia sido chamada no local para atender uma ocorrência de descumprimento de medida protetiva, em que o suspeito tinha invadido a residência e ameaçado a vítima de morte.

Cerca de uma hora e meia depois, vizinhos perceberam que a casa da vítima estava pegando fogo e também relataram que ouviram o barulho da motocicleta do suspeito saindo da residência. No momento do incêndio, a vítima estava na casa de uma prima. 

Em análise do local de crime, foi constatado que uma das portas foi arrombada e também encontrado uma faca que não pertencia a moradora. Na ocasião, os policiais realizaram diligências porém o suspeito não foi localizado.

Diante dos fatos, o delegado de São José dos Quatro Marcos, Edison Ricardo Pick, representou pela prisão preventiva do suspeito que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta quarta-feira (05), pelas investigadoras da delegacia.

Leia mais:  Foragido da Justiça por roubo qualificado é localizado por policiais civis em Alto Araguaia

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana