conecte-se conosco


MATO GROSSO

“Investimentos na saúde demonstram que a gestão de MT governa para as pessoas”, afirma presidente da AL

Publicado


O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, afirmou que os investimentos na ordem de R$ 227,3 milhões que serão feitos pelo Governo para o combate à pandemia da Covid-19 demonstram a preocupação da gestão com a população do Estado.

As medidas foram anunciadas pelo governador Mauro Mendes, junto com o presidente da Assembleia, deputados estaduais e secretários, nesta quarta-feira (10.03), em coletiva virtual de imprensa, e incluem a abertura de 160 novas UTIs próprias e em parceria com municípios, 500 novos leitos clínicos, 150 leitos home care de retaguarda, 500 mil testes rápidos, entre outras.

“Um governo que pensa na saúde é um governo de gente, que se preocupa com as pessoas, e todos esses investimentos são um grande acerto, pois podem evitar que precisemos adotar mais medidas restritivas em todo o Estado. Essa ação vai dar tranquilidade à população e ao setor econômico”, afirmou Max Russi.

O parlamentar fez questão de frisar que o governo também priorizou a abertura de leitos de UTI em municípios do interior. Receberão novas UTIs 12 municípios do interior, além de Cuiabá e Várzea Grande, sendo em 9 uma parceria entre as gestões estadual e municipais.

“Fico bastante feliz por essa parceria com os prefeitos. Isso é muito importante, pois quando se consegue fazer o atendimento no interior, tudo fica mais rápido e sem necessidade de deslocamento de paciente e muitas vezes de familiares”, pontuou o presidente da Assembleia.

“Também quero destacar o pagamento aos municípios de repasses da saúde que já estavam caducando, dos anos de 2016, 2017 e 2018. É um dinheiro importante para os 141 municípios, que poderão dar agilidade em muitas ações para a saúde”, completou. Serão feitos os pagamentos de créditos no valor de R$ 69,8 milhões.

Leia mais:  Inquérito sobre jovem morta em discussão de trânsito é concluído e autor é indiciado por homicídio doloso

Para Max Russi, as medidas anunciadas mostram a credibilidade alcançada pelo Governo de Mato Grosso, junto à população e aos prefeitos.

“Essas ações são possíveis graças ao esforço de todos: Governo, profissionais da saúde, parlamentares e prefeitos. E quero parabenizar a todos pela coragem. Nossa população pede atitudes como essa, ousadas e que realmente priorizem a saúde e as pessoas”, finalizou ele.

Também participaram do anúncio os secretários de Estado, Gilberto Figueiredo (Saúde), Mauro Carvalho (Casa Civil) e Rogério Gallo (Fazenda), os deputados estaduais Eduardo Botelho, Carlos Avalone, Paulo Araújo, Ondanir Bortolini, o Nininho, Dilmar Dal’Bosco, Sebastião Rezende e Valmir Moretto, e o presidente da União das Câmaras Municipais do Estado de Mato Grosso (Ucmmat) e vereador por Várzea Grande, Bruno Rios.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governador pede prioridade para gestantes na vacinação contra a covid-19 em MT

Publicado


O governador Mauro Mendes pediu que seja dada prioridade às gestantes na vacinação contra a covid-19 em Mato Grosso.

A solicitação foi encaminhada nesta quinta-feira (22.04) à Comissão de Gestores Bipartite (CIB-MT), que é responsável por definir a distribuição dos imunizantes.

 A CIB-MT é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

“Sabemos que as gestantes estão entre os grupos mais vulneráveis a ter complicações e possuem risco elevado quando contraem a covid-19, o que coloca em risco a vida delas e de seus bebês. Por isso é importante que sejam vacinadas o quanto antes”, afirmou o governador.

De acordo com estudos da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, gestantes infectadas pelo coronavírus tem risco 62% maior de internação em UTI e 88% mais chances de precisar de ventilação mecânica invasiva.

A conclusão foi corroborada por outro estudo feito pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

Conforme os cientistas, o risco ocorre porque durante a gestação há uma diminuição da capacidade respiratória por conta do crescimento do útero, que restringe o abdômen e o tórax.

O Governo de Mato Grosso já conseguiu autorização para inserir os profissionais de Segurança como prioridades que já estão em fase final de vacinação. Além disso, já pediu para que os trabalhadores da Educação também sejam colocados no grupo prioritário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Plataforma possibilita empréstimo gratuito de livros em formato digital
Continue lendo

MATO GROSSO

Auditores buscam aumentar a produtividade no home office

Publicado


Antes da pandemia da Covid-19, a modalidade de teletrabalho era vista com desconfiança devido às preocupações em relação à produtividade, entre outros fatores. Com o tempo, estudos comprovaram que é possível o crescimento da produtividade de forma criativa e eficiente. Nesse cenário, a questão é: como transpor desafios importantes que devemos superar para continuarmos produtivos? Pensando nisso, auditores da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) participaram da webinar “Aumentando a Produtividade no Home Office”, com o consultor Marcelo Masini.

O objetivo da webconferência foi apresentar aos participantes um processo que eleve a habilidade de alcançar grandes prioridades em meio a uma avalanche de distrações. Na webconferência, Marcelo Masini apresentou metodologia que se baseia em fazer as cinco escolhas para atingir uma produtividade extraordinária.

Pautadas em planejamento e gestão de tempo, as escolhas são: separar as atividades vitalmente importantes e prioritárias das distrações; redefinir seus papeis em termos de resultados extraordinários para alcançar metas de alta prioridade; aplicar uma cadência de planejamento e execução que produz resultados para retomar o controle de sua vida profissional e pessoal; usar a tecnologia a seu favor e se livrar de distrações configurando plataformas para aumentar sua produtividade; e aplicar as últimas descobertas da neurociência para renovar continuamente sua energia mental e física.

É importante ressaltar que, após um ano de pandemia, para muitos profissionais trabalhar remotamente, apesar de ser um sonho para a maioria, também trouxe para muitos trabalhadores dificuldades, dispersões e abstrações. Isso exige, conforme o palestrante, que a equipe se aprimore para gerenciar melhor as decisões, a atenção, a energia e a fazer escolhas que trarão o máximo retorno para o tempo investido.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  The Chanel’s lança videoclipe "Transmutáveis"
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana