conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governo disponibiliza 10 leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa

Publicado


O Governo de Mato Grosso abriu mais dez leitos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Com a ampliação, a unidade passa a contar com o total de 60 leitos de Terapia Intensiva para o atendimento de pacientes com coronavírus. 

O Hospital Estadual atua como uma unidade de referência para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso e já tinha ampliado 20 leitos intensivos em março. 

As dez novas vagas integram os 608 leitos de Terapia Intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS), que estão em funcionamento em Mato Grosso e configuram com 95% de ocupação.

Essas ampliações fazem parte do pacote de enfrentamento à Covid-19, anunciado em março pelo Governo de Mato Grosso. O trabalho da gestão estadual faz parte de uma força-tarefa, junto aos Poderes e municípios, para garantir o atendimento à população e salvar vidas.

Ação em parceria com Prefeituras

O Governo de Mato Grosso anunciou a ampliação de 160 leitos de Terapia Intensiva em 14 municípios do estado. A ação custará cerca de R$ 9 milhões por mês à gestão estadual e contempla hospitais estaduais e municipais. Somente entre março e abril, foram abertas cerca de 97 novas vagas de UTI.

A gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informa que as ampliações consideram as propostas encaminhadas oficialmente pelas Prefeituras ao Governo do Estado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Governador anuncia construção de nova Estação de Tratamento de Água em VG: "trará a solução definitiva para o problema da falta de água"
publicidade

MATO GROSSO

Governo de MT vai enviar projeto de lei para reduzir descontos de aposentados e pensionistas

Publicado


O Governo de Mato Grosso vai enviar projeto de lei que visa reduzir os valores descontados dos servidores aposentados e pensionistas que ganham até R$ 9 mil. A proposta ainda deverá passar pelo Conselho da Previdência antes de ser encaminhada à Casa de Leis.

A definição do projeto foi feita após reunião com a Comissão de Previdência da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (17.05), representada pelos deputados estaduais Eduardo Botelho, Carlos Avalone, Allan Kardec e Wilson Santos. Também participaram os secretários Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda), Elliton Oliveira (MT Prev) e a primeira-dama Virginia Mendes.

“Fechamos um acordo com a Assembleia e vamos acrescentar um rebate de R$ 3,3 mil para quem ganha até R$ 9 mil, a partir da aprovação dessa lei. Existe um trâmite para que isso aconteça, teremos que submeter ao Conselho da Previdência e depois enviar à Assembleia Legislativa para adicionar esse rebate na base de cálculo”, afirmou o governador Mauro Mendes.

De acordo com o governador, se aprovado o projeto, os servidores inativos que ganham até R$ 9 mil não terão mais o desconto de 14% aplicado sobre o valor total do rendimento, mas somente sobre os valores acima de R$ 3,3 mil.

Ou seja, o servidor aposentado ou pensionista que ganha R$ 9 mil, por exemplo, terá os 14% descontados apenas sobre R$ 5,7 mil, recebendo isenção nos R$ 3,3 mil restantes. Os aposentados que ganham abaixo de R$ 3 mil continuam totalmente isentos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Funac busca fazer cumprir lei e garantir trabalho a egressos do Sistema Penitenciário
Continue lendo

MATO GROSSO

Governo de MT vai enviar projeto de lei que vai reduzir descontos de aposentados e pensionistas

Publicado


O Governo de Mato Grosso vai enviar projeto de lei que visa reduzir os valores descontados dos servidores aposentados e pensionistas que ganham até R$ 9 mil. A proposta ainda deverá passar pelo Conselho da Previdência antes de ser encaminhada à Casa de Leis.

A definição do projeto foi feita após reunião com a Comissão de Previdência da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (17.05), representada pelos deputados estaduais Eduardo Botelho, Carlos Avalone, Allan Kardec e Wilson Santos. Também participaram os secretários Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda), Elliton Oliveira (MT Prev) e a primeira-dama Virginia Mendes.

“Fechamos um acordo com a Assembleia e vamos acrescentar um rebate de R$ 3,3 mil para quem ganha até R$ 9 mil, a partir da aprovação dessa lei. Existe um trâmite para que isso aconteça, teremos que submeter ao Conselho da Previdência e depois enviar à Assembleia Legislativa para adicionar esse rebate na base de cálculo”, afirmou o governador Mauro Mendes.

De acordo com o governador, se aprovado o projeto, os servidores inativos que ganham até R$ 9 mil não terão mais o desconto de 14% aplicado sobre o valor total do rendimento, mas somente sobre os valores acima de R$ 3,3 mil.

Ou seja, o servidor aposentado ou pensionista que ganha R$ 9 mil, por exemplo, terá os 14% descontados apenas sobre R$ 5,7 mil, recebendo isenção nos R$ 3,3 mil restantes. Os aposentados que ganham abaixo de R$ 3 mil continuam totalmente isentos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo de MT vai enviar projeto de lei que vai reduzir descontos de aposentados e pensionistas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana