conecte-se conosco


MATO GROSSO

Workshops propõem criação artística com materiais recicláveis em municípios de Mato Grosso

Publicado


O que é possível criar com o lixo que descartamos? No final de um dia comum, cada habitante de Mato Grosso produz – em média – 1,024 quilo de lixo. Ao todo, o Estado gera cerca de três toneladas de resíduos nesse período. Muito além de mero refugo, o lixo que descartamos pode ser reaproveitado e virar matéria-prima para a arte. 

As sacolas de plástico do supermercado podem virar figurino. Garrafas pet, jornais, caixas de papelão ou revistas dão corpo a novas possibilidades, através da técnica e da criatividade. 

Proporcionar um diálogo sobre a realidade do descarte incorreto desses materiais é o objetivo do workshop ‘Corpos Residuais’, realizado pelo coletivo Spectrolab.  A proposta é reunir artistas locais, recicladores e catadores de lixo em oficinas de criação artística. 

Os encontros serão realizados nos municípios de Chapada dos Guimarães (27 e 28/02), Cuiabá (06 e 07/03), Primavera do Leste (03 e 04/04) e Cáceres (10 e 11/04). Para cada cidade, serão disponibilizadas 15 vagas. 

Os interessados podem optar pela participação presencial, seguindo os protocolos de biossegurança contra a covid-19, ou acompanhar as oficinas pela internet. As inscrições são gratuitas. Para participar, basta preencher o formulário disponível no site www.spectrolab.art.br. 

Além de teoria, os participantes criarão figurinos, máscaras, acessórios e dispositivos. Ao final das oficinas, as criações e criaturas ganharão as ruas das cidades em uma intervenção urbana. 

A matéria-prima utilizada será coletada nos municípios. Para isso, cada participante deve recolher o próprio material iniciando e incentivando uma campanha de arrecadação. Caso haja excedente, os resíduos serão encaminhados para a reciclagem. 

“Para os municípios envolvidos, essa campanha de coleta pode ser um pontapé para que outras iniciativas sejam realizadas e também haja incentivo para o trabalho artístico envolvendo a reciclagem”, propõe o coletivo. 

Leia mais:  Povo Umutina realiza seminário para desenvolver turismo sustentável na aldeia

O projeto é realizado com recursos da Lei Aldir Blanc ao ter sido selecionado no edital MT Nascentes promovido pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Spectrolab 

O coletivo Spectrolab – Investigação Cênica surgiu em 2016 com a união de artistas mato-grossenses, que compartilham de aproximações em artes híbridas por meio das formas animadas. Seus principais projetos incluem a criação cenográfica e estética da cena teatral, a confecção e manipulação de elementos cênicos tais como, bonecos, máscaras, dispositivos e outros adereços que trazem reflexões atuais sobre a materialidade presente nesses objetos.  

Atualmente o coletivo é formado pelos artistas Douglas Peron, Elizabeth Othon, Millena Machado e Raquel Mützenberg. 

Entre outros trabalhos, o coletivo tem no currículo “Maiêutica”, que circulou no Brasil pelo projeto Sesc Palco Giratório, 2018; “Resí(duo)” apresentado na Mostra Sesc de Cultura no Cariri, no Ceará, em 2019; e o projeto “Reciclar Brincando”,  no Programa Siminina, em Cuiabá, no ano passado. 

Mais informações:

Site – https://www.spectrolab.art.br/
Instagram – https://www.instagram.com/spectrolabcena/
Facebook – https://www.facebook.com/spectrolabcena
E-mail – [email protected] 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

Sábado (06): Mato Grosso registra 260.760 casos e 5.993 óbitos

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (06.03), 260.760 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.993 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 814 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 260.760 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.254 estão em isolamento domiciliar e 242.877 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 479 internações em UTIs públicas e 397 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 99,58% para UTIs adulto e em 47% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (56.151), Rondonópolis (20.404), Várzea Grande (16.403), Sinop (13.260), Sorriso (10.539), Tangará da Serra (10.185), Lucas do Rio Verde (9.512), Primavera do Leste (7.753), Cáceres (5.751) e Nova Mutum (5.164).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 224.300 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.460 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (05), o Governo Federal confirmou o total de 10.869.227 casos da Covid-19 no Brasil e 262.770 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 10.793.732 casos da Covid-19 no Brasil e 260.970 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (06).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Leia mais:  Sábado (06): Mato Grosso registra 260.760 casos e 5.993 óbitos

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Prefeitos que descumprirem Decreto Estadual serão responsabilizados

Publicado


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso está realizando um levantamento de todos os decretos municipais que tratam das medidas de prevenção à Covid-19 e adotará as medidas cabíveis em relação aos prefeitos que descumprirem as restrições estabelecidas no Decreto Estadual 836/2021. Segundo o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, eventual descumprimento da norma implicará em responsabilização cível e criminal.

“O Judiciário foi claro e objetivo ao atender nossa Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), a liminar aplica-se a todos os municípios, inclusive a Cuiabá. Os prefeitos que descumprirem serão responsabilizados por crime de desobediência e por eventual ato de improbidade administrativa. Não vamos aceitar desordem. Se não concordam com a decisão podem recorrer, mas jamais descumprir. Se insistir em descumprir pediremos o afastamento do cargo”, enfatizou o procurador-geral de Justiça.

Na quarta-feira passada, o desembargador Orlando de Almeida Perri concedeu liminar ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso determinando ao município de Cuiabá que revogasse os dispositivos do decreto municipal que contrariavam as medidas restritivas estabelecidas no decreto estadual. A principal divergência diz respeito às condições que devem ser observadas para o funcionamento de todas as atividades e serviços. 

No mesmo dia, o MP notificou o município de Várzea Grande para que fosse revogado parte do respectivo decreto municipal. Uma ação civil pública também foi proposta para garantir a uniformidade e harmonização das medidas de prevenção à Covid-19 na região metropolitana. O município de Várzea Grande assegurou ao MP a edição de um novo decreto. Na quinta-feira, a administração municipal de Nova Mutum também foi notificada pelo MPMT sobre o mesmo assunto. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitos que descumprirem Decreto Estadual serão responsabilizados
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana