conecte-se conosco


DIAMANTINO

Governo municipal atualiza decreto de enfrentamento ao novo coronavírus

Publicado


Seguindo as determinações do prefeito municipal Dr. Manoel Loureiro Neto (MDB), a Prefeitura de Diamantino, emitiu e publicou o Decreto 036/2021 que atualiza as medidas restritivas e tornam mais rígidas as regras para o funcionamento de setores da economia local como meios de conter o avanço da transmissão comunitária da Sars-Cov-2, vírus causador da Covid-19. As determinações passam a valer a partir desta terça-feira (03.03) e tem validade pelos próximos 15 dias.

As medidas foram adotadas após o anúncio feito pelo governador Mauro Mendes, que aponta a taxa de 87,95% de ocupação dos leitos de UTI na rede pública de saúde, sendo necessário, segundo ele, imediata intervenção para evitar o colapso nos hospitais de Mato Grosso.

Pedindo apoio da população, o prefeito Dr. Manoel lembra que as medidas têm prazo de validade de 15 dias, e serão flexibilizadas após o período caso as taxas de ocupação dos leitos de UTI diminuam, e reforça as orientações sobre higiene e distanciamento social.

“Estamos trabalhando em várias frentes no enfrentamento ao coronavírus, porém há lotação dos leitos de UTI na rede pública está próximo dos 100%, nos exigindo atitudes de contenção”, disse. “Vamos adotar as medidas recomendadas pelo Governo do Estado na íntegra e buscar mitigar os efeitos negativos desses 15 dias de restrições na economia local com ações de fomento ao comércio e aos prestadores de serviços”, conclui o mandatário.

Veja abaixo quais atividades estão permitidas.

Art. 1º Ficam atualizadas as medidas restritivas para conter a disseminação da Covid-19 em todo território mato-grossense.

Art. 2º O funcionamento de todas as atividades e serviços ficará sujeito às seguintes condições:

§ 2º Os supermercados, nos horários de funcionamento fixados nos incisos do caput, devem aplicar sistema de controle de entrada restrito a 01 (um) membro por família.

Art. 6º A fiscalização das regras deste Decreto ficará a cargo da:

§ 3º As autoridades estaduais e municipais que não aplicarem as medidas restritivas instituídas por este Decreto ficam sujeitas à aplicação das sanções penais cabíveis, por infração às medidas sanitárias preventiva, conforme previsão do art. 268 do Código Penal.

Art. 8º Durante a vigência do presente Decreto, ficam suspensos os efeitos do Decreto nº 522, de 12 de junho de 2020.

LEIA-SE:

Art. 1º Ficam atualizadas as medidas restritivas para conter a disseminação da Covid-19 em todo território de Diamantino/MT.

Art. 2º O funcionamento de todas as atividades e serviços ficará sujeito às seguintes condições:

§ 2º Os supermercados, ficará sujeito aos horários de funcionamento fixados nos incisos do caput deste artigo, além disso devem aplicar sistema de controle de entrada restrito a 01 (um) membro por família.

Art. 6º A fiscalização das regras deste Decreto ficará a cargo da:

§ 3º As autoridades municipais que não aplicarem as medidas restritivas instituídas por este Decreto ficam sujeitas à aplicação das sanções penais cabíveis, por infração às medidas sanitárias preventiva, conforme previsão do art. 268 do Código Penal.

Art. 8º Todos as disposições em contrário neste município ficam suspensas enquanto este decreto estiver em vigência.

Leia mais:  Policias civis e militares recebem 1ª dose da vacina contra Covid-19 em Diamantino

Comentários Facebook
publicidade

DIAMANTINO

Policias civis e militares recebem 1ª dose da vacina contra Covid-19 em Diamantino

Publicado


A Prefeitura de Diamantino, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, deu início a campanha de vacinação contra a Covid-19 nos agentes de segurança pública. Inicialmente foram imunizados 20 policiais civis e militares.

Os policiais receberam a primeira dose da vacina CoronaVac nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (14.04) na Estratégia de Saúde da Família (ESF Central) e terão de retornar para a aplicação da dose de reforço no prazo de 15 dias.

Em razão da não instrução até o momento da imunização dos agentes policiais pela Secretaria de Estado de Saúde (SES MT), os agentes que receberam a primeira dose da vacina produzida pela farmacêutica Sinovac foram escolhidos durante reunião realizada na terça-feira (13.04) entre o comandante da 9ª CIA Independente de Polícia Militar, o major PM Arides, os investigadores de policia judiciária civil, Cleberson e Gilson Silva, a secretaria municipal de saúde, Marinêze de Araújo Meira e o prefeito municipal Manoel Loureiro Neto (MDB).

Cronograma

A Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária, informa ainda que na próxima sexta-feira (16.04), em todas às unidades básicas de saúde durante o período matutino, os idosos com 69 anos de idade também receberão a primeira dose da vacina, sendo para os idosos com idade igual ou superior a 70 anos serão aplicadas a segunda dose do imunizante.

Já na próxima terça-feira (20.04), serão imunizados com a segunda dose da vacina da AstraZeneca, os profissionais da área da saúde.

 Transparência

Você sabia que qualquer pessoa pode ter acesso ao plano de vacinação de Diamantino acessando o Portal de Transparência da Prefeitura Municipal?

Basta acessar o site www.diamantino.mt.gov.br e clicar no banner central localizado no topo do site com a inscrição “VACINÔMETRO”, lá você pode obter informações como total de doses recebidas pelo município, primeira e segundas doses aplicadas e a faixa etária contemplada.

Leia mais:  Policias civis e militares recebem 1ª dose da vacina contra Covid-19 em Diamantino

Comentários Facebook
Continue lendo

DIAMANTINO

Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Publicado


A consolidação de Diamantino como polo regional e município estratégico para o crescimento da economia do Estado se faz cada vez mais visível, a determinação do Governo Municipal em atrair investimentos pode ser mensurada no ensejo da Netto Alimentos em expandir os negócios no município e criar novas vagas de emprego, estima-se que após totalmente operacional a fábrica de ovos gere 800 empregos diretos e indiretos.

Em reunião virtual realizada na manhã desta terça-feira (13.04) envolvendo o secretário adjunto de desenvolvimento econômico do Estado, Walter Valverde, o empresário Pedro xxxx proprietário da Neto Alimentos, o secretário municipal de planejamento, Ricardo Eliezer e o prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB), foram discutidas estratégias para a inclusão das industrias lotadas no município de Diamantino no Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (PRODEIC), a fim de obter melhores condições para o crescimento do setor.

A Netto Alimentos é uma indústria paulista de processamento de alimentos à base de ovos integrais, claras e gema pasteurizada, como massa para bolos, com certificações de qualidade nacionais e internacionais e que está em processo de instalação de uma planta industrial no município de Diamantino para a produção de sua matéria prima, os ovos, em larga escala.

Dentre seus principais produtos de comercialização no mercado atacadista e exportação, estão os ovos cozidos, prontos para o consumo, os ovos desidratados em pó, massas para bolo e também a linha fitness que giram em torno da proteína liquida para consumo instantâneo e a proteína isolada do ovo, popularmente conhecida como albumina.

O know-how dos gestores da indústria, apontam uma necessidade de que sejam instaladas em Diamantino ou mesmo na região, outras indústrias para dar suporte de fornecimento e também de descarte de seus subprodutos, como abatedouros das matrizes de ovos, sendo a Neto Alimentos sozinha responsável pela produção de 7,2 mil galinhas capazes de extrair cerca de 8 milhões de ovos por dia, o que os leva a necessidade do planejamento da ramificação e diversificação do abate.

Para o secretário de planejamento Ricardo Eliezer, faz-se necessário o planejamento urgente da ramificação da cadeia produtiva. “Precisamos da ajuda da SEDEC e do Governo do Estado para atrair novas industrias para Diamantino e região, ramificando a cadeia produtiva, assim atraindo novas plantas com certificação para abate”, destaca.

“A necessidade é da criação de novos subprodutos para dar finalidade a galinha abatida, hoje precisamos enviar para fora do Estado o que inviabiliza custo, o frete acaba ficando mais caro”, ressaltou Walter Valerde.

Diamantino contará com apoio do Governo do Estado com incentivos fiscais que ajudarão o município atrair novos investidores.

O secretário municipal de Planejamento convidou a SEDEC para realizar um mapeamento da cadeia produtiva com intuito na implementação de novas indústrias para descarte, pois as indústrias já instaladas em Mato Grosso não suprirão toda necessidade de descarte e produção de subprodutos.

“Parabéns pelo trabalho, pois sabemos o quanto era difícil ter acesso aos benefícios fiscais nas gestões anteriores”, sublinhou Jilson Francisco ao mencionar o esforço na desburocratização dos incentivos na área da agricultura, fundamental para viabilizar expressivos investimentos.

O prefeito Manoel Loureiro Neto afirmou que Diamantino tem muita capacidade e está de portas abertas para vinda de grandes empreendimentos.

Leia mais:  Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana