conecte-se conosco


ESPORTES

Ponte Preta vence o São Caetano de virada e cola na segunda posição

Publicado


Em um jogo elétrico, com os dois times se atacando o tempo inteiro, a Ponte Preta saiu atrás, mas virou o jogo e venceu o São Caetano por 2 a 1. Os gols da Macaca saíram nos minutos finais de ambos os tempos, anotados por Camilo (de pênalti) e Moisés, que marcou um golaço. Com o resultado, a equipe alvinegra chega aos dez pontos, mesmo número da segunda colocada do Grupo B, a Ferroviária (que nos critérios de saldo de gols está na frente) e entra na luta pela classificação à próxima etapa do Paulistão.

No primeiro tempo, em que o placar terminou igual em 1 a 1, o destaque foi para o VAR, que confirmou a inexistência de um pênalti pedido pelo adversário, anulou um gol de Camilo e conformou um pênalti a favor da Macaca, convertido pelo próprio capitão pontepretano. No segundo, muita intensidade e diversas chances, com Moisés dando números finais ao jogo aos 46.

“Foi um jogo complicado, o time deles estava sem vencer e sabíamos que não seria fácil. Batalhamos, corremos muito e fomos coroados com esse gol no último momento. Importante, porque temos de pontuar para buscar a classificação”, diz o autor do segundo gol. A Ponte Preta volta a campo pelo Paulistão na noite de segunda-feira (26), às 20 horas, no Majestoso contra a Inter de Limeira.

O jogo

A Ponte teve a primeira chance logo aos dois, com Moisés entrando na área e sendo travado na hora da conclusão. Na sequência, Moisés desceu de novo pela esquerda e cruzou para  Camilo pegar a sobra e mandar de primeira, mas a bola desviou na zaga, Aos três, Luizão cuzou para a área e a zaga cortou. A Ponte recuperou a bola e Paulo Sérgio teve boa chance, mas acabou dividindo com o goleiro, que levou a melhor.

Leia mais:  Sub-17 do São Paulo estreia no Brasileiro contra o Cruzeiro

Aos cinco, Moisés saiu m velocidade,  limpou a zaga do lado esquerdo e inverteu para Paulo Sérgio. O camisa 9 chutou, mas a bola foi interceptada pela zaga oponente. Aos nove, em lance de ataque do adversário, a bola bateu no braço de Luizão e o São Caetano pediu pênalti, mas o árbitro acionou o VAR e marcou tiro de meta para a Macaca.

Aos 12, Paulo Sérgio fez bom lançamento para Moisés, que matou a bola, mas ela pegou muita velocidade. No lance seguinte, boa chance de Camilo em lançamento na párea, mas a defesa a bola saiu pela linha de fundo. Apesar da intensidade da Ponte, aos 16 quem saiu na frente foi o São Caetano, em cobrança de falta com uma bomba que Ygor Vinhas rebateu para a trave, dando a sobra para o adversário marcar. 1 a 0.

A Ponte foi para cima e aos 21 Camilo fez belo lançamento para Paulo Sérgio cabecear, mas a zaga desviou. Moisés pegou a sobra e passou para Yuri, que tentou cruzar, mas o goleiro pegou. O empate da Macaca saiu aos 32, mas o VAR anulou. Luizão passou para Niltinho, que cruzou para a área. Camilo matou no peito e mandou a bola pro fundo da rede. Porém, o árbitro de vídeo deu impedimento de Niltinho, que estaria um pouco à frente.

Aos 38, Moisés pegou boa bola, passou para Camilo, que voltou RO atacante completar, mas foi travado na hora do chute. Na sequência, Moisés recebeu pelo meio e cortou a defesa, e chutou no meio do gol, mas a zaga defendeu.  Aos 42, Niltinho saiu em boa jogada pelo lado direito, passou por dois e foi derrubado pertinho da área.

Leia mais:  Figueirense segue preparação para encarar a Chapecoense

Camilo cobrou para Niltinho, que cruzou para o outro lado da área, mirando Ruan Renato, mas ela pegou muita força e saiu.  A partir dos 45, foram três cruzamentos da Ponte na párea, com a defesa adversária cortando. No último, Niltinho foi parado com carrinho que atingiu a perna esquerda do pontepretano. O árbitro chamou o VAR e confirmou o pênalti.

Camilo mandou no canto esquerdo, rasteiro, e desta vez não houve dúvida: gol da Macaca ! 1 a 1 no placar e, aos 52, o juiz apitou o fim da primeira etapa sem que mais ninguém mexesse mais no placar.

A primeira boa chance da Macaca no segundo tempo saiu de um belo lance em que Camilo chapeou o adversário e matou a bola no peito, para lançar na sequência para Moisés. O atacante saiu em velocidade e foi travado na hora do chute, ganhando escanteio. Na cobrança, a Ponte mandou para a área, mas ela acabou saindo pela linha de fundo.

A Ponte pressionava, marcando o adversário desde a saída de bola e criando chances.  Aos sete, logo após cobrança de escanteio, Moisés levantou para a área e Dawhan cabeceou, mas o goleiro fez boa defesa. Na sequência, Moisés passou para Thalles dentro da área que chutou, mas a bola foi bloqueada. Camilo pegou o rebote e rolou para Dawhan chutar, mas ela acabou subindo demais.

Aos 12, Moisés arriscou de longe, mas ela saiu. Aos 15, Thalles cobrou escanteio fechado eo goleiro oponente tirou de soco. Aos 17, ótimo contra-ataque da Ponte Preta, com Ygor Vinhas mandando na frente para Moisés, que tocou para Camilo rolar para Renan Mota. O jogador, porém, acabou chutando a bola com muita altura e ela saiu pela linha de fundo.

Leia mais:  Atlético MG fecha preparação para semifinal

Aos 25, Thalles cobrou escanteio na párea e houve cabeceio para o gol, com o goleiro salvando dando um tapa na bola, que saiu por cima do travessão, em novo escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Luizão chutar, mas ela acabou saindo pela Lina de fundo. No lance seguinte, novo ataque da Macaca, com Moisés deixando Paulo Sérgio na cara do gol para chutar, porém o goleiro oponente salvou.

Aos 29, após cobrança de escanteio, Ruan Renato cabeceou e a bola sobrou para Paulo Sérgio concluir, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 33, Barreto pegou forte de frente para o gol, mas a zaga conseguiu mandar para escanteio. Aos 40, Yuri desceu pela esquerda e acionou Renan Mota , que levantou na área parar Robinho, e defesa do São Caetano coloca para fora. Thalles cobriu escanteio fechado e o goleiro defendeu.

Aos 46, saiu a virada da Macaca, com um golaço de Moisés após um contra-ataque rápido.Thalles roubou a bola, que ficou com Vini Locatelli, que acionou o meia mais uma vez. Thalles passou para Moisés  pela ponta direita e o atacante saiu em velocidade, entortando dois marcadores e soltando um petardo para dar números finais à partida. Ponte Preta 2 x 1 São Caetano.

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Figueirense segue preparação para encarar a Chapecoense

Publicado


A equipe do Figueirense segue com a sua preparação para encara a Chapecoense, em duelo válido pelas quartas de final do Campeonato Catarinense.

Na quinta-feira (06), o elenco alvinegro trabalhou no período da tarde, no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela, em Palhoça.

A atividade iniciou com aquecimentos no campo II, sob os cuidados do preparador físico Alexandro Jackson e todo o staff alvinegro. Na sequência, debaixo de muita chuva, o técnico Jorginho orientou trabalhos táticos no campo I do CFT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Sub-17 do São Paulo estreia no Brasileiro contra o Cruzeiro
Continue lendo

ESPORTES

Com Lucas Lima, Palmeiras treina na Academia visando Ponte Preta

Publicado


Os titulares contra o Santos fizeram atividades regenerativas na parte interna do centro de excelência. Pedro Bicalho, Lucas Esteves e Rafael Elias, que entraram no decorrer do embate, foram a campo e treinaram com o restante do grupo – estiveram no gramado também Jailson, Luan, Renan, Marcos Rocha, Victor Luis, Patrick de Paula, Raphael Veiga, Luiz Adriano e Rony, que haviam sido preservados contra o Santos, além de jovens do Sub-20.

O meio-campista Raphael Veiga durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A comissão técnica de Abel Ferreira iniciou os trabalhos com uma movimentação técnica com dois times. Sem goleiros, que ficaram à parte com os preparadores específicos Rogério Godoy e Thales Damasceno, os atletas tiveram de, em poucos toques na bola, cumprir objetivos como tabelar até chegar a espaços delimitados por estacas. Na sequência, foi colocada em prática uma atividade em dimensões reduzidas com duas equipes de 11 jogadores. Por fim, os atletas aprimoraram ainda cobranças de pênaltis. O atacante Gabriel Veron fez trabalhos na parte interna e no gramado (inclusive com bola). Breno Lopes, Kusevic e Gabriel Menino ficaram no centro de excelência.

Leia mais:  Sub-17 do São Paulo estreia no Brasileiro contra o Cruzeiro

O atual campeão paulista, da Copa do Brasil e da CONMEBOL Libertadores treina neste sábado (08), às 11h, na Academia. O Alviverde soma 18 pontos no torneio estadual, decorrentes de cinco vitórias, três empates e três derrotas.

O atacante Gabriel Veron fez trabalhos na parte interna da Academia de Futebol e no gramado (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana