conecte-se conosco


POLICIAL

Líder de organização criminosa é preso em Cuiabá após investigação da Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum por envolvimento com uma facção criminosa que age no município foi preso na terça-feira (02.03), em Cuiabá, com apoio da Gerência de Polinter e Capturas da Polícia Civil.

F.F.L, de 29 anos, foi preso no bairro Tijucal, em Cuiabá. Ele responde a um inquérito instaurado pela DERF de Nova Mutum em 2020 para apurar os crimes de organização criminosa majorada, tortura majorada e roubo majorado em concurso de pessoas. 

De acordo com a equipe da Polinter, durante o cumprimento do mandado de prisão, o investigado não acatou a ordem de prisão e tentou fugir dos policiais civis, que necessitaram empregar técnicas de imobilizações para conter o procurado da Justiça. Após a prisão, ele foi conduzido à sede da Polinter para os trâmites administrativos.

Investigação

Conforme a investigação, em setembro do ano passado, um adolescente foi apreendido pela delegacia especializada por ato infracional análogo a roubo majorado, quando roubou um celular de um transeunte, mediante emprego de arma de fogo. 

Durante a oitiva, o adolescente confessou o ato infracional e informou que, por ter roubado o celular, foi punido por membros da organização criminosa com intensas agressões físicas, sendo toda a ação violenta gravada em um vídeo, que foi compartilhado em grupos de whatsapp. Além das agressões, os criminosos exigiram que o adolescente entregasse o celular roubado a eles. 

Outros cinco integrantes da facção, identificados durante a investigação, tiveram as prisões representadas à Justiça e os mandados cumpridos ainda no ano passado. Um criminoso ainda encontra-se foragido. 

Além do mandado de prisão em desfavor do líder da facção, também foi dado cumprimento ao mandado de prisão de recaptura de um dos fugitivos da Cadeia Pública de Nova Mutum, ocorrido em 29 de janeiro.

Leia mais:  Polícia Civil prende gerente de facção com arma, drogas e dinheiro em Rondonópolis

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil recupera carreta roubada com carga de caroço de algodão avaliada em cerca de R$ 35 mil

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, da Polícia Civil, recuperou na manhã desta quarta-feira (21.04), uma carreta roubada e carregada de caroço de algodão avaliados em cerca de R$ 35 mil.

O veículo foi roubado na noite anterior, terça-feira (20), nas proximidades da cidade de Barra do Bugres (168 km a médio norte da Capital). Porém acabou sendo localizado durante diligências para averiguar uma denúncia anônima. 

A informação repassada à Derf-VG, menciona a existência de uma carreta abandonada no bairro Jardim Ouro Verde. Para proceder com a checagem dos fatos, os policiais civis realizaram buscas pelo bairro e localizaram a carreta com a carga roubada. 

Conforme apurado trata-se de um veículo roubado na Rodovia MT 343, distrito de Assari no município Barra do Bugres. O motorista da carreta contou que transportava a carga de caroço de algodão de Sapezal com destino a Guarulhos, Estado de São Paulo.

Ao passar por um quebra-mola, o caminhão travou, momento que um homem armado e encapuzado, bateu na porta do veículo ordenando que o motorista abrisse. O suspeito obrigou o motorista dirigir a carreta por aproximadamente 1 quilômetro, quando mandou ele parar no acostamento, onde já se encontravam mais três homens também armados.

A vítima foi mantida refém em meio a um canavial próximo, até as 6 horas da manhã desta terça-feira (21). Assim que conseguiu escapar, o motorista pegou uma carona até a Delegacia de Barra do Bugres para registrar a ocorrência.

Logo que comunicado sobre a recuperação da carreta com a carga, a vítima compareceu na Derf-VG para ser restituída. As investigações continuam para identificar e prender os autores do crime.

Fonte: PJC MT

Leia mais:  Escrivão descobre amor pela carreira policial em ações operacionais e no trabalho investigativo

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Polícia Civil prende em flagrante autor de furtos de veículos e comércio em Confresa

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Na tarde desta terça-feira (20.04), a equipe da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Confresa (DERF) esclareceu a autoria de diversos furtos de veículos e a estabelecimentos comerciais da cidade e prendeu o suspeito em flagrante.

A equipe da delegacia está realizando diversas ações de combate a crimes patrimoniais e em diligências para localizar o autor de recentes furtos de veículo e considerável valor em espécie em comércio da cidade, os policiais encontraram o suspeito conduzindo uma das motocicletas furtadas, que estava descaracterizada. O autor do crime modificou a cor do veículo e também mudou a placa.  

Durante a abordagem, o conduzido negou a autoria dos delitos, mas em sua residência, os policiais encontraram munições de arma de fogo, algumas vestimentas semelhantes às utilizadas em um furto ocorrido a um estabelecimento comercial de onde foram levados R$ 7 mil.

Diante das evidências, o suspeito foi levado à Derf e durante interrogatório pelo delegado Bruno Gomes, ele admitiu a prática dos furtos e afirmou ter pintado a motocicleta de outra cor e trocado a placa para dificultar a localização. Além disso, afirmou também se dele as munições encontradas no interior de sua residência.

O suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de munições e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, bem como foi interrogado pelos crimes de furto anteriormente cometidos. Após o registro do flagrante, o suspeito será encaminhado para audiência de custódia do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil recupera aparelho de TV furtado e prende receptador em Itiquira
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana