conecte-se conosco


CUIABÁ

Pinheiro diz intervenção na Trincheira Jurumirim será autorizada após entrega do viaduto Murilo Domingos

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que a intervenção para correção na estrutura da Trincheira Jurumirim, situada na Avenida Miguel Sutil, deve ser iniciada após a Prefeitura de Cuiabá concluir a construção do viaduto Murilo Domingos, na Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio). A afirmação foi feita pelo chefe do Executivo municipal na quinta-feira (22).

Segundo Emanuel, apesar de serem regiões diferentes da cidade, a preocupação é que a execução de duas obras de grande porte, ao mesmo tempo, multipliquem os transtornos à população, principalmente nos horários de pico. Os reparos na Trincheira Jurumirim serão executados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

No local, a Sinfra terá que corrigir um problema no sistema de drenagem de águas pluviais, tanto na pista de rolamento quanto nas paredes da trincheira.  A previsão é que, somente na parte inferior, deva ser retirado uma profundidade de cerca de 1,5 metro de solo, em uma extensão de aproximadamente 1,2 quilômetros.

“Na próxima semana, vamos fazer uma última vistoria para definir a data exata da entrega do viaduto. Mas já anunciei que a intervenção do Estado na Trincheira Jurumirim só começa depois que entregarmos o viaduto. Não podemos travar, ao mesmo tempo, duas regiões da cidade que possuem grande movimentação de veículos”, comentou Pinheiro.

ANDAMENTO DA OBRA NO VIADUTO

O levantamento do viaduto Murilo Domingos já se encontra na fase final. Neste momento, além da pavimentação das pista do elevado, também está em andamento a edificação das cabeceiras que fazem a ligação entre a estrutura e a Avenida Beira Rio. Somado a isso, periodicamente, já são feitos testes no funcionamento do sistema de iluminação, superior e inferior, composto por lâmpadas do tipo LED.

Leia mais:  Prefeito lamenta morte do professor Welson Mesquita pela Covid

Outra atividade já prevista para iniciar nos próximos dias é a execução do projeto de jardinagem e paisagismo nos canteiros e rotatória do viaduto. O trabalho contará com o plantio de gramas, palmeiras e outras espécies de plantas ornamentais. Somado a essas ações, o processo de embelezamento será completado com a realização de pinturas nos pilares de sustentação, que serão feitas por artistas regionais.

“O prefeito Emanuel Pinheiro determinou que essa obra seja mais um motivo de orgulho para a população. Por isso, nosso trabalho é feito no sentido de garantir que a estrutura traga os importantes benefícios para a mobilidade urbana e, ao mesmo tempo, também deixe a nossa capital ainda mais bela”, explicou o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Artistas regionais deixam sua marca no Viaduto Murilo Domingos; obra será entregue na segunda-feira (10)

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Com entrega marcada para a próxima segunda-feira (10), o viaduto Murilo Domingos, localizado na Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio), é mais uma estrutura que conta com as atividades do programa Cidade Viva. No local, todos os pilares de sustentação recebem a pintura de elementos símbolos da história tricentenária de Cuiabá.

O processo é executado por sete artistas plásticos regionais que, desde a última semana, deixam sua marca na estrutura. Sob a coordenação de Fred Fogaça, participam desse trabalho os artistas Régis Gomes, Benedito Silva, Gilda Barrados, Babu 78, Vitório “Nico” e Sérgio Venny.

“Somos parceiros da Prefeitura de Cuiabá em diversos projetos espalhados pela cidade. Nas praças, canteiros e nos outros viadutos também estão a marca dos nossos artistas. Estar presente em mais essa importante obra para a cidade nos deixa muito honrados”, comenta o coordenador da equipe artística Fred Fogaça

Pelas mãos talentosas de cada um desses artistas, o cinza do concreto armado do viaduto é substituído pelo colorido, transformando a nova estrutura de mobilidade urbana também em um verdadeiro museu a céu aberto. Igrejas, animais, personagens e objetos típicos da cultura cuiabana compõem esse cenário.

“O prefeito Emanuel Pinheiro preza pela qualidade em cada uma das etapas das obras executadas por sua gestão. Com o viaduto Murilo Domingos não é diferente. Todos os detalhes foram pensados para garantir que a estrutura cumpra com sua função principal, mas também deixe nossa cidade mais bela”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

DATA DE ENTREGA

Na tarde de quarta-feira (05), o prefeito Emanuel Pinheiro realizou uma nova vistoria no local e solicitou à empresa contratada para execução dos trabalhos a realização de alguns reparos. Segundo observado pelo gestor há a necessidade de efetuar o recapeamento nas vias ao em torno da estrutura e também pequenas intervenções na pista de rolamento do viaduto.

Leia mais:  Secretaria de Saúde recebe doação de insumos hospitalares dos empresários de materiais de construção

Por conta desses ajustes, o chefe do Executivo municipal transferiu a data de inauguração para a próxima segunda-feira (10). “Nessa vistoria, percebi que falta terminar e melhorar acabamento, como alguns buracos ao em torno, pista de rolamento precisando ser finalizada com mais segurança e com mais qualidade”, disse Pinheiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Estado não cumpre decisão e Prefeitura de Cuiabá pede bloqueio, intimação e multa de R$ 100 mil

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), ingressou na Justiça com um pedido de intimação ao Governo de Mato Grosso, a respeito do não cumprimento da decisão judicial que determinou o repasse do cofinanciamento dos leitos de UTI covid de forma antecipada.“… requer de forma subsidiária, a intimação imediata do Estado de Mato Grosso, para o fim de cumprir em 24h o disposto no item III da decisão de ID nº 50436681, sob pena de bloqueio via BACENJUD de tais valores e aplicação de multa diária de R$ 100.000,00 ao gestor responsável e ao ente público, sem prejuízo das sanções criminais, civis e processuais cabíveis”, consta no pedido assinado pelo procurador-geral adjunto, Alisson Akerley Silva.

A decisão assinada no dia 5 de abril pelo juiz da 5ª Vara Especializada da Fazenda Pública, Roberto Teixeira Seror, determina que o Governo altere os procedimentos de avaliação e financiamento dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Capital. Deste modo, o Estado além de ter que realizar o pagamento dos recursos de forma antecipada, também deve se abster de realizar qualquer ato tendente a suspender o cofinanciamento estadual dos leitos de UTI destinados aos pacientes acometidos pelo vírus. No entanto, até o presente momento, o Governo não cumpriu a decisão já que não realizou o repasse dos recursos, que já estão na importância aproximada de R$ 11,7 milhões.

“O não cumprimento intencional da decisão proferida nos autos, ocasiona enorme prejuízo ao Município de Cuiabá, que continua a suportar sozinho as despesas de custeio e manutenção dos leitos de UTI para pacientes COVID, ente federativo que sabidamente enfrenta os maiores e muitas vezes insuperáveis gargalos fiscais no Brasil, sem a capacidade econômica e financeira dos demais entes, colocando em risco a própria higidez de todo seu sistema de atendimento médico-hospitalar, em um dos momentos mais críticos de notório recrudescimento dos números de infecções, internações e mortes pela COVID-19”, diz em trecho do documento.

Leia mais:  Estado não cumpre decisão e Prefeitura de Cuiabá pede bloqueio, intimação e multa de R$ 100 mil

A Prefeitura informa que consta em aberto os repasses referentes aos meses de abril e maio, o que demonstra de forma evidente o descumprimento voluntário da decisão judicial. Além disso, a PGM ressaltou que a situação ocasiona um grande prejuízo ao planejamento e manutenção de todas as ações que o Município de Cuiabá se vê obrigado a enfrentar no âmbito da saúde pública em especial no que se refere o combate ao COVID-19. “A urgência na presente hipótese é ínsita ao próprio objeto da ação, posto estarmos lidando com leitos de UTI pediátrica e adulto destinados a pessoas acometidos pela COVID -19, situação que dispensa maiores delongas”, diz.

Cuiabá atualmente dispõe de 155 leitos exclusivos de UTI Covid, sendo 15 leitos pediátricos, que somente a Capital possui. Além disso, há ainda 211 leitos de enfermaria exclusivas para pacientes com covid-19, sendo 18 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão, 25 leitos na Policlínica do Verdão, 26 na UPA Sul, que fica no bairro Pascoal Ramos, 40 no Hospital São Benedito e 102 no antigo Pronto-Socorro, o que totaliza 366 leitos entre UTI e Enfermaria para pacientes acometidos pelo vírus.

A taxa de ocupação dos leitos do Hospital São Benedito desta quinta-feira (6), por exemplo, está em 60,8% para UTIs, sendo que do total de pacientes, 38 são do interior do Estado e 21 residentes da capital.

“Há meses Cuiabá vem atuando, estruturando sua rede, ampliando leitos de UTIs, dobrando leitos de enfermarias, reforçando  a atenção básica para garantir o atendimento às pessoas em um momento tão dificil.  Há uma falta de atenção para com os municípios, com o interior e isso reflete diretamente na capital. Sempre digo que todo gasto com saúde, a gestão Emanuel Pinheiro não vê como uma despesa, mas um investimento para salvar vidas, para preservar a saúde e a vida das pessoas”, afirmou Pinheiro.

Leia mais:  Secretaria de Saúde recebe doação de insumos hospitalares dos empresários de materiais de construção

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana