conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

Políticos aliados reagem à decisão de Fachin sobre Lula; confira

Publicado


source
Alguns nomes da política comentaram sobre a decisão do ministro Fachin sobre a anulação das condenações de Lula
Montagem iG / Wikimedia Commons

Alguns nomes da política comentaram sobre a decisão do ministro Fachin sobre a anulação das condenações de Lula

Nesta segunda-feira (08), alguns nomes da política aliados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se pronunciaram sobre a decisão tomada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde de hoje. Fachin anulou todas as condenações de  Lula  no âmbito da Operação Lava Jato, o tornando elegível para participar de eleições para cargos públicos .

Eduardo Suplicy (PT-SP), vereador por São Paulo, publicou em seu perfil nas redes sociais que está “muito feliz” com a decisão do ministro, já que “restabelece o caminho saudável da democracia no Brasil!”. Na mesma publicação, Suplicy adicionou uma foto, na qual beija a cabeça de Lula e possui os escritos “Lula livre”.






A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) parabenizou Fachin pela decisão, dizendo que a posição já era defendida por vários juristas e desembargadores, defendendo a suspeição do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil Sergio Moro. “Lula foi preso injustamente e agora retoma direitos políticos. Que venha a suspeição de Moro!”.

Leia mais:  Líder do governo na Câmara diz que "só professor não quer trabalhar na pandemia"

Você viu?

Guilherme Boulos (PSOL), que foi candidato à Presidência da República e à Prefeitura de São Paulo, disse que a democracia “ganha” e também mencionou a suspeição de Moro. Não podemos esquecer: Lula sofreu arbitrariedades e passou 580 dias preso. “O STF acaba de anular as condenações, mas não terminou seu julgamento sobre a suspeição de Moro. A anulação dos processos não pode ser a salvação de quem fez política de toga!”, escreveu.





*Esta matéria está em atualização

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Luciano Hang aciona Justiça para Lula prestar depoimento presencial

Publicado


source
Ex-presidente Lula
Ricardo Stuckert

Ex-presidente Lula

O empresário Luciano Hang , dono da rede de lojas Havan, acionou a Justiça nesta terça-feira (20) para que o ex-presidente Lula preste depoimento presencialmente em Santa Catarina no caso que o petista o acusa de calúnia e difamação .

Em dezembro de 2019, Hang teria pago para que uma aeronave sobrevoasse o litoral de Navegantes e Balneário Camboriú com uma faixa escrita “Lula cachaceiro devolve meu dinheiro”.

Em seu argumento, o ex-presidente diz as faixas extrapolaram o limite da liberdade de expressão e pede indenização de R$ 100 mil.

Para solicitar a presença de Lula, Hang afirma que o petista já tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19, o que o tornaria apto para viajar de São Paulo a Santa Catarina.

“Atualmente, com a vacinação em andamento e melhor compreensão sobre a Covid-19, se mostra possível a designação de audiência presencial para melhor solução do caso em questão, sendo certo, inclusive, que o requerente [Lula] já tomou as duas doses da vacina contra o vírus”, justifica no pedido a defesa de Hang.

A defesa ainda complementa que “a intimação para que compareça na audiência de instrução e julgamento presencial” é uma medida que “se mostra essencial para a melhor elucidação dos fatos narrados” por Lula. O ex-presidente tem 15 dias para responder e argumentar ao juiz Rafael Espindola Berndt.

Comentários Facebook
Leia mais:  Ex-assessor parlamentar negocia delação sobre fraudes na pandemia, diz site
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Doria assume que disputará prévias do PSDB para se candidatar a presidente

Publicado


source
João Doria, governador de São Paulo, é tido como o nome de preferência no PSDB
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

João Doria, governador de São Paulo, é tido como o nome de preferência no PSDB

O governador de São PauloJoão Doria  (PSDB), assumiu nesta terça-feira que vai disputar as prévias do PSDB para ser candidato a presidente nas eleições de 2022 . A confirmação foi feita pelo tucano em entrevista à agência de notícias Reuters.

Ao falar sobre a disputa, Doria defendeu que as prévias consultem todos os filiados do partido, e não apenas um grupo específico, como parlamentares.

Segundo o governador paulista, um dos postulantes ao lado dele deve ser o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite , mas um terceiro nome também deve ser considerado.

“Tem também o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio , que também se apresenta como pré-candidato e merece respeito. Neste momento temos três”, afirmou o tucano.

Doria disse que as prévias do PSDB estão marcadas para 17 de outubro e que na próxima semana o partido fará uma reunião.

Comentários Facebook
Leia mais:  STF já forma "maioria" de ministros vacinados contra Covid-19
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana