conecte-se conosco


MATO GROSSO

PM desmonta organização criminosa e prende cinco em operação sobre desvio de carregamento de soja

Publicado


Policiais do 2º Pelotão de Força Tática da Polícia Militar no município de Sorriso (420 km de Cuiabá) prenderam cinco suspeitos, sendo três caminhoneirs, e apreenderam R$ 29  mil em dinheiro, R$ 2 mil em cheques, um veículo Gol e três carretas durante operação sobre desvio de carregamento de soja. Também foram apreendidas notas fiscais com indícios de falsificação.

A ação ocorreu neste sábado (24.04), após denúncia do desvio de uma carga de soja e o sumiço do motorista, um homem de 35 anos. Além de não entregar a primeira carga, o caminhoneiro retornou à transportadora com ordem de novo carregamento.

A transportadora acionou a Central de Operações da PM (Copom) e logo depois ocorreram as prisões dos três motoristas e a apreensão das carretas. Eles estavam no estacionamento de um posto de combustíveis no setor industrial.

O motorista responsável pela carga que sumiu estava com R$ 18,7 mil em dinheiro. Um outro caminhoneiro portava R$ 4,5 mil em dinheiro e R$ 2,1 mil em cheques. O terceiro caminhoneiro estava com R$ 6,5 mil em dinheiro.

De acordo com a apuração feita pela equipe de Força Tática durante a operação, os caminhoneiros estavam reunidos no local aguardando a chegada de novas notas fiscais com ordens para carregar soja em outras transportadoras da cidade.

O homem que trazia as notas, de 24 anos, também acabou sendo preso. Além de documentos com indícios de falsificações, os policiais militares também apreenderam dois carimbos de empresas transportadoras. 

O quinto preso era motorista de veículo de transporte de passageiro por aplicativo. Ele disse que já havia feito três viagens com o portador das ordens falsas. Argumentando ser estudante de direito, o motorista por aplicativo resistiu à prisão, porém acabou sendo contido e levado à Delegacia juntamente com os demais suspeitos.

Leia mais:  Estelionatária que causou prejuízo de R$ 20 mil a vítimas em venda de carro é presa em Cuiabá

Os cinco suspeitos, dinheiro, documentação e outros produtos apreendidos foram entregues na Delegacia da Polícia Judiciária Civil, onde as investigações sobre a atuação do grupo devem prosseguir.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Uma pessoa é presa em flagrante com arma de fogo na Operação Ares, na região de Chapada dos Guimarães

Publicado


A Polícia Civil em Chapada dos Guimarães realizou nesta terça-feira (11.05) mais uma etapa da Operação Ares para cumprimento de mandados de busca e apreensão em investigações que apuram diversos crimes ocorridos na região, entre eles, uma tentativa de homicídio.

Armas foram apreendidas e uma pessoa foi presa em flagrante em Nova Brasilândia por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. O cumprimento das ordens judiciais contou com apoio da Gerência de Operações Especiais, da Diretoria de Atividades Especiais da Polícia Civil.

A primeira fase da operação foi realizada no final de abril, quando foram cumpridos mandados de busca em Cuiabá e Chapada dos Guimarães.

De acordo com o delegado de Chapada dos Guimarães, Alexandre Nazareth, a operação buscou a apreensão de armas de fogo relacionadas em diversos crimes investigados pela Delegacia de Chapada dos Guimarães.

Os alvos da fase realizada nesta terça-feira estão relacionados à investigação de uma tentativa de homicídio ocorrida em Nova Brasilândia. A vítima sofreu seis disparos de arma de fogo e está hospitalizada, com os projeteis ainda alojados no corpo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Uma pessoa é presa em flagrante com arma de fogo na Operação Ares, na região de Chapada dos Guimarães
Continue lendo

MATO GROSSO

Governo de MT já distribuiu 98,1% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicado


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (11.05), 1.033.630 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já disponibilizou 1.014.604 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 98,1% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses (957.298), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (3.186) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante enfatizar que as 17.550 doses de vacina da Pfizer, recebidas nesta madrugada, estão sendo pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e serão disponibilizadas assim que definida a destinação dos imunizantes.

Das 957.298 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 689.559 (71%), sendo 469.471 como primeira dose e 220.088 como segunda dose. O percentual se manteve igual ao da semana passada; já na semana retrasada, a taxa era de 77%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Porto Esperidião (98%), Santa Terezinha (95%), Vila Rica (94%), Santo Afonso (93%), Ribeirãozinho (92%), Nova Monte Verde (89%), Juína (87%), Campo Novo do Parecis (86%), Vale de São Domingos (85%) e Planalto da Serra (84%).

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo n° 429 ou no Painel de Distribuição de Vacinas Covid-19.

Considerando as vacinas destinadas à população indígena, alguns municípios podem contabilizar as doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassar o limite de 100% da aplicação.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Leia mais:  Webinário irá dialogar sobre políticas públicas culturais da região Centro-Oeste

Sobre a distribuição

Na força-tarefa da vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana