conecte-se conosco


CUIABÁ

Mais de 72% dos idosos cuiabanos já foram vacinados contra a covid-19

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Desde o dia 11 de fevereiro até o dia 30 de abril, Cuiabá já vacinou 55.085 pessoas do grupo prioritário composto por idosos, o que representa 72,3% do total dessa população, estimada em 76.168 pessoas na capital, conforme levantamento que cruza os dados da vacinação disponibilizada na plataforma Localiza SUS, do Ministério da Saúde, e a estimativa da população por grupos prioritários, que consta em Relatório da Campanha de Vacinação Contra a Covid-19, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

Desses 55.085 idosos vacinados, mais de 52% foram vacinadas somente nas três últimas semanas, pois a vacinação dos idosos entre 65 a 69 anos começou no dia 12 de abril e dos idosos entre 60 e 64 anos começou no último dia 22. Essas duas faixas etárias são as mais populosas em Cuiabá. Além disso, a aceleração no processo de imunização contra a covid-19 coincide com a descentralização da campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, que conta com cinco polos: Centro de Eventos do Pantanal, SESI Papa (drive-thru), UFMT (drive-thru), SESC Balneário e Assembleia Legislativa. 

Outro dado importante do levantamento é que 15.230 mil idosos cuiabanos já tomaram as duas doses da vacina contra a covid-19, ou seja, completaram o esquema vacinal. O prefeito Emanuel Pinheiro comemorou o saldo positivo da campanha. “Esses números demonstram que Cuiabá está avançando na luta contra o coronavírus. Com a vacinação, nossos idosos estão muito mais protegidos. Ainda é preciso manter os cuidados com as medidas de biossegurança e distanciamento social, mas temos o alívio de saber que a parte que cabe à Prefeitura de Cuiabá está sendo feita com organização e seriedade”, disse.

Leia mais:  Assistência Social mantém atuação para as famílias de imigrantes na capital

Cobertura vacinal dos idosos por faixa etária

Conforme os dados apurados, da faixa etária acima de 80 anos, 8.153 dos 8.472 idosos (96,2%) já tomaram a primeira dose. Desses, 7.245 tomaram a segunda dose, faltando 908 retornarem para completar o esquema. 

Da faixa de 75 a 79 anos, já foram contemplados com a primeira dose 7.244 dos 7.812 idosos (92,7%). A segunda dose desse grupo começou a ser aplicada no último dia 20 de abril e, até esta sexta-feira (30), 5.526 já tomaram a segunda dose. 

No grupo de pessoas com 70 a 74 anos, 11.646 dos 13.172 idosos (88,4%) receberam a primeira dose. A segunda dose desse grupo começou a ser aplicada no último dia 28 de abril e, até o momento, 2.328 já receberam a segunda aplicação.

Entre as pessoas com 65 a 69 anos, 16.643 dos 19.645 idosos (84,7%) já receberam a primeira dose. Desses, 88 já retornaram para tomar a segunda dose.

Na faixa etária mais populosa, de 60 a 64 anos, 11.399 dos 27.067 idosos estimados em Cuiabá (42,1%) já tomaram a primeira dose e 43 já receberam a segunda aplicação. 

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Assistência Social mantém atuação para as famílias de imigrantes na capital

Publicado


As ações de abordagem  realizadas pela equipe da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência – da Prefeitura de Cuiabá –  durante o mês de abril, resultaram na sensibilização de 43 imigrantes em Cuiabá. O trabalho é realizado nas principais avenidas, rotatórias e viadutos para busca ativa das famílias. A principal orientação repassada pelas equipes é quanto à exposição de crianças e bebês nos semáforos e rotatórias, considerando o risco à saúde para elas. A exposição fere a Lei nº 8.069/90 que dispõe sobre o Estatuto da Criança e Adolescente. “Queremos ajudar no que for preciso e proteger as crianças e adolescentes”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira. 

Ela pondera que as famílias encontradas passam por uma entrevista social para verificação de informações como dados pessoais, endereço, telefone para contato e se estão recebendo algum benefício social e se estão sendo atendidos junto à Casa do Migrante ou outro albergue.  Por ser um momento de enfrentamento a pandemia do novo Coronavírus, orientações sobre as principais formas de prevenção e cuidados, e principalmente sobre a importância da higienização das mãos também são repassadas.

Para facilitar a comunicação, também recebem orientações impressas, devidamente traduzidas para a língua espanhola, sobre os Conselho Tutelares.

As famílias ainda recebem um documento com a tradução dos principais artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – Lei nº 8.069/1990.

“Em momento algum o nosso trabalho tem como objetivo prejudicar alguém, pelo contrário, a nossa preocupação é saber como está a situação dessas pessoas, explicou Ferreira, se já são cadastradas nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social- Cras para receberem os benefícios ofertados pelo Governo Federal. A Assistência trabalha para ofertar dignidade à essas pessoas”, disse.  

Leia mais:  Evento online abordará as Competências Socioemocionais na Educação com palestra de Eduardo Shinyashiki

Ela frisa ainda “realizamos um trabalho de sensibilização aos pais quanto aos vetos a utilização de crianças para chamar à atenção da população. Esse trabalho contribui para entendimento da realidade e necessidades dessas famílias”.

Após levantamento feito pela equipe, foi constatado que as informações repassadas pelos imigrantes quando cruzadas com os dados contidos nos CRAS não coincidiam. “O que impedia a continuidade do trabalho com as visitas domiciliares”, explicou a coordenadora de Atenção Especial, Maggie Carolina, destacando a importância das atividades de busca ativa.

Hellen lembrou que a Pastoral dos Imigrantes é a unidade referência nesse tipo de atendimento e parceira da Prefeitura de Cuiabá. “É meta do nosso prefeito Emanuel Pinheiro oferecer dignidade a toda população, seja ela aqui de Cuiabá ou de fora”, disse a secretária

“Esse é um trabalho que não vai parar por aqui. O “Projeto Quero te Conhecer Imigrantes” voltado para o público imigrante pretende sensibilizar o maior número possível de população imigrante aqui em Cuiabá”, conclui Hellen Ferreira.

  

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Evento online abordará as Competências Socioemocionais na Educação com palestra de Eduardo Shinyashiki

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Educação realiza na próxima quarta-feira (12), às 9 horas, o II Webnário Temático de 2021. A palestra Competências Socioemocionais na Educação: A arte de Liderar, será ministrada por Eduardo Shinyashiki e transmitida pelo @portaldaescolacuiabana, no Youtube. O evento online é uma realização da Diretoria de Gestão Educacional, por meio da Coordenadoria Técnica de Ensino, e tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de habilidades sociais e emocionais dos educadores e estudantes. A palestra vai reunir profissionais da Educação da rede pública municipal e das instituições filantrópicas conveniadas com a Secretaria de Educação.

Ao longo dos últimos meses, em que as atividades presenciais na rede pública municipal de educação estão suspensas, a formação continuada dos profissionais, assim como as atividades pedagógicas, está sendo realizada na modalidade à distância. Nesse sentido, foram criados os Webnários Temáticos.

Nesses eventos, profissionais da Educação e especialistas de Cuiabá, municípios do interior e de outras partes do Brasil, vem discutindo sobre questões ligadas à Educação Especial, Ensino Híbrido, protocolos de biossegurança, alfabetização em atividades remotas, metodologias ativas no ensino da Língua Portuguesa e Matemática em espaços virtuais, Educação Inclusiva entre outros.

Sobre a palestra Competências Socioemocionais na Educação: A arte de Liderar, que é a programação deste webnário, a secretária Municipal de Educação de Cuiabá, Edilene de Souza Machado, disse que vem ao encontro de uma das prioridades da gestão Emanuel Pinheiro, o fortalecimento do Programa de Formação Continuada da Rede Municipal. “A formação continuada se dá por meio do Projeto Roda de Conversa, assegurando o atendimento às necessidades formativas, necessárias para subsidiar o trabalho realizado nas unidades educacionais e, consequentemente, gerar impactos positivos no processo de ensino e aprendizagem”, disse Edilene Machado.

Leia mais:  Evento online abordará as Competências Socioemocionais na Educação com palestra de Eduardo Shinyashiki

De acordo com a Secretária de Educação, no atual contexto, em razão da pandemia e considerando a atipicidade do ano letivo de 2021, a aprendizagem social e emocional assume uma grande importância. “Nesse cenário, os educadores têm enfrentado muitos desafios no desenvolvimento de novas habilidades, aprendendo e reaprendendo, sendo líderes em seus processos educacionais e este webnário vem fortalecer esse processo”, salientou.

Palestra

Eduardo Shinyashiki é palestrante internacional, escritor, especialista em Comunicação Verbal e Não Verbal e no desenvolvimento das Competências Socioemocionais e de Liderança. Neuropsicólogo e Mestre em Liderança Educação já formou milhares de pessoas por meio do Desenvolvimento do Poder Pessoal, através da expansão das competências de liderança, comunicação e inovação, criando novas realidades e resultados de sucesso.

Na palestra Competências Socioemocionais na Educação: A arte de Liderar, Shinyashiki fará uma reflexão sobre a pluralidade e diversidade dos indivíduos e das culturas, visando o fortalecimento de uma nova forma de pensar e agir, novas habilidades e competências, tendo como foco os valores humanos, núcleo comum dos indivíduos.

Entre os temas que serão abordados estão o autoconhecimento e autoconfiança, o papel das emoções e afetividade como fator dominante nos relacionamentos interpessoais, a importância de se reinventar e da valorização do educador, a ressignificação da aprendizagem e outros.

SERVIÇO

II Webnário Temático de 2021

Competências Socioemocionais na Educação: A arte de Liderar

Palestrante: Eduardo Shinyashiki

Local: @portaldaescolacuiabana, no canal do Youtube

Programação

9 h – Momento de interatividade – Prof. Marco Antônio Alves Braga

Abertura

– Secretária Municipal de Educação, Profª Edilene de Souza Machado

– Secretária Adjunta de Educação, Profª. Débora Marques Vilar

– Diretora de Gestão Educacional, Profª Mabel Strobel Moreira

– Coordenadora Técnica de Ensino, Profª Zileide Lucinda dos Santos

Leia mais:  Pessoas que vivem com HIV devem informar unidades às quais estão vinculados para ser vacinados contra a covid-19 em polo específico

Intérprete: Ana Paula da Silva Campos

09:30 horas – Palestra: Competências Socioemocionais na Educação: A arte de Liderar

Palestrante: Eduardo Shinyashiki.

Intérprete: Derli Aparecida Freitas Alonso

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana