conecte-se conosco


POLICIAL

Suspeito pela morte de mulher encontrada despida em construção é preso pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em Rondonópolis (220 km ao sul de Cuiabá) o homem suspeito pelo homicídio de uma mulher que foi morta na última semana, em uma construção no bairro Parque Universitário. O homem de 32 anos foi preso no final da tarde de terça-feira pela equipe da Delegacia de Homicídios de Rondonópolis, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

A vítima, ainda não identificada, foi encontrada despida no dia 09 de fevereiro em uma casa que está em obras.

A delegada Juliana Buzetti instaurou inquérito para apurar o crime e a partir de informações coletadas pela equipe de investigação, a Polícia Civil chegou à identificação do suspeito pelo crime. Foi representada pela prisão dele, deferida pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis.

O suspeito foi preso em seu local de trabalho, uma borracharia no mesmo bairro onde ocorreu o crime. Na casa dele, os policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão e recolheram as roupas que ele vestiu no dia do crime e um aparelho celular. O material apreendido passará por exame pericial e por análise.

A Justiça também autorizou a coleta de material biológico do suspeito para a realização de exame de confronto de DNA.

Frieza

Em depoimento à delegada, ele confessou o crime e disse que usou um pedaço de madeira e uma lixadeira para matar a vítima. O suspeito alegou ainda que cometeu o crime porque, segundo ele, a mulher teria desferido um tapa em seu rosto.

Agindo com frieza, durante o depoimento o suspeito disse que ficou com medo de ser identificado pelo DNA e por isso comprou álcool, voltou ao local do crime e ateou fogo ao corpo da vítima e, depois que ela já estava morta, ainda deu chutes na mulher. Ele não admitiu o abuso sexual e disse não se lembrar se manteve relação com a vítima.  

Leia mais:  Policial escreve texto em que fala sobre a carreira e presta homenagem aos colegas de profissão

O inquérito segue em andamento para reunir outras informações necessárias ao esclarecimento do crime. O suspeito deve ser indiciado por estupro e homicídio triplamente qualificado (feminicídio e com emprego de meio cruel e para garantir ocultação de crime).

Depois da formalização da prisão, o homem foi encaminhado para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa.

O suspeito possui condenações anteriores por roubo, tentativa de furto, tráfico e estupro. Em 2014 foi preso em flagrante por um estupro cometido no mesmo bairro onde mora e trabalha, contra uma mulher de 43 anos. À época, ele confessou o crime.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLICIAL

Polícia Civil prende em flagrante homem que matou namorada a facadas em Querência

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que matou a  namorada com golpes de faca durante uma discussão no município de Querência foi preso em flagrante em rápida ação da Polícia Civil realizada na madrugada deste domingo (07.03), logo após o crime. O suspeito, de 33 anos, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo feminicídio.

As diligências iniciaram logo após a Polícia ser acionada sobre uma mulher  ferida com golpes de faca, no bairro Setor F. No local, os policiais constataram a veracidade dos fatos, encontrando a vítima caída aparentemente sem vida.  A ambulância esteve no local e constatou a morte da vítima.

Segundo relatos de testemunha, vítima e suspeito estavam brigando quando uma vizinha tentou separá-los e também foi ameaçada pelo suspeito. Em seguida, o filho da vítima procurou novamente a vizinhança dizendo que o suspeito estava tentando matar a sua mãe.

Logo depois, a vítima foi encontrada com ferimentos de faca, e chegou a falar que foi golpeada pelo namorado, porém em seguida caiu no chão, não resistindo ao ferimento. O suspeito fugiu do local após o crime, porém permaneceu nas redondezas.

Em diligências ininterruptas, a equipe da Polícia Civil conseguiu localizar o suspeito em uma rua da cidade. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Querência, onde após ser interrogado pelo delegado Rogério Gomes Rocha, foi autuado em flagrante pelo homicídio qualificado pelo feminicídio.

O preso será encaminhado para o presídio de Água Boa, onde ficará a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Derf Confresa completa um ano de funcionamento com redução de roubos e furtos no município
Continue lendo

POLICIAL

Policial escreve texto em que fala sobre a carreira e presta homenagem aos colegas de profissão

Publicado


O investigador de polícia, Oscarmo de Barros Gonçalves, lotado na Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) escreveu um texto em que fala sobre a carreira de policial civil e presta homenagem aos colegas profissionais que fazem a diferença na sua atuação em prol da instituição e da sociedade.

Hoje deu saudades de você

*Por Oscarmo de Barros Gonçalves”

Sabe aquele dia que a gente acorda ainda madrugada e começa a fazer uma retrospectiva na vida profissional e recordar dos grandes amigos, dos grandes líderes que fizeram parte da nossa história, da nossa carreira, daqueles que deixaram marcas que tempo algum apaga? 

Todos vamos viver esse dia, momento de retrospectiva, dia que lembramos das grandes missões, mas também das pequenas, vamos lembrar da glória, das belas prisões, da satisfação de cumprir o nosso dever com excelência, dos grandes amigos ou verdadeiros irmãos e líderes que Deus colocou em nosso caminho.

Boas lembranças. Mas lembranças de policial também têm lágrimas, tem recordações dos “meio amigos”, dos “chefes”, mas essa parte a gente prefere deixar em “vaga lembrança”…

Que saudade dos meus irmãos policiais, que saudade dos grandes amigos, que estavam juntos na hora de pular o muro, chutar a porta, na vigilância em meio a mata, nos atoleiros, na corrida pelas ruas atrás do preso que tentou escapar, do “cantar” da sirene  abrindo caminho pelo centro da cidade, na boa conversa no momento da “entrevista”, naquele grito “Polícia! Mão na cabeça!”. 

Na missão que foi sucesso, na outra que nem tudo saiu como se desejava. Hoje deu saudade dos grandes homens e mulheres que são os responsáveis (ainda que hoje alguns estejam aposentados), mas são os responsáveis por a PJC ter esse brilho singular que nos orgulha.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre três mandados de prisão em São José dos Quatro Marcos

Hoje deu saudade de você meu amigo (a) policial, que além de ser um grande profissional é uma pessoa incomparável. Hoje deu saudade de você…

Peço a Deus que esteja bem, que bem esteja a sua família. A nossa gratidão por ter sido tão especial na vida de seus pares, na vida do cidadão que te pediu apoio e saiu satisfeito, pois conheceu a excelente pessoa que você é.

Hoje deu saudades de você. Não importa onde esteja, tenho certeza que continua sendo essa luz que faz a diferença por onde passa,  te  desejo a mesma felicidade, a felicidade que tem proporcionado a todos que lembram e lembrarão do teu nome. Felicidades meu irmão e amigo policial!!

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana