conecte-se conosco


VÁRZEA GRANDE

Kalil Baracat define água como prioridade e recebe novos equipamentos

Publicado


Várzea Grande já está executando o Programa de Ação e Melhoramento do Sistema de Abastecimento de Água que começou a ser implantado no ano passado com o início das obras do nova Estação de Tratamento e Abastecimento de Água – ETA Grande Cristo Rei e recebeu nos últimos dias as membranas de ultrafiltragem desta unidade. Agora chegaram novos conjuntos de motobombas para captação e posteriormente  a troca de conjunto de motobombas para a distribuição da água depois de tratada, além de 1,5 km de tubos da adutora bruta de 500 milímetros de ferro fundido para todo o sistema.

“Estes investimentos fazem parte de um conjunto de recursos próprios de Várzea Grande em torno de R$ 74 milhões, que estão sendo executados para solucionar em definitivo o problema do abastecimento de água em nossa cidade e também em obras de saneamento básico que representam uma melhor qualidade de vida”, disse o prefeito Kalil Baracat sinalizando ainda que: “em nossa gestão todas as áreas são prioridades, mas a água, o saneamento e a questão do enfrentamento a pandemia da COVID 19 exigem atenção redobrada e podem anotar que não nos faltará empenho, determinação para encontrar soluções para essas pendências”, assinalou.

O prefeito de Várzea Grande lembrou ainda que a Organização Mundial de Saúde (OMS), órgão da ONU para a saúde, aponta que cada um real (R$ 1,00) investido em água e esgoto para a população se economiza R$ 3,00 (três reais) em saúde.

Acompanhado pelo presidente do Departamento de Água e Esgoto (DAE/VG), Carlos Alberto de Arruda Simões e secretários municipais, Kalil Baracat e vereadores receberam os 1,5 km de tubos da adutora nova, que abastecerá a nova ETA Grande Cristo Rei,  e o novo conjunto de motobombas de captação. Kalil sinalizou que já autorizou a compra dos conjuntos de motobombas para a distribuição da água após ela ser tratada e reservada. “São equipamentos novos que têm garantia de funcionamento, maior durabilidade e que evitarão transtornos como os ocorridos neste ano, quando vários deles quebraram e deixaram a cidade de Várzea Grande colapsada em relação ao abastecimento de água”, disse o prefeito, frisando conhecer o problema e estar trabalhando para que ele seja solucionado em definitivo.

Leia mais:  Pessoas com comorbidades de 50 a 59 anos já podem realizar o pré-cadastro em Várzea Grande

Kalil Baracat assegurou que no seu mandato a questão da falta de água será diuturnamente enfrentada até que o sistema funcione a contento e assegure o direito de todas as pessoas de terem água tratada e espera, em contrapartida, que a população ajude a administração municipal evitando o desperdício, o abuso por parte de uma minoria que, no entanto, afeta muitas pessoas e que os investimentos tenham mais do que respostas positivas, criando a conscientização de todos para que a água seja utilizada de forma responsável.

Ele frisou ainda que o Programa de Ação e Melhoramento do Sistema de Abastecimento de Água de Várzea Grande possui várias fases de execução que passam por obras e investimentos variados, hidrometração para evitar desperdício, recuperação de redes de abastecimento, execução de novas redes e principalmente abundância de água, desde que não haja desperdício. “Com as obras da nova ETA Grande Cristo Rei, elevaremos nossa produção para 1 milhão e 100 mil litros de água por segundo, ou seja, mais de 95 milhões de litros por dia estarão à disposição da cidade e dos seus moradores”, disse o prefeito, sinalizando que, paulatinamente às obras e investimentos,  será  feito também o trabalho para se conter as perdas que superam os 60% de tudo que é produzido e que tem um alto custo, por causa da energia elétrica e produtos químicos para o tratamento da água.

Ele lembrou que equipamentos novos e modernos têm mais de um efeito positivo, pois vai melhorar a capacidade de captar e distribuir água para toda a população com um custo menor, pois o consumo de energia elétrica, que é a maior despesa do DAE/VG na atualidade, será reduzido, além de outras metas a serem atingidas, “pois com a nova ETA Grande Cristo Rei, passaremos a ter a ETA Ulisses Pompeo para abastecer o centro da cidade e outras regiões, e a ETA Júlio Campos para as demais regiões, então haverá uma melhor distribuição da água captada, tratada e distribuída”, disse Kalil Baracat.

Leia mais:  Escola distribui livros à comunidade em alusão ao Dia da Língua Portuguesa

As obras já foram iniciadas e possuem prazo de conclusão para o segundo semestre de 2021. Os investimentos na motobomba totalizam R$ 750 mil reais. Os tubos vão compreender a extensão de 1,5 km da estação velha do Zero Km até a ETA Cristo Rei, no qual serão injetados cerca de R$ 3 milhões no sistema.

“Em Várzea Grande, estão sendo realizados serviços de melhoria e ampliação do sistema de tratamento de água, com a finalidade de melhorar a captação de água. Para isso, foram adquiridos um conjunto motobomba reserva e tubos para nova ETA do Cristo Rei. A bomba será um complemento para a captação e atenderá a ETA Ulisses Pompeu de Campos e a nova ETA Cristo Rei. A nova ETA contribuirá para expressiva captação e distribuição. Com a diminuição da vazão para o Cristo Rei, pois a região terá ETA própria, a vazão para a região central será ampliada e otimizada”, frisa o presidente do DAE/VG.  

Comentários Facebook
publicidade

VÁRZEA GRANDE

Pessoas com comorbidades de 50 a 59 anos já podem realizar o pré-cadastro em Várzea Grande

Publicado


Várzea Grande abriu pré-cadastro para vacinação contra a COVID-19 para aqueles com idade entre 50 a 59 anos e com comorbidades, seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, através do Plano Nacional de Imunização (PNI):

·         Pessoas com Síndrome de Down, independente de idade (a partir de 18 anos);

·         Pessoas com doença renal crônica em diálise, independente de idade (a partir de 18 anos);

·         Gestante com ou sem comorbidades, independente de idade (a partir de 18 anos);

·         Pessoas com comorbidades de 50 a 59 anos;

·         Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 50 a 59 anos.

As inscrições podem ser feitas através do site oficial do município no endereço http://www.varzeagrande.mt.gov.br/ no banner no topo do site, IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE – PRÉ CADASTRO PARA VACINAÇÃO CONTRA COVID 19.

Após o cadastro, a pessoa poderá consultar, através do número do seu CPF, o seu agendamento da vacinação contra o COVID-19 (data e hora) com o prazo de até 3 dias úteis.  Após este período, ela deverá entrar em contato pelo 0800 647 4121.

Deverão ser apresentados  OBRIGATORIAMENTE os seguintes documentos no momento da vacinação:

·         Documento com foto;

·         Cartão do SUS;

·         Comprovante de endereço.

Deverá  ser entregue no ato da vacinação, LAUDO MÉDICO, comprovando a comorbidade, com data inferior a 90 dias da data da emissão.

O laudo deverá conter o CID 10 e assinatura do médico com seu CRM. Com a omissão de qualquer um destes documentos, a pessoa não será vacinada.

“Queremos e vamos avançar. Na medida que novas doses de vacina chegarem, a ordem é acelerar a imunização e dedicar esforços, no sentido de proteger nossa população”, disse o prefeito Kalil Baracat, que tem insistentemente cobrado das demais autoridades uma definição quanto a uma rotina na entrega das vacinas para que os municípios, que na prática são aqueles que aplicam as doses, possam planejar sua atuação.

Leia mais:  Pessoas com comorbidades de 50 a 59 anos já podem realizar o pré-cadastro em Várzea Grande

Segundo Kalil Baracat, o que interessa neste momento é a imunização das pessoas diante da pandemia da COVID-19. “Queremos salvar vidas. Neste momento é o que importa e depois voltarmos a vida ao normal”, disse ele.

Atualmente, Várzea Grande tem cinco pontos de vacinação, sendo três fixos e dois drive-thru, existindo vacina em larga escala, a gestão não descarta abrir novos pontos.

Em parceria com a Clínica Médica do Centro Universitário Várzea Grande (UNIVAG), a Prefeitura de Várzea Grande mantém um Ponto Fixo e um Drive-Thru, sendo que ali também se realiza o Corujão da Vacinação, que é uma das opções mais procuradas pela população que tem meios de locomoção assegurados.

Já em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, são outros dois pontos, um fixo no Miniestádio do Jardim dos Estados e Drive-thru no Parque Berneck.

Fora isto, existe ainda um ponto fixo no Ginásio de Esportes Júlio Domingos de Campos (FIOTÃO), que se tornou estratégico por estar ao lado do Terminal André Maggi, por onde circulam uma média de 75 mil pessoas diariamente e que necessitam do transporte coletivo.

“Nós temos Várzea Grande dividida em quatro áreas que são cobertas por estes pontos de vacinação e toda uma logística foi montada para atender essa demanda que envolve a Guarda Municipal, por causa da segurança; a Vigilância em Saúde; a Vigilância Epidemiológica e um volume de mais de 150 pessoas da Secretaria Municipal de Saúde, principalmente trabalhadores da saúde para realizar um bom atendimento e de confiança para cada pessoa vacinada”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros.

Quem será vacinado nesta 2ª Fase – Etapa I:  Nesta fase, serão vacinadas as pessoas portadoras das seguintes doenças, com idades entre 50 e 59 anos:

Leia mais:  Equoterapia contribui para melhoria do desenvolvimento motor e emocional de alunos da rede municipal

Diabetes Mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial Resistente (HAR), Hipertensão Arterial estágio 3, Hipertensão Arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão – alvo e ou comorbidades; Insuficiência Cardíaca (IC); Cor-pulmonale e Hipertensão Pulmonar; Cardiopatia Hipertensiva; Síndromes Coronárias; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias Cardíacas; Cardiopatias Congênita no adulto; Próteses Valvares e dispositivos cardíacos implantados;Doenças cerebrovasculares; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Hemoglobinopatias graves; Obesidade Mórbida; e Cirrose Hepática.  Pessoas com Síndrome de Down, com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), gestantes e puérperas com comorbidades, independentes da idade. 

Comentários Facebook
Continue lendo

VÁRZEA GRANDE

Secretaria de Assistência Social dá início a entrega parcial de cartões do Programa Ser Família

Publicado


Famílias em situação de vulnerabilidade social, que foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social para terem acesso ao programa Ser Família, devem estar atentas ao horário para o recebimento dos cartões que garantem o benefício, e que começam a ser distribuídos neste sábado (08), no CEPAC (Centro Pastoral Padre Aldacir Carniel), localizado na região central, a partir das 9 horas. Em Várzea Grande, cerca de 14 mil famílias serão beneficiadas. 

 “Esse benefício do Governo do Estado, que dá acesso a transferência de renda no valor de R$ 150,00, exclusivamente, para a compra de alimentos,  com certeza irá beneficiar aqueles que mais precisam, aliados a outros programas idealizados pela Prefeitura Municipal, que também beneficiam as famílias carentes do nosso município, com kits de cestas básicas e produtos de limpeza e de higiene”, destacou o prefeito Kalil Baracat, lembrando que o programa Ser Família teve seu início no município no dia 1º de Maio, com a presença do governador do Estado Mauro Mendes e da primeira-dama, Virginia Mendes.  

A entrega dos cartões será feita de forma segura, obedecendo as normas sanitárias e os protocolos estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde. E para que não haja aglomeração, a Secretaria de Assistência Social elaborou uma lista com os nomes dos beneficiários (seguindo a ordem alfabética), com a data, horário e até o detalhamento da mesa que cada um deverá se apresentar com os documentos pessoais exigidos. 

A secretária da pasta, Eliamara Zeferini, explicou que a equipe da Secretaria de Assistência Social realizou, num período de 15 dias, a localização de mais de 14 mil famílias, que serão atendidas pelo programa, para copilar os dados e confirmar a situação de vulnerabilidade social. 

Leia mais:  Pessoas com comorbidades de 50 a 59 anos já podem realizar o pré-cadastro em Várzea Grande

A gestora destacou que por conta da pandemia da Covid-19, muitas famílias perderam suas rendas e estão passando por dificuldades. “O programa vai atender famílias que recebem até R$ 70,00 por pessoa da família por mês, inscritas no Cadastro Único”. 

A primeira-dama de Várzea Grande,  Kika Dorilêo Baracat, reforçou que o Ser Família Emergencial irá oferecer um conforto para muitas famílias várzea-grandenses e que a administração municipal também tem aplicado políticas públicas para a captação de recursos, além de parcerias com setores privados para a ampliação de programas sociais. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana