conecte-se conosco


ESPORTES

Vasco empata com o Nova Iguaçu em São Januário

Publicado


O Vasco começou a partida propondo mais o jogo do que o adversário. Subiu a marcação no campo de ataque e obteve sucesso roubando bolas e criando jogadas. Aos 30 minutos, Talles Magno fez boa jogada, driblou o zagueiro e chutou cruzado, a bola passou perto da trave. Aos 35 minutos, o Vasco pressionou e roubou a bola, Laranjeira tentou a finalização e a bola sobrou para Gabriel Pec chutar e marcar, Vasco 1 a 0.

O Vasco quase ampliou aos 36 minutos, Bruno Gomes tocou para Pec, que serviu Laranjeira, o atacante finalizou e a bola passou muito próxima da trave. Dois minutos depois, o Nova Iguaçu conseguiu o empate após Yan cruzar na área e a bola desviar em Ricardo Graça,1 a 1

O segundo tempo começou com muita intensidade, as duas equipes buscando jogadas rápidas e com marcação forte, o Gigante da Colina teve mais posse de bola e a equipe do Nova Iguaçu apostava nos contra-ataques. Aos 15 minutos, Talles Magno cruza e a bola sobra para Gabriel Pec bater com categoria e marcar o seu segundo gol,

O Vasco começou a partida propondo mais o jogo do que o adversário. Subiu a marcação no campo de ataque e obteve sucesso roubando bolas e criando jogadas. Aos 30 minutos, Talles Magno fez boa jogada, driblou o zagueiro e chutou cruzado, a bola passou perto da trave. Aos 35 minutos, o Vasco pressionou e roubou a bola, Laranjeira tentou a finalização e a bola sobrou para Gabriel Pec chutar e marcar, Vasco 1 a 0.

O Vasco quase ampliou aos 36 minutos, Bruno Gomes tocou para Pec, que serviu Laranjeira, o atacante finalizou e a bola passou muito próxima da trave. Dois minutos depois, o Nova Iguaçu conseguiu o empate após Yan cruzar na área e a bola desviar em Ricardo Graça, 1 a 1. 

Leia mais:  Coritiba empata com o Azuriz no Couto Pereira

O segundo tempo começou com muita intensidade, as duas equipes buscando jogadas rápidas e com marcação forte, o Gigante da Colina teve mais posse de bola e a equipe do Nova Iguaçu apostava nos contra-ataques. Aos 15 minutos, Talles Magno cruza e a bola sobra para Gabriel Pec bater com categoria e marcar o seu segundo gol, Vasco 2 a 1.

Mais uma vez o Vasco teve a chance de ampliar, Tiago Reis recebeu a bola cara a cara com o goleiro, mas a assistente assinalou impedimento. Aos 21 minutos, após uma dividida, a bola sobrou para Raphael Carioca finalizar no ângulo e empatar a partida, 2 a 2.

A equipe Cruzmaltina foi pra cima e tentou o gol da vitória, teve ótima chance com Tiago Reis que chutou no contrapé do goleiro, mas a bola passou raspando na trave. O técnico Marcelo Cabo propôs uma mudança de formação do 4-2-3-1 para o 3-4-3, tendo mais controle do meio de campo e conseguiu boas jogadas, mas a bola não entrou.

.

Mais uma vez o Vasco teve a chance de ampliar, Tiago Reis recebeu a bola cara a cara com o goleiro, mas a assistente assinalou impedimento. Aos 21 minutos, após uma dividida, a bola sobrou para Raphael Carioca finalizar no ângulo e empatar a partida, 2 a 2.

A equipe Cruzmaltina foi pra cima e tentou o gol da vitória, teve ótima chance com Tiago Reis que chutou no contrapé do goleiro, mas a bola passou raspando na trave. O técnico Marcelo Cabo propôs uma mudança de formação do 4-2-3-1 para o 3-4-3, tendo mais controle do meio de campo e conseguiu boas jogadas, mas a bola não entrou.

Comentários Facebook
publicidade

ESPORTES

Goleada | Chape encerra fase classificatória com goleada sobre o Metropolitano

Publicado


Com a classificação garantida de forma antecipada e a liderança da primeira fase do Campeonato Catarinense assegurada ainda na décima rodada da competição, o Verdão chegou à última partida da fase classificatória do estadual, teoricamente, sem grandes pretensões. Enganaram-se, no entanto, as pessoas que pensaram que as circunstâncias tranquilas diminuiriam o ímpeto do Verdão do Oeste diante do Metropolitano.

Na noite de quarta-feira (21), na Arena Condá, a equipe sofreu uma pressão inicial, mas logo em seguida assumiu as ações do embate e aplicou uma sonora goleada de 5 a 0 sobre o adversário. Com a expressiva vitória, a Chape encerrou a primeira fase do estadual com 78.8% de aproveitamento e, agora, enfrentará o Hercílio Luz nas quartas de final.

A partida:
Foto: Márcio Cunha/ACF
Foto: Márcio Cunha/ACF

Os primeiros dez minutos de partida foram de pressão total do Metropolitano, que conseguiu uma sequência de escanteios, mas não teve efetividade para abrir o placar. Depois disso, a Chape assumiu protagonismo nas ações da partida e, aos 30, inaugurou o marcador: Após bela jogada pela esquerda de ataque, Busanello cruzou rasteiro e o zagueiro Brendo acabou mandando contra a própria meta, balançando as redes.

Na etapa complementar, em menos de um minuto o Verdão ampliou a vantagem com Geuvânio. O camisa 50 recebeu de Lima, na esquerda, e mandou direto pro gol, surpreendendo o goleiro e confirmando o segundo. O terceiro da Chape saiu aos 21, com Laércio aproveitando cruzamento de Ezequiel e desviando de cabeça para o fundo das redes. Com a vitória, praticamente, garantida, Fabinho marcou o quarto após passe na medida de Geuvânio, reafirmando a goleada, e Fernandinho, aos 38, fez o quinto, acertando um golaço e decretando em 5 a 0 o placar final. Tanto Geuvânio, quanto Laércio e Fernandinho marcaram, pela primeira vez, com a camisa da Chape.

Leia mais:  São Paulo derrota o Sporting Cristal, no Peru, e arranca bem na Libertadores
Foto: Márcio Cunha/ACF
Foto: Márcio Cunha/ACF

Comentários Facebook
Continue lendo

ESPORTES

Figueirense empata com o Marcílio Dias e se despede do Campeonato Catarinense

Publicado


Figueirense e Marcílio Dias empataram por 0x0 na noite desta quarta-feira (21), no Estádio Orlando Scarpelli, em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Catarinense.

Com o resultado, o alvinegro se despediu do campeonato estadual, ocupando a 9ª posição na classificação final da 1ª fase da competição, com 11 pontos conquistados.

Figueirense e Marcílio Dias fizeram uma partida equilibrada no Scarpelli. As melhores chances do alvinegro no primeiro tempo foram com Marllon, que chutou com perigo, e com Everton Santos, que tentou um cruzamento pela direita e a bola tocou no travessão. Pelo lado adversário, Nathan Ferreira e Nathan Cachorrão criaram boas oportunidades, mas pararam em defesas do goleiro Emerson Júnior.

O segundo tempo seguiu com chances para os dois lados, mas as melhores oportunidades aconteceram nos últimos minutos. Aos 42’, Marllon cobrou escanteio e a bola tinha o endereço, mas o goleiro Victor Golas espalmou para escanteio, evitando um gol olímpico. No minuto seguinte, aos 43’, Xavier recebeu na entrada da área e soltou a bomba, obrigando o goleiro Emerson Júnior a fazer uma linda defesa.

A partida terminou empatada por 0x0 e até o momento do apito final o Figueirense estava conquistando a classificação, mas o alvinegro acabou sendo superado pelo Hercílio Luz, que marcou um gol no final da sua partida, vencendo o Joinville e conquistando a classificação.

Após encerrar a sua participação no Campeonato Catarinense, o Figueirense iniciará a sua preparação para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro.

A estreia do alvinegro na competição nacional será no dia 29 de maio, fora de casa, diante do Grêmio Novorizontino.

Leia mais:  Com um jogador a menos, Palmeiras vence o Universitário pela Libertadores

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana