conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governo investe R$ 73 milhões na prevenção e combate ao desmatamento ilegal e queimadas

Publicado


O Governo de Mato Grosso irá investir R$ 73 milhões em ações de prevenção e combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais em 2021. O recurso garantido representa o maior investimento na área ambiental e será aplicado na execução do Plano de Ação e Combate ao Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais, apresentado na tarde desta quinta-feira (11.03). 

 
“Estamos empenhados contra o desmatamento ilegal, com tolerância zero aos ilícitos, e também na prevenção e combate aos incêndios florestais. É uma campanha que vai mobilizar recursos humanos e financeiros, e vários atores que estão somando esforços e objetivos em comum para promover o desenvolvimento do de Mato Grosso com respeito à legislação e ao meio ambiente”, destaca o governador. 
 
Mendes ressalta que os resultados da política ambiental, que já vem sendo implantada pelo Estado, estão cada dia mais perceptíveis, e que está claro para a população que não há tolerância ao crime ambiental em Mato Grosso. 
 
“Fechamos o ano com uma redução de alertas de desmatamento em Mato Grosso de mais de 30%, e isso nos coloca em uma posição não só de quem fala, mas de quem  mostra o resultado daquilo que está fazendo”, afirma ele, sobre o dado oficial do Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (DETER) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).
 
Segundo o secretário executivo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), cerca de R$40 milhões serão investidos apenas na prevenção e combate aos incêndios, com o objetivo de garantir que Mato Grosso possa lidar com a estiagem e preservar a fauna e flora. Será adquirido um helicóptero que terá prioridade no atendimento às operações contra o fogo o desmatamento ilegal. 
 
“Também será um diferencial de destaque a contratação de 100 brigadistas com recursos do Estado, e de mais 100 com recursos federais. Acreditamos que com este aporte, mais os equipamentos para o combate e proteção individual, teremos um reforço muito grande ao Corpo de Bombeiros do Estado”, avalia o gestor. 
 
 
O procurador da República, titular do Ofício Ambiental do MPF/MT, Erich Masson, ressalta a importância dos investimentos que priorizam o meio ambiente, e a parceria com o governo com um canal de comunicação aberto para facilitar a responsabilização de infratores. 
 
“Percebemos que nos comunicando conseguimos resolver muita coisa de forma rápida, o MPF fica muito feliz de saber que o Estado está fazendo tudo isso, e não é à toa que receberam recursos internacionais e estrutura, por conta das iniciativas que o governo tem. Mostra que o governo está no caminho certo, e tem a certeza que vai deixar o Estado em outro patamar na preservação do meio ambiente”, afirma. 
 
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, reafirmou o compromisso de apoiar iniciativas que fomentem a sustentabilidade. “Vejo que os investimentos são um grande diferencial para preservar o nosso maior patrimônio que é o meio ambiente. Temos um estado rico, e em nome de todos os deputados, pode contar com a Assembleia para mostrar que MT está produzindo e preservando”. 
 
Um dos braços das ações é a responsabilização dos infratores, e segundo o promotor do Ministério Público do Estado (MPE), Marcelo Vacchiano, o órgão é um parceiro do Estado para buscar a responsabilidade civil pelos ilícitos ambientais. Ele cita que o empenho conjunto é para “fechar o cerco” contra quem desmata ilegalmente. 
 
 
Plano de prevenção e combate
 
O investimento será o maior da história em ações de combate ao desmatamento ilegal e incêndios, e representa mais que o dobro do aporte do ano de 2020, que foi na ordem de R$ 32 milhões. Em 2021, os investimentos serão distribuídos nos eixos: gestão, monitoramento, responsabilização, fiscalização, prevenção e combate, proteção de fauna e comunicação.
 
O planejamento reúne ações integradas dos órgãos membros do Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento Ilegal, Exploração Florestal Ilegal e Aos Incêndios Florestais (CEDIF-MT).
 
Estiveram presentes o Chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e por via remota, a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, e representantes dos órgãos que fazem parte do CEDIF-MT. 
 
Presidido pelo governador Mauro Mendes, o Comitê reúne a Casa Civil, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto de Defesa Agropecuária (Indea). Também são convidados o Ibama, ICMBio, Incra, Forças Armadas e os ministérios Público Federal e Estadual.
Fonte: GOV MT

Leia mais:  Em três semanas, Gefron recupera 34 veículos na fronteira

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Governador pede prioridade para gestantes na vacinação contra a covid-19 em MT

Publicado


O governador Mauro Mendes pediu que seja dada prioridade às gestantes na vacinação contra a covid-19 em Mato Grosso.

A solicitação foi encaminhada nesta quinta-feira (22.04) à Comissão de Gestores Bipartite (CIB-MT), que é responsável por definir a distribuição dos imunizantes.

 A CIB-MT é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

“Sabemos que as gestantes estão entre os grupos mais vulneráveis a ter complicações e possuem risco elevado quando contraem a covid-19, o que coloca em risco a vida delas e de seus bebês. Por isso é importante que sejam vacinadas o quanto antes”, afirmou o governador.

De acordo com estudos da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, gestantes infectadas pelo coronavírus tem risco 62% maior de internação em UTI e 88% mais chances de precisar de ventilação mecânica invasiva.

A conclusão foi corroborada por outro estudo feito pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

Conforme os cientistas, o risco ocorre porque durante a gestação há uma diminuição da capacidade respiratória por conta do crescimento do útero, que restringe o abdômen e o tórax.

O Governo de Mato Grosso já conseguiu autorização para inserir os profissionais de Segurança como prioridades que já estão em fase final de vacinação. Além disso, já pediu para que os trabalhadores da Educação também sejam colocados no grupo prioritário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Quinta-feira (22): Mato Grosso registra 349.710 casos e 9.376 óbitos por Covid-19
Continue lendo

MATO GROSSO

Auditores buscam aumentar a produtividade no home office

Publicado


Antes da pandemia da Covid-19, a modalidade de teletrabalho era vista com desconfiança devido às preocupações em relação à produtividade, entre outros fatores. Com o tempo, estudos comprovaram que é possível o crescimento da produtividade de forma criativa e eficiente. Nesse cenário, a questão é: como transpor desafios importantes que devemos superar para continuarmos produtivos? Pensando nisso, auditores da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) participaram da webinar “Aumentando a Produtividade no Home Office”, com o consultor Marcelo Masini.

O objetivo da webconferência foi apresentar aos participantes um processo que eleve a habilidade de alcançar grandes prioridades em meio a uma avalanche de distrações. Na webconferência, Marcelo Masini apresentou metodologia que se baseia em fazer as cinco escolhas para atingir uma produtividade extraordinária.

Pautadas em planejamento e gestão de tempo, as escolhas são: separar as atividades vitalmente importantes e prioritárias das distrações; redefinir seus papeis em termos de resultados extraordinários para alcançar metas de alta prioridade; aplicar uma cadência de planejamento e execução que produz resultados para retomar o controle de sua vida profissional e pessoal; usar a tecnologia a seu favor e se livrar de distrações configurando plataformas para aumentar sua produtividade; e aplicar as últimas descobertas da neurociência para renovar continuamente sua energia mental e física.

É importante ressaltar que, após um ano de pandemia, para muitos profissionais trabalhar remotamente, apesar de ser um sonho para a maioria, também trouxe para muitos trabalhadores dificuldades, dispersões e abstrações. Isso exige, conforme o palestrante, que a equipe se aprimore para gerenciar melhor as decisões, a atenção, a energia e a fazer escolhas que trarão o máximo retorno para o tempo investido.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Embaixador dos EUA: "É impressionante o trabalho que o Governo de Mato Grosso está fazendo"
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana