conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira e raptou criança em Mirassol D’Oeste

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homem acusado de agredir sua ex-esposa e raptar uma criança de quatro anos em Mirassol D’Oeste (300 km a oeste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil do município na tarde de segunda-feira (19.04),  após ocorrência atendida inicialmente pela Polícia Militar. A ação continuada resultou na apreensão de uma arma de fogo, munições e no resgate do menor de idade.

O suspeito de 36 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, subtração de incapaz e lesão corporal no âmbito da lei de violência doméstica e familiar.

A vítima de 33 anos apresentava algumas lesões e foi encaminhada pelos militares até a Delegacia de Polícia Mirassol D’Oeste. Ao ser ouvida, ela relatou que havia sido agredida pelo seu ex-cônjuge. A mulher contou que está separada do marido há dois dias, e ele a agrediu ao tentar reatar o relacionamento. 

Ainda conforme narrado, além de causar lesões físicas, o suspeito tomou o sobrinho da vítima de apenas 4 anos, que ela cria como filho e possui a guarda, e levou com ele para a zona rural do município de Cáceres. A mulher informou também que em datas anteriores já teria sido agredida, inclusive com emprego de arma de fogo.  

Diante das informações, os policiais civis passaram a diligenciar para apurar os fatos. Após percorrerem aproximadamente 90 quilômetros, os investigadores conseguiram localizar o suspeito em uma região de mata da propriedade rural. 

Em seguida a equipe realizou buscas na casa do suspeito, sendo apreendido em um dos cômodos uma espingarda de calibre 22 e mais doze munições do mesmo calibre. O menino raptado também estava na residência. O menor foi resgatado e entregue a vítima e tutora legal da criança.

Leia mais:  Mulher é presa por receptação e policiais civis recuperam TV furtada

O suspeito foi detido e conduzido para a Delegacia de Polícia de Mirassol D’Oeste, interrogado e autuado em flagrante delito. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende mais um integrante de grupo que utiliza drones para enviar drogas para dentro de presídios

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Mais um homem suspeito de integrar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas e entrega de entorpecentes e objetos ilícitos dentro de presídios foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quarta-feira (05.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da Derf receber informações que durante a madrugada policiais penais apreenderam carregadores de celulares, bateria de drone e outros objetos. O material estava com um grupo criminoso que lançaria os objetos para dentro do presídio, porém um dos suspeitos teria conseguido fugir durante a abordagem policial.

Com informações sobre a possível identidade, os investigadores da Derf realizaram diligências conseguindo localizar o suspeito, que confessou ter participado da ação criminosa. Em buscas na residência, foi apreendida uma porção de maconha que estava enterrada e hélices de drone Phantom 4.

Questionado, ele confessou que guardava as partes de drone a mando da organização criminosa e na noite anterior tinha recebido uma ligação para participar da ação em que os objetos seriam enviados para dentro do presídio.

O suspeito que possui diversas passagens criminais e já era investigado pela equipe da Derf pela atuação com o tráfico de drogas na região do Jardim das Flores foi encaminhado à delegacia, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende mais um integrante de grupo que utiliza drones para enviar drogas para dentro de presídios
Continue lendo

POLICIAL

Homem que colocou fogo em casa de ex-companheira é preso em São José dos Quatro Marcos

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que colocou fogo na casa da ex-companheira em São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (05.05). O suspeito de 22 anos tinha passagens anteriores por violência doméstica cometidas contra a ex-companheira de 41 anos quando cometeu o crime.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça após representação da Polícia Civil pelos crimes de ameaça majorada, descumprimento de medida protetiva e incêndio em casa habitada.

O crime ocorreu no dia 20 de setembro de 2020, quando as Forças de Segurança foram acionadas para atender a ocorrência de uma residência no bairro Bandeirantes II que estava pegando fogo. No local, era possível ver as chamas consumindo parte do telhado e do interior da casa.

Segundo as informações, horas antes a Polícia Militar havia sido chamada no local para atender uma ocorrência de descumprimento de medida protetiva, em que o suspeito tinha invadido a residência e ameaçado a vítima de morte.

Cerca de uma hora e meia depois, vizinhos perceberam que a casa da vítima estava pegando fogo e também relataram que ouviram o barulho da motocicleta do suspeito saindo da residência. No momento do incêndio, a vítima estava na casa de uma prima. 

Em análise do local de crime, foi constatado que uma das portas foi arrombada e também encontrado uma faca que não pertencia a moradora. Na ocasião, os policiais realizaram diligências porém o suspeito não foi localizado.

Diante dos fatos, o delegado de São José dos Quatro Marcos, Edison Ricardo Pick, representou pela prisão preventiva do suspeito que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta quarta-feira (05), pelas investigadoras da delegacia.

Leia mais:  Cidade da Polícia Civil em Sinop proporciona qualidade na estrutura de trabalho a servidores e atendimento à população

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana