conecte-se conosco


TCE MT

Com acordes de guitarra e contrabaixo, Coral do TCE-MT lança novo clipe em parceria com corais da ALMT e TCE-SC

Publicado


Divulgação TCE-MT

Com acordes de violão, guitarra distorcida, contrabaixo e saxofone, o coral do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) lança seu novo clipe musical nesta quinta-feira (29). Em parceria com os corais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e do Tribunal de Contas de Santa Catarina (SC), o projeto foi realizado virtualmente. Assista aqui

De acordo com o regente e diretor artístico do Coral do TCE-MT, maestro Carlos Taubaté, o trabalho faz referência à Semana Santa, celebrada no mês abril, por esse motivo a música escolhida foi Hallelujah, de Leonard Cohen.

“A intenção foi manter a sacralidade do período, uma vez que o país é predominantemente cristão. Por outro lado, foi um trabalho mais audacioso, com arranjo instrumental que conta com violão, guitarra distorcida, saxofone e contrabaixo. O resultado é bem interessante”, explica.

Com relação à parceria com o TCE-SC, dirigido pelo maestro Giovane Pacheco, Carlos destacou a proximidade entre os grupos das duas instituições. “É um coral muito próximo de nós, isso era ainda mais notável quando existiam anualmente os encontros dos corais dos Tribunais”, conta.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a gravação foi feita individualmente por cada coralista em sua residência, recebendo posteriormente a produção da mixagem musical e trilha instrumental.

Assista o vídeo:

André Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Por unanimidade, Pleno emite parecer favorável às contas de Campo Novo do Parecis
publicidade

TCE MT

Por unanimidade, Pleno emite parecer favorável às contas de Campo Novo do Parecis

Publicado


Foto: Tony Ribeiro/TCE-MT – 06/10/2020

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) emitiu parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais de governo de Campo Novo do Parecis, referentes ao exercício de 2019. Sob relatoria do conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto, o balanço foi apreciado na sessão ordinária remota desta terça-feira (11).

Em seu voto, o conselheiro destacou que o gestor cumpriu os limites constitucionais e legais relacionados às despesas com pessoal, Educação, Saúde, remuneração de Magistério e repasses ao Poder Legislativo.

“Além disso, está evidenciado que o desempenho fiscal do município foi positivo. Nessa linha, ressalto a existência de economia orçamentária, resultado orçamentário superavitário e suficiência financeira para saldar os compromissos em curto prazo”, sustentou o relator.

Gonçalo Domingos de Campos Neto ponderou ainda que, após análise, permaneceu nos autos apenas uma irregularidade, apontada pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Receita e Governo, e que contém natureza moderada.

Dessa forma, seguindo o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), votou pela emissão de parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais de governo de Campo Novo do Parecis, com recomendações.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento.

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]gov.br
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Homologada medida cautelar que impede Prefeitura de Cuiabá de descartar medicamentos vencidos
Continue lendo

TCE MT

Contas de gestão da Procuradoria Geral de Justiça são julgadas regulares

Publicado


Tony Ribeiro/TCE-MT

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou como regulares as contas anuais de gestão da Procuradoria Geral de Justiça do Estado. O balanço, referente ao exercício de 2019, foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária remota desta terça-feira (11).

De acordo com o relator do processo, conselheiro José Carlos Novelli, a Secretaria de Controle Externo (Secex) de Administração Estadual não apontou irregularidades em seu relatório técnico.

Em seu voto, Novelli ressaltou ainda que a Procuradoria obteve superávit orçamentário e demonstrou capacidade de adimplir com as obrigações de curto prazo, atendendo ao princípio do equilíbrio das contas públicas.

“Vale destacar ainda que os gastos com pessoal se situaram abaixo dos limites prudencial e máximo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e que também não foram encontrados indícios de impropriedades nos processos de execução das despesas”, sustentou o conselheiro.

Frente ao exposto, seguindo parcialmente o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), votou pela regularidade das contas da Procuradoria e emitiu recomendação à Secex de Administração Estadual do TCE-MT para que, no curso da análise das contas de 2020 da instituição, uma vez superado o risco epidemiológico, seja averiguado também o inventário patrimonial de 2019.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento.

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Leia mais:  TCE-MT julga procedente representação por irregularidades no transporte escolar
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana