conecte-se conosco


MATO GROSSO

Jovens artistas expõem obras resultantes da participação em residência artística

Publicado


Jovens participantes do projeto CasaCorpo na Escola – Residência Artística Online tem o seu trabalho exposto no site casacorpoartes.com.br. As obras são resultado da comunhão entre vivência e técnica. A exposição deriva do 2º ciclo do projeto, que contou com a participação de estudantes dos Institutos Federais de Mato Grosso e de outras escolas mato-grossenses, entre os meses de março e abril.

O espaço dá vazão à criatividade de pessoas como estudante Júlia Cardoso de Oliveira, 14, que viu na residência uma oportunidade de alimentar o interesse pelas artes. “Me interessei pelo assunto no começo de 2020, quando comecei a pintar quadros e aquarelas, por pura curiosidade. Na época comprei os materiais mais baratos, e percebi que gostava mesmo do assunto, quando passei a pesquisar sobre história da arte, artistas e técnicas”.

Do período de residência, destaca os processos de comparação artística e a troca entre os participantes. Lembra ainda os experimentos para extração de pigmentos com frutas e plantas, que resultaram, em seu caso, em tintas de açafrão e amora. “A possibilidade de ouvir os relatos de outras pessoas e de poder me expressar, falar, criar coisas novas, mudou muito minha percepção sobre este mundo”, diz Júlia.

Durante os encontros, a abordagem teve foco na singularidade dos processos e nas possibilidades do que cada um poderia desenvolver durante o fazer artístico. Ou seja, os orientadores trabalharam o fazer livre do artista, com materiais que já estavam ao seu alcance. Nasceu, assim, um ponto de apoio apelidado como ateliê livre online.

Deste modo, as atividades propostas durante a residência artística estão em consonância com a temática do projeto, uma vez que as obras são os próprios cadernos dos artistas, os exercícios de auto-retrato e retrato da casa. Os trabalhos estão diretamente ligados à temática central do projeto, que é justamente CasaCorpo.

Leia mais:  Governo entrega 3,3 mil cartões do Ser Família Emergencial em Santo Antônio do Leverger e Poconé neste sábado (08)

Se por um lado a residência mostrou-se como oportunidade de trocas e desenvolvimento de habilidades, por outro, serviu como válvula de escape em um momento de relações pessoais reduzidas e sentimentos atravessados como relata a estudante Victória Tapajós, 24. “Foi como um suspiro de calma nesse momento. Mas, um suspiro curto, seguido de uma aflição boa, de querer jogar algo para fora. A orientação dos professores foi importante para me ajudar a entender o que era essa coisa que eu queria jogar para fora”.

Neste balanço, além dos orientadores, os colegas de turma também foram imprescindíveis. “Acredito que foi muito importante e interessante ter esse contato e experimentação em grupo. O aprendizado em conjunto é sempre muito proveitoso e rico, cada um colaborando de forma simples. Aprender a partir de outras perspectivas, novas técnicas, entre outras coisas, foi muito interessante. Acho que é uma experiência que todo artista deve ter”, conclui Victória.

As duas edições da residência artística CasaCorpo na Escola ofereceram capacitação gratuita para pessoas interessadas em desenvolver percepções e habilidades nos campos das artes visuais e literatura. Sob tutoria em processos criativos da educadora Imara Quadros e orientação artística de Carla Renck e Pedro Duarte, o projeto foi contemplado no edital MT Nascentes, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). Vale destacar que os encontros aconteceram exclusivamente online e por meio de plataformas digitais.

Serviço

Exposição virtual CasaCorpo na Escola – Residência Artística

Local: casacorpoartes.com.br

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Regional de Alta Floresta multa e embarga áreas de desmatamento ilegal, garimpos e posto de gasolina em Apiacás e região

Publicado


A Unidade Desconcentrada da Secretaria de Meio Ambiente de Alta Floresta realizou uma operação que resultou na autuação e embargo de áreas de desmatamento ilegal, garimpo e um posto de gasolina. A fiscalização começou na segunda-feira (03.05) e terminou nesta sexta (07.05) nos municípios de Apiacás, Paranaíta e Nova Canaã.

A autuação de desmate ilegal foi no valor de R$ 6,1 milhões e um total de 1,2 mil hectares de área embargada. A operação ocorreu em parceria com a Polícia Civil de Alta Floresta, Apiacás e Monte Verde e resultou na prisão de quatro pessoas.

A equipe formada por servidores da Sema e policiais civis também autuaram e embargaram três garimpos e um posto de gasolina que estavam atuando de forma ilegal, sem licença de operação, em Apiacás.

Dois dos garimpos foram multados em R$ 200 mil cada e o terceiro em R$ 500 mil, 9 motores a diesel foram apreendidos e 2 pessoas foram presas em flagrante durante a operação. A multa no posto de gasolina foi de R$150 mil.

O diretor da Regional de Alta Floresta, Vinicius Rezek, destacou que as ações da Regional estão voltadas para a tentativa de frear o desmatamento, realizando operações de fiscalização e de combate à crimes ambientais na região.

“As ações com apoio policial são muito importantes pois conseguimos atingir os objetivos de forma mais célere, identificando os infratores e levando em flagrante para a delegacia.  Estamos em constante monitoramento pela Plataforma Planet para coibir estes crimes ambientais”, afirmou Vinicius.  

Tolerância Zero

O combate ao desmatamento ilegal faz parte da política pública do Governo do Estado de Mato Grosso de tolerância zero para crimes ambientais.  A meta é que por meio da fiscalização em campo e da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal que utiliza Imagens de Satélite Planet a pasta possa agir de forma preventiva, minimizando os danos e aumentando a celeridade na resposta.

Leia mais:  Sexta-feira (07): Mato Grosso registra 371.781 casos e 10.076 óbitos por Covid-19

A fiscalização que resultou no embargo e autuação de áreas de desmate ilegal de Apiacás e região foram resultados do monitoramento e alertas emitidos pela Plataforma de Satélite Planet. Já as ações nos garimpos foram motivadas por monitoramento das imagens e denúncias.

Denúncia

O cidadão pode denunciar crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281- 4144, nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Regional de Alta Floresta

A Regional de Alta Floresta embargou 2,3 mil hectares e aplicou multas no valor de R$14,6 milhões entre janeiro e março deste ano durante operações de fiscalização na região. Também foram realizados 49 autos de infração, 41 termos de embargo, 12 termos de apreensão e 58 notificações nos três primeiros meses do ano.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Governo entrega 3,3 mil cartões do Ser Família Emergencial em Santo Antônio do Leverger e Poconé neste sábado (08)

Publicado


O Governo de Mato Grosso entrega neste sábado (08.05) os cartões do Ser Família Emergencial para moradores de Santo Antônio do Leverger e Poconé. No total, 3.341 pessoas receberão o benefício nos dois municípios.

A secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, fará as entregas acompanhada dos prefeitos e de deputados estaduais, entre outras autoridades.

Em Santo Antônio do Leverger, serão entregues 860 cartões e a solenidade será na Secretaria de Assistência Social do município, às 8h30.

Já em Poconé, o evento está previsto para as 11h30, no Ginásio Guido Silva. No município, 2.481 famílias serão beneficiadas com o auxílio financeiro emergencial.

Serviço

Entrega dos cartões do auxílio Ser Família Emergencial em Santo Antônio do Leverger e Poconé

Data: sábado (08.05)

Horários:

8h30 – Santo Antônio do Leverger, na Secretaria Municipal de Assistência Social, Avenida dos Tarumeiros, em frente ao restaurante Largo do Tarumeiro.

11h30 – Poconé, no Ginásio Guido Silva, atrás do Fórum.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Regional de Alta Floresta multa e embarga áreas de desmatamento ilegal, garimpos e posto de gasolina em Apiacás e região
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana