conecte-se conosco


POLICIAL

Três criminosos procurados pela Justiça são presos pela Polícia Civil em Cuiabá e Nobres

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

As equipes da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) da Polícia Civil cumpriram nesta semana, em Cuiabá e Nobres, três mandados de prisão contra procurados da Justiça. Todos são investigados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum por envolvimento em uma organização criminosa que age na região.

A Polinter recebeu solicitação de apoio da DERF de Nova Mutum (242 km ao norte de Cuiabá) para a localização e prisão de investigados pela aquela unidade policial por ações criminosas de uma facção.

Policiais da Polinter e Capturas realizaram diligências necessárias e localizaram no bairro Tijucal um dos procurados, considerado um dos alvos principais das investigações sobre envolvimento em homicídios praticados a mando de uma facção na região Norte e Médio Norte do estado.

Durante a captura, o foragido não acatou a ordem de prisão e tentou fugir, sendo necessárias técnicas de imobilização para contê-lo.

Em continuidade às investigações, ainda no Tijucal, outro alvo de mandado judicial foi localizado em um estabelecimento comercial, em uma das avenidas principais do bairro. O rapaz de 19 anos é também investigado por homicídios praticados a mando da facção.

Já em Nobres, a equipe da Polinter prendeu um homem de 25 anos de idade, localizado em um condomínio, e que responde também por homicídio.

Todos foram conduzidos à sede da Polinter, em Cuiabá, para a formalização dos mandados de prisão e depois submetidos a exames de corpo de delito. Posteriormente, foram encaminhados à audiência de custódia da Justiça e após, seguiram para unidade prisional do Estado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Da Bahia para o noroeste de MT: delegado anseia por uma polícia cada vez mais científica e moderna
publicidade

POLICIAL

Suspeitos de latrocínio de empresário em Colíder são presos em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Colíder prendeu em flagrante nesta quinta-feira (22) dois suspeitos de envolvimento no latrocínio de Osvaldo Sansão Suniga, 66 anos, ocorrido nesta quarta-feira (21.04, na cidade do norte mato-grossense.

O crime comoveu o município, onde a vítima era um dos pioneiros. Osvaldo foi morto após dois suspeitos invadirem a residência onde morava com sua esposa. A testemunha, em estado de choque, informou aos policiais que ao acordar pela manhã foi para a cozinha e a vítima ficou no quarto, quando ela avistou duas pessoas no quintal da casa, ambas com máscara facial e de boné e um portava arma de fogo. A mulher de Osvaldo correu apara avisá-lo e quando ambos retornaram à cozinha se depararam com os suspeitos forçando a porta de entrada.

O casal correu de volta para o quarto e enquanto a vítima tentava fechar a porta do quarto, os suspeitos a impediram e entraram em luta corporal com Osvaldo, o agredindo e fazendo um disparo em seguida. A dupla fugiu da residência levando um celular smartphone da vítima.

A Delegacia de Colíder iniciou as diligências para localizar os autores do crime e com informações do celular roubado chegaram aos dois suspeitos.

O adulto de 23 anos e o adolescente de 15 anos foram encaminhados à unidade da Polícia Civil, onde estão sendo ouvidos pela delegada Paula Gomes Araújo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil recupera carreta roubada com carga de caroço de algodão avaliada em cerca de R$ 35 mil
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis prendem em flagrante autor de roubo contra profissional do sexo

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande prenderam em flagrante na noite de quarta-feira (21.04) um homem que roubou e agrediu uma mulher de 22 anos. A vítima procurou a delegacia e relatou aos policiais que é profissional do sexo e na noite anterior foi abordada na região do Zero Quilômetro, quando um homem em um veículo Renault Kwid branco que simulou ser cliente e a contratou para um programa.

Quando a vítima embarcou no veículo, o suspeito desviou o trajeto e entrou em uma viela de chão, próxima a um motel da região. A vítima o indagou se ele não era da cidade e o suspeito informou a ela que havia acabado de sair de uma unidade prisional, quando a mulher então se assustou. Nesse momento, o suspeito encostou uma arma de fogo na vítima e anunciou o roubo, a ordenando que entregasse a bolsa e o celular e descesse do carro.

Após entregar seus pertences e dinheiro que tinha na bolsa, a vítima decidiu conseguir uma prova que demonstrasse o crime e seguiu até a delegacia, com imagens da placa do veículo.

Em posse das imagens, a equipe realizou diligências para identificar o suspeito e conseguiu prendê-lo ainda na noite de segunda-feira. No momento da abordagem, o suspeito conduzia o mesmo veículo com o qual abordou a vítima.

A equipe da DERF também conseguiu imagens de quando o veículo do suspeito entrou na cidade de Várzea Grande pela Rodovia Mário Andreazza. Ele alegou em depoimento que veio à cidade para trabalhar como motorista de corrida por aplicativo. Em consultas aos sistemas policiais, os investigadores constataram que ele tem registros criminais pelas práticas de furto, ameaça, lesão corporal, injúria e expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica de idoso, bem como desviar bens de propriedade de pessoa idosa.

Leia mais:  Homem é preso com drogas, chips e aparelhos celulares que seriam arremessados para dentro da Cadeia Pública de Cáceres

Após ser ouvido pela delegada Elaine Fernandes, o suspeito foi autuado em flagrante por roubo majorado por empego de arma de fogo. Depois dos procedimentos policiais, ele foi conduzido à unidade prisional do Capão Grande.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana