conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil apreende mais dois notebooks furtados de clínica e prende empresário por receptação

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um empresário do ramo de informática flagrado em posse de notebooks furtados de uma clínica foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (04.03), em mais uma ação de combate a crimes de receptação, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O suspeito, de 41 anos, é proprietário de uma loja de produtos informáticos no bairro Dom Aquino, em Cuiabá e foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada.

Na loja do empresário, os policiais da Derf-VG apreenderam dois notebooks da marca HP, que foram furtados pela funcionária de uma clínica instalada no Várzea Grande Shopping. Interrogado, o empresário disse que adquiriu os notebooks de mulher e pagou por cada um deles o valor de R$ 400. Na delegacia, através de fotografia, o suspeito reconheceu a funcionária da clínicia como sendo a pessoa que lhe vendeu os notebooks.

Segundo a delegada titular da Derf-VG, Elaine Ferndades da Silva, o empresário estava anunciando os notebooks para a venda em uma página na rede social Facebook. “Apesar de ter comprado os aparelhos por $ 400, o receptador estava anunciado um dos notebooks R$ 849 e o outro por R$ 999, ou seja, buscando obter lucro com os bens receptados”, disse a delegada.

Entenda o caso

Na semana passada, a Derf-VG apreendeu outro notebook furtado da mesma clínica, que estava em poder de outro empresário no bairro Parque Geórgia.

Na ocasião, quatro notebooks foram furtados da empresa. Interrogada a funcionária confessou que furtou os aparelhos para conseguir dinheiro para pagar um agiota.

Ela revelou que levava os equipamentos um a cada dia, para não ser flagrada e escondia os notebooks em uma sacola preta. A suspeita será indiciada em inquérito policial por furto qualificado pelo abuso de confiança. 

Leia mais:  Polícia Civil identifica condutor que causou morte de motociclista na MT-251 e fugiu sem prestar socorro

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Suspeitos de latrocínio de empresário em Colíder são presos em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Colíder prendeu em flagrante nesta quinta-feira (22) dois suspeitos de envolvimento no latrocínio de Osvaldo Sansão Suniga, 66 anos, ocorrido nesta quarta-feira (21.04, na cidade do norte mato-grossense.

O crime comoveu o município, onde a vítima era um dos pioneiros. Osvaldo foi morto após dois suspeitos invadirem a residência onde morava com sua esposa. A testemunha, em estado de choque, informou aos policiais que ao acordar pela manhã foi para a cozinha e a vítima ficou no quarto, quando ela avistou duas pessoas no quintal da casa, ambas com máscara facial e de boné e um portava arma de fogo. A mulher de Osvaldo correu apara avisá-lo e quando ambos retornaram à cozinha se depararam com os suspeitos forçando a porta de entrada.

O casal correu de volta para o quarto e enquanto a vítima tentava fechar a porta do quarto, os suspeitos a impediram e entraram em luta corporal com Osvaldo, o agredindo e fazendo um disparo em seguida. A dupla fugiu da residência levando um celular smartphone da vítima.

A Delegacia de Colíder iniciou as diligências para localizar os autores do crime e com informações do celular roubado chegaram aos dois suspeitos.

O adulto de 23 anos e o adolescente de 15 anos foram encaminhados à unidade da Polícia Civil, onde estão sendo ouvidos pela delegada Paula Gomes Araújo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Suspeitos de latrocínio de empresário em Colíder são presos em flagrante pela Polícia Civil
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis prendem em flagrante autor de roubo contra profissional do sexo

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande prenderam em flagrante na noite de quarta-feira (21.04) um homem que roubou e agrediu uma mulher de 22 anos. A vítima procurou a delegacia e relatou aos policiais que é profissional do sexo e na noite anterior foi abordada na região do Zero Quilômetro, quando um homem em um veículo Renault Kwid branco que simulou ser cliente e a contratou para um programa.

Quando a vítima embarcou no veículo, o suspeito desviou o trajeto e entrou em uma viela de chão, próxima a um motel da região. A vítima o indagou se ele não era da cidade e o suspeito informou a ela que havia acabado de sair de uma unidade prisional, quando a mulher então se assustou. Nesse momento, o suspeito encostou uma arma de fogo na vítima e anunciou o roubo, a ordenando que entregasse a bolsa e o celular e descesse do carro.

Após entregar seus pertences e dinheiro que tinha na bolsa, a vítima decidiu conseguir uma prova que demonstrasse o crime e seguiu até a delegacia, com imagens da placa do veículo.

Em posse das imagens, a equipe realizou diligências para identificar o suspeito e conseguiu prendê-lo ainda na noite de segunda-feira. No momento da abordagem, o suspeito conduzia o mesmo veículo com o qual abordou a vítima.

A equipe da DERF também conseguiu imagens de quando o veículo do suspeito entrou na cidade de Várzea Grande pela Rodovia Mário Andreazza. Ele alegou em depoimento que veio à cidade para trabalhar como motorista de corrida por aplicativo. Em consultas aos sistemas policiais, os investigadores constataram que ele tem registros criminais pelas práticas de furto, ameaça, lesão corporal, injúria e expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica de idoso, bem como desviar bens de propriedade de pessoa idosa.

Leia mais:  Forças policiais localizam quatro veículos de procedência ilícita na fronteira

Após ser ouvido pela delegada Elaine Fernandes, o suspeito foi autuado em flagrante por roubo majorado por empego de arma de fogo. Depois dos procedimentos policiais, ele foi conduzido à unidade prisional do Capão Grande.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana