conecte-se conosco


ENTRETENIMENTO

Ex-bailarina do “Domingão do Faustão” relata racismo nos bastidores do programa

Publicado


source
Carol Tozaki relata racismo nos bastidores do
Reprodução/Instagram

Carol Tozaki relata racismo nos bastidores do “Domingão do Faustão”

A modelo e dançarina Carol Tokazi foi uma das bailarinas do  “Domingão do Faustão” por um breve período. Mesmo com a passagem curta pelo programa, ela conta que passou por situações racistas nos bastidores da atração. Em entrevista ao colunista Leo Dias, Carol explica que o preconceito estava presente na hora de selecionar as bailarinas para as apresentações.

“Se um Martinho da Vila se apresentasse, a maioria das meninas que iam fazer a coreografia eram negras e de cabelo afro. Agora, se fosse um sertanejo tipo o Gusttavo Lima, as meninas que iriam para a coreografia eram de pele mais clara, de cabelo loiro e liso”, conta.

Carol também fala que já pediram para ela alisar o cabelo para uma apresentação, o que ela negou fazer. A bailarina também fala que sentia como se houvesse uma cota para dançarinas negras.

“Parecia que existia um número, por exemplo: ‘Temos que ter seis negras’. E não talvez porque eles queriam que tivesse as seis negras ali, mas talvez porque hoje em dia você tem que colocar seis negras na televisão, tem que colocar uma quantidade de negras em uma dança. Para não parecer que eles tinham um preconceito, quanto na verdade tem”, conclui.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  No Limite: Hadson Nery foi dispensado por problemas de saúde
publicidade

ENTRETENIMENTO

Tiago Leifert revela que soube da morte de Paulo Gustavo antes de todo mundo

Publicado


source
Tiago Leifert revela aos prantos que já sabia da morte de Paulo Gustavo antes de todo mundo: “Dia horroroso”
Vinícius Vieira

Tiago Leifert revela aos prantos que já sabia da morte de Paulo Gustavo antes de todo mundo: “Dia horroroso”

Tiago Leifert comentou sobre como se sentiu ao fazer a final do “BBB 21” da TV Globo pouco depois da confirmação do falecimento do artista Paulo Gustavo , na última terça.

O apresentador surpreendeu ao dizer que já sabia antes de todo mundo da morte. “O fato de a gente conhecer muita gente, a gente sabia que a situação era muito crítica e a notícia [da morte] sairia a qualquer momento. (…) Assim que a gente foi pro intervalo, o Boninho entrou no meu ponto e me perguntou e eu falei que ia dar a notícia a eles no intervalo”, declarou Tiago Leifert, no Conversa com Bial.

Leia mais no TV Foco clicando aqui .

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  Tiago Leifert revela que soube da morte de Paulo Gustavo antes de todo mundo
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

Eva Wilma é diagnosticada com câncer de ovário

Publicado


source
Eva Wilma é diagnosticada com câncer
Reprodução/Instagram

Eva Wilma é diagnosticada com câncer

Eva Wilma , de 87 anos, foi diagnosticada com câncer de ovário. A informação consta no boletim médico divulgado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, na noite da última sexta-feira (7/5). Segundo o documento, a atriz já iniciou tratamento oncológico e aguarda resposta clínica na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Eva Wilma deu entrada na unidade hospitalar, no dia 15 de abril, para tratar problemas cardíacos e renais. De acordo com os últimos boletins médicos, a artista seguia em evolução estável, “em consciência e respirando espontaneamente”.

“A situação é delicada, mas está tudo caminhando bem”, ressalta ao Globo John Herbert Jr., filho da atriz, e que segue ao lado da mãe no hospital. “Estamos todos confiantes nesse tratamento. Ela está respondendo muito bem, muito consciente sempre. Há uma previsão de duas semanas para o tratamento, mas isso pode variar. Vamos em frente”.

No fim de abril, em uma das fotos divulgadas pela assessoria de imprensa, Eva Wilma aparecia ensaiando para gravar um áudio para o filme “As Aparecidas”. “Eva sempre lúcida. Sairá melhor. Está sempre muito bem cuidada”, dizia o texto.

Em setembro de 2020, a atriz se apresentou na internet, pela primeira vez, para uma encenação on-line do show-peça “Eva, a live”, em que interpretou canções marcantes de suas quase sete décadas de carreira, como o tema de abertura da novela “Mulheres de areia” (1973).

Leia mais:  No Limite: Hadson Nery foi dispensado por problemas de saúde

“Interessante que, nessa altura da vida, depois de 66 anos de carreira, o canto é que me mantém mais forte para prosseguir, até porque não dá para dançar mais, né? Se não fosse isso, acredito que dançaria novamente. Tudo me mantém viva”, afirmou a atriz, em entrevista ao Globo, à época da estreia do espetáculo on-line. “Me manter ativa me deixa viva. Sonhar é necessário. Quem deixa de sonhar se entrega”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana