conecte-se conosco


ESPORTES

Palmeiras perde para o Mirassol no Allianz Parque

Publicado


A última vez em que o time o interior paulista havia superado o Alviverde foi em 2013. Desde então, entre 2017 e 2020, se enfrentaram quatro vezes, com três vitórias palestrinas e um empate.

Atuando melhor no primeiro tempo, o Verdão parou no goleiro Muralha, que vivia noite inspirada. Após criar mais chances e dominar as ações até a primeira metade da etapa inicial, sofreu gol aos 28 minutos, marcado por Fabrício (Palmeiras 0x1 Mirassol).

Logo no início do segundo tempo, o time visitante ampliou a vantagem em praticamente sua primeira tentativa, após Diego Gonçalves receber lançamento de Luis Oyama e finalizar, sem chances para Weverton (Palmeiras 0x2 Mirassol)

Entretanto, mesmo com uma partida tecnicamente equilibrada àquela altura, aos 14 minutos o volante Neto Moura, do Mirassol, foi expulso, e então o Verdão passou a crescer novamente na partida. Mesmo pressionando e atacando até o fim, o Verdão não conseguiu reagir da forma que se esperava, parando, inclusive, mais uma vez em Muralha, que foi primordial para o resultado positivo do Novorizontino diante das defesas que fez e também do pênalti defendido aos 35 minutos, cobrado por Gabriel Menino.

Leia mais:  Volante do Sub-20, Gabriel Falcão renova contrato com o São Paulo

O Verdão ainda fez o seu gol de honra diminuindo com Newton, atacante panamenho oriundo da base, mas foi no último minuto dos acréscimos do jogo (49 do segundo tempo) e, desta forma, o time de Abel Ferreira não teve tempo para fazer mais nada, após bola cruzada da intermediária e Muralha subir para agarrar com as mãos, mas soltou. O garoto do Verdão aproveitou a bobeira do arqueiro, que havia sido impecável a partida toda, e deu um sutil toque de pé direito para empurrar a pelota para o gol adversário. (Palmeiras 1×2 Mirassol)

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Internacional é derrotado pelo Deportivo Táchira na Venezuela

Publicado


O Clube do Povo visitou o Deportivo Táchira-VEN, na noite de terça-feira (11/05), pela quarta rodada do grupo B da Libertadores. No Estádio Pueblo Nuevo, o Colorado saiu na frente, gol de Galhardo, mas sofreu a virada dos locais, vitoriosos por 2 a 1.

Agora, o Inter volta suas atenções para o Gauchão, campeonato pelo qual recebe, no próximo domingo (16/05), às 16h, o Grêmio. A partida abre a final do Estadual. Pela Libertadores, o Colorado visita, na quinta-feira da semana que vem (20/05), o Olimpia. Duelo ocorre a partir das 21h.

O Clube do Povo criou boas oportunidades na primeira etapa de partida, especialmente pelo corredor esquerdo de ataque. Logo aos três, Moisés foi ao fundo e cruzou com açúcar para Yuri Alberto, que desviou na primeira trave e, por detalhe, não inaugurou o marcador.

Combativo, o Táchira tentava apertar a saída de bola colorada. Quando bem-sucedida, porém, a troca de passes vermelha encontrava espaços nas costas da marcação rival. Mesmo assim, o escore seguiu zerado até o intervalo, também de parte do time da casa, que assustou apenas com Góndola, em oportunidade que enviou pela linha de fundo.

O Inter abriu o placar assim que reiniciado o confronto, quando Cuesta sofreu pênalti convertido por Thiago Galhardo. Em desvantagem, o time da casa realizou mudanças na linha de ataque, trocas recompensadas com nítida melhor dentro de campo. De tanto pressionar, a equipe chegou primeiro ao empate e, depois, nos instantes finais, a virada.

Comentários Facebook
Leia mais:  Flamengo empata com o Unión La Calera por 2 a 2 no Chile
Continue lendo

ESPORTES

Corinthians supera a Inter de Limeira e avança para semifinal do Paulistão

Publicado


Na terça-feira (11), o Corinthians entrou em campo para mais um desafio pelo Paulistão 2021. Na Neo Química Arena, o Timão encarou a Inter de Limeira, em partida válida pelas quartas de final da competição. Com uma vitória por 4 a 1 após os 90 minutos, garantiu uma vaga na semifinal do estadual. Os gols alvinegros foram marcados por Fagner, na primeira etapa, em uma partida bem especial para o lateral, que alcançou a marca de 400 jogos pelo Timão, Jemerson, por duas vezes no segundo tempo e Raul Gustavo, já nos acréscimos.  
Agora, o Coringão está entre os quatro melhores do Paulistão e deve disputar uma vaga na grande final já na próxima semana. O adversário ainda não está determinado, já que o clube do Parque São Jorge é o primeiro classificado para a semifinal e ainda espera o resultado da próximas partidas das quartas para a definição.

Escalação

O técnico Vágner Mancini iniciou o duelo contra a Inter de Limeira com a seguinte escalação: Cássio (capitão); João Victor, Jemerson, Raul; Fagner, Gabriel, Ramiro, Piton; Luan, Otero e Cauê. Durante o jogo, também entraram Gustavo Silva, Mateus Vital, Roni, Léo Natel e Fábio Santos. Ainda estavam no banco de reservas: Matheus Donelli, Gil, Bruno Méndez, Camacho, Gabriel Pereira, Mandaca e Jô.
Os desfalques corinthianos para a partida foram Cantillo, com uma lesão na coxa direita, e Danilo Avelar, Gustavo Mantuan e Ruan Oliveira que seguem em recuperação após lesões no joelho.

Bola em jogo!

A partida começou com bastante equilíbrio entre as equipes, sem muitas oportunidades claras nos primeiros minutos, mas, com um Corinthians um pouco mais presente no campo ofensivo.
No entanto, logo na primeira chance clara de gol, aos 10 minutos, o Timão abriu o placar na Neo Química Arena! E foi da estrela da tarde, Fagner, que ao entrar em campo completou 400 jogos com o manto alvinegro. O lance começou com Piton, que tabelou com Luan, cruzou na área e aí Fagner apareceu para finalizar sem muita força, mas na medida, fazendo a bola entrar no canto esquerdo do goleiro. 1 a 0 Timão!
Mesmo após o gol, o Coringão continuou pressionando no ataque a Inter de Limeira. Aos 14 minutos, quase saiu o segundo. Luan recebeu na grande área e tentou a finalização, mas foi travado no momento exato pelo zagueiro adversário.
Aos 24 minutos, mais uma boa chance do Corinthians. Após cobrança de escanteio, João Victor subiu alto e cabeceou firme para o gol, mas goleiro estava bem posicionado e acabou fazendo a defesa.
Mais tarde, aos 33 minutos, o time do Parque São Jorge chegou a balançar as redes mais uma vez, com Luan, mas gol foi invalidado pela arbitragem. O camisa 7 mandou de cabeça em direção ao gol, goleiro defendeu, e no rebote ele mesmo marcou, mas bandeirinha sinalizou saída de bola pela linha de fundo antes da finalização.
Aos 38 minutos, após toque de bola na intermediária, Gabriel lançou Piton, que cruzou bem para Luan, mas, de cabeça, o meia colocou muita força na bola e ela acabou passando por cima do travessão, desperdiçando a chance de ampliar o placar ainda na primeira etapa.

Segundo tempo

O Timão iniciou a segunda etapa da mesma forma que acabou os primeiros 45 minutos, se mantendo no setor ofensivo. Logo aos dois minutos, Fagner recebeu de Otero na área, fez o cruzamento e Ramiro chegou deslizando, na tentativa de empurrar para o gol, mas a bola acabou passando por ele.
Após seguir pressionando, veio o segundo gol do Corinthians na partida! Aos 13 minutos, Gabriel escorou de cabeça na frente da área, a bola ficou com Luan, que deu uma bela assistência de cabeça para Jemerson. O zagueiro finalizou muito bem, o goleiro ainda encostou nela, mas bola passou devagarzinho e entrou para o fundo gol. 2 a 0 Timão!
Aos 19 minutos, a equipe visitante foi em busca de diminuir a vantagem e conseguiu marcar o seu após cruzamento na área do Coringão. 2 a 1 em Itaquera.
Após o gol sofrido, o técnico Vagner Mancini fez as duas primeiras mudanças na equipe, ambas no ataque: saíram Otero e Cauê e entraram Gustavo Silva e Mateus Vital.
Pouco tempo depois, aos 26 minutos, Fagner quase marcou o segundo dele. Em vacilo da defesa da Inter, Luan ficou com a bola na área, abriu para lateral, que, sem ângulo, chuto para fora.
Aos 32 minutos, mais uma alteração na equipe feita pelo professor Vagner Mancini, dessa vez no meio-campo. Saiu Ramiro para a entrada de Roni.
Ainda havia tempo para o Coringão marcar o terceiro na partida e, mais uma vez, com Jemerson, o zagueiro-artilheiro da tarde! Fagner cobrou escanteio, João Victor subiu para desviar e encontrou Jemerson, livre, nas costas da defesa. O camisa 3 dominou com tranquilidade, e mandou para o gol. 3 a 1 Corinthians!
Aos 38 minutos, as duas últimas alterações do Timão na partida: saíram Piton e Luan e entraram Fábio Santos e Léo Natel.
Ainda teve tempo do quarto! E mais uma vez de um defensor! Já nos acréscimos, Raul Gustavo subiu de cabeça e mandou para o fundo da rede da Inter de Limeira. Virou goleada na Neo Química Arena! 4 a 1 Corinthians!
COMENTE ABAIXO:

  FPF anuncia mudanças em duas partidas do Timão pelo Paulistão 2021

Leia mais:  Sul – Americana |Bragantino encara Emelec no Nabizão

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana