conecte-se conosco


MATO GROSSO

Perícia em impressão digital identifica suspeito que estuprou mulher grávida em Várzea Grande

Publicado


O trabalho integrado entre a Polícia Civil, e a Politec – por meio da perícia criminal e da papiloscopia, foi determinante para a identificação de autoria de um suspeito de ter cometido o crime de estupro contra uma mulher grávida em Várzea Grande, neste sábado (24.04).

A equipe de sobreaviso da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande foi comunicada sobre a ocorrência e foi à Central de Flagrantes para prestar atendimento à vítima, que foi encaminhada à unidade especializada para acolhimento e atendimento humanizado. A mulher relatou a violência sexual sofrida durante a madrugada, mesmo estando gestante de seis meses. Ela apresentou um vídeo, onde foi possível visualizar um homem indo e posteriormente retornando da rua de sua residência, o qual foi reconhecido como R.M.A.

Com base nas informações passadas, a equipe policial conseguiu localizar e prender o suspeito, que negou a autoria do crime. A vítima reconheceu o autor pelas características dos olhos e pelas vestes utilizadas, contudo, informou que o suspeito estava com o rosto encoberto. Mesmo com os indícios, os elementos informativos eram insatisfatórios, sendo necessária uma prova técnica capaz que vinculasse efetivamente os suspeitos aos fatos.

A delegada Mariell Antonini Dias requisitou a coleta de fragmentos papiloscópicos no local, e posterior confronto com impressões papilares do homem. O exame realizado pela Perícia Técnica e Oficial (Politec) deu positivo e concluiu que as impressões de quem abriu a janela da casa da vítima eram compatíveis com a do autor que se encontrava detido na Delegacia da Mulher de Várzea Grande. 

A Perita Oficial Criminal e Gerente de Perícias em Impressões de Pele, Luciana Dias Correa, que realizou a perícia de confronto papiloscópico afirma que o trabalho em equipe de Segurança Pública envolvida foi fundamental para a resposta rápida, eficiente e segura. Com o exame pericial, a delegada Mariell Antonini Dias lavrou o auto de prisão em flagrante do suspeito pelo crime de estupro.

Leia mais:  Mato Grosso recebe 60.500 doses de Astrazeneca nesta quinta-feira (06)

”A Politec esteve no local, realizou um excelente trabalho de levantamento de vestígio de local de crime.  Foram coletados fragmentos questionados em condições de serem confrontados, frente às impressões do suspeito indicado pela Polícia.  Também destaca-se o trabalho do papiloscopista que colheu as impressões padrão do suspeito no IML.  Ao receber as impressões coletadas o resultado do confronto foi positivo”, explicou.

A Perita Oficial Criminal Claudine Baracat, lotada da Gerência de Perícias de Mortes Violentas da Politec, esteve no local do crime para coletar os vestígios que pudessem elucidar o caso. Conforme os apontamentos da vítima que indicou o local por onde o suspeito entrou, foi obtido um fragmento de impressão digital que confirmou a presença dele no local do crime.

“A perícia determinou a autoria do fato. A vítima me relatou que a janela estava fechada e ele abriu e entrou em sua residência, e eu coletei um fragmento de impressão digital muito nítido, do dedo indicador deste suspeito. E então, foi coletada as impressões digitais padrões do suspeito pelo papilosocpista de plantão. Com os vestígios encontrados no local, e a ficha do Boletim de Identificação Criminal, nós os levamos até a Gerência de Perícias de Impressão de Pele para fazer a comparação, onde foram demarcados vários pontos coincidentes. A perícia confirmou que o suspeito estava na residência da vítima, comprovando cientificamente a presença do suspeito na cena do crime”, relatou Claudine.  

“Esse trabalho conjunto da Polícia Civil e da Politec foi fundamental para comprovar, em menos de 24h, a autoria de um crime brutal, cometido por autor contumaz na prática de crimes contra a dignidade sexual”, pontuou a delegada. O suspeito responde a outros três procedimentos pelo mesmo crime. Após a finalização do procedimento, a delegada representou pela prisão preventiva, afirmou a delegada.

Leia mais:  Seduc realiza licitação para retomada das obras de escola em Sinop

A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal pela equipe de policiais e também direcionada ao Hospital Júlio Muller para profilaxia e orientada a buscar atendimento psicológico junto à Rede Lírios.

(Com informações da Polícia Civil)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Casal é pego com R$ 63 mil em dinheiro sem procedência e são conduzido à Delegacia

Publicado


Um homem e uma mulher foram encaminhados à Delegacia nesta quarta-feira (05.06) por ocultação de bens e valores, durante uma abordagem policial.

Os policiais do 5º BPM de Rondonópolis foram informados que um VW Jetta branco estaria circulando na estrada que liga as cidades de Guiratinga e Rondonópolis, com objetivo de abordar caminhoneiros.

Em diligência pelo bairro Liberdade, o carro foi identificado e na ordem de parada, um homem estava na direção e uma mulher de passageiro.

Na ficha do cidadão constaram passagens criminais por roubo e tráfico de droga. No nome da mulher constou um crime por roubo. No assoalho do carro, os policiais encontraram um saco preto com R$ 63 mil em dinheiro e mais R$ 2 mil no bolso do homem.

Questionado, disse que levaria o dinheiro para a casa do seu pai. Durante o procedimento, o seu celular não parava de tocar e o pai também esteve no local da abordagem. Ele disse que o dinheiro seria da venda de um veículo Toyota Corolla e se comprometeu em levar o comprovante da negociação na Delegacia.

Até o fim do registro da ocorrência, no entanto, o homem não se apresentou com o referido documento alegado.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Professores de Várzea Grande destacam qualidade do material didático fornecido pelo Governo de MT
Continue lendo

MATO GROSSO

Cartões do Ser Família Emergencial serão entregues nos municípios da Região Oeste a partir desta quinta-feira (06)

Publicado


A partir desta quinta-feira (06.05), famílias de 10 municípios da Região Oeste de Mato Grosso vão receber mais de dois mil cartões de auxílio financeiro do Programa Ser Família Emergencial. A ação segue até sexta-feira (07.05) e será realizada pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, que ressalta a importância deste benefício para auxiliar famílias carentes neste momento de pandemia.

“Este programa do Estado vem ao encontro das necessidades de milhares de famílias que realmente precisam de apoio, pois estão em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia. Graças a iniciativa da primeira-dama, Virgínia Mendes, juntamente com a equipe da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), este auxílio foi viabilizado e conquistado para as famílias, e, com certeza, vai fazer a diferença na vida de todos” reforçou Borgato.

As cidades que serão atendidas são: Araputanga (com a entrega de 709 cartões), Lambari D’Oeste (355) Jauru (155), Figueirópolis D’Oeste (68), Indiavaí (19), Porto Espiridião (181), Curvelândia (226), Rio Branco (221), Salto do Céu (65) e Glória D’Oeste com a entrega de 217 cartões, somando um total de 2.216 cartões entregues para as famílias desta região. 

Em todo o Estado, serão mais de 100 mil famílias atendidas, no qual receberão um valor de R$ 150 por cinco meses, sendo que a primeira parcela será depositada dia 08 de maio. São famílias que ganham até R$ 70 reais per capita, inclusas no Cadastro Único da Assistência Social.

O auxílio financeiro foi implementado após pedido da primeira-dama Virginia Mendes, ao governador Mauro Mendes. Ao todo, serão investidos mais de R$ 75 milhões, que irão ajudar as famílias de Mato Grosso. O Governo contou com o apoio da Assembleia Legislativa e do senador Jayme Campos nesta ação.

Leia mais:  Mato Grosso recebe 60.500 doses de Astrazeneca nesta quinta-feira (06)

Nesse momento de pandemia, o Governo do Estado também promoveu a entrega de mais de 400 mil cestas básicas para as famílias necessitadas, por meio do projeto Vem ser Mais Solidário, que também é coordenado, de forma voluntária, pela primeira-dama Virgínia Mendes e é uma parceria com associações, entidades, igrejas e prefeituras.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana