conecte-se conosco


CUIABÁ

Sorp e PM flagram bares lotados e multam 4 estabelecimentos por descumprimento ao decreto contra Covid-19 

Publicado


A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Sorp) e a Polícia Militar realizaram durante a noite de quinta-feira (11) e na madrugada desta sexta-feira (12) mais uma série de fiscalizações. Quatro estabelicimentos foram multados por descumprimento ao Decreto 8.204, de 19 de novembro de 2020, que prevê  medidas de biossegurança como respeitar a limitação de 70% de capacidade máxima do local, distanciamento social, uso de máscara obrigatório, disponibilizar álcool em gel 70%, higienização  constante dos produtos devem ser aplicadas pelos estabelecimentos.

Foram  autuadas duas distribuidoras, um Lounge Bar (tabacaria) e um bar localizado  no interior do Parque de Exposições da Acrimat. Todos eles receberam uma multa no valor de R$ 632,90.  A Sorp esclarece que nenhum dos estabelecimentos foi interditado. 
“As fiscalizações continuam. Apesar de algumas flexibilizações nos horários de funcionamento, número de ocupação permitida e extinção do toque de recolher, seguimos a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro em continuar com as ações. A pandemia não acabou, tanto é que o último decreto mantém o estado de situação de emergência, em decorrência do número de casos registrados de Covid-19. Pedimos para a população colaborar e não desrespeitar o decreto. ”, pontua  Leovaldo Sales, secretário da pasta de Ordem Pública. 
A Secretaria de Ordem Pública trabalha mediante a recebimentos de denúncias e não tem prerrogativa de investigar onde ocorrem aglomerações ou festas clandestinas.  E é por isso que a Secretaria disponibiliza o número  (65- 3616-9614) para que a população denuncie esses tipos de eventos que descumprem as medidas de biossegurança. A população também pode realizar denúncias no 190 da Polícia Militar. 
 
 
Leia mais:  Cuiabá transfere para abril evento com a presença de Michele Bolsonaro e secretária nacional da Mulher

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Veja como funcionam as Secretarias de Governo e Cultura, Esporte e Lazer com reforço de medidas de biossegurança

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Secretaria de Governo, localizada no sétimo andar do Palácio Alencastro, passa a funcionar em regime de revezamento dos servidores alocados na Pasta até o dia 21 de março. O atendimento presencial ao público deverá ser agendado. Já a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer também está com seus funcionários em rodízio, mas o atendimento presencial ao público está suspenso.

As medidas foram tomadas em decorrência do decreto municipal de nº 8.340, anunciado em 02 de março de 2021 sob determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, os servidores da capital, com exceção de áreas essenciais, poderão cumprir sua jornada por revezamento de 03 a 21 de março, de acordo com a orientação de cada gestor de Secretaria. Servidores municipais do grupo de risco- como já previsto por meio do decreto 8.331/2021 de 26 de fevereiro, permanecem em home office até 31 de maio.

Ambas as Secretarias reduziram seu efetivo em trabalho presencial em 50% para aumentar o distanciamento mínimo entre os servidores. As medidas de biossegurança, como uso de máscara e álcool 70% foram ainda mais reforçadas.

Para agendamentos na Secretaria de Governo, basta entrar em contato pelo telefone (65) 3645-6130. O Gabinete do Prefeito atenderá também mediante agendamento pelo telefone (65) 3645-6001.

Já a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o atendimento será realizado via telefone (65) 3617-1261.

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeitura mantém ações voltadas para o acolhimento da população em situação de rua
Continue lendo

CUIABÁ

Prefeitura mantém ações voltadas para o acolhimento da população em situação de rua

Publicado


A Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência mantém ações especificas destinadas ao atendimento à população em situação de rua no enfrentamento a pandemia do coronavírus. O cuidado com o público em situação de vulnerabilidade social recebe atenção especial da primeira-dama da capital, Márcia Pinheiro.

Ações de abordagem são realizadas de forma contínua pelas equipes da Assistência que percorrem diariamente a cidade informando ao público sobre as unidades existentes e encaminhá-los para acolhimento. Essas ações são realizadas pelas  equipes dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

A secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, pontua ainda que a  rede de Assistência conta com três albergues municipais, sendo o Manoel Miráglia, o albergue instalado na região do Porto, além do Hotel Albergue  instalado em parceria com  uma rede de hotéis o que possibilitou a  ampliação da capacidade de abrigamento desse público.  

Atualmente, o “Hotel Albergue” abriga 84 pessoas em situação de rua, sendo a maioria das vagas ocupadas por homens. Já os albergues municipais contam com 112 pessoas abrigadas, sendo 39 no Albergue Manoel Miráglia, 45 no Albergue do Porto e 28 no Albergue da Guia. Cada unidade tem capacidade de atendimento de até 50 pessoas.

Os albergues municipais destinam-se ao atendimento de pessoas em trânsito ou que vieram para Cuiabá e não conseguem voltar de imediato as suas respectivas cidades.

Já o “Hotel Albergue”  é a unidade que atende pessoas que já foram referenciadas pela Assistência Social por meio dos CREAS.

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá entra com recurso no STF para garantir autonomia municipal

A secretária ressalta que muito mais que garantir o acolhimento, o trabalho desenvolvido é preventivo.

“Todos os dias ocorrem desligamentos voluntários devido a dificuldade de permanecer em isolamento social. O número muda de um dia para o outro conforme as ações de acolhimento e desligamento. É por isso que o trabalho é diário. A nossa equipe não tem medido esforços para acolher o maior número de pessoas”, disse a secretária.

Para aqueles que não aceitam o acolhimento, são distribuídas refeições todos os dias, em diferentes pontos da cidade como também no Aterro Sanitário. Além também de kits de higiene pessoal e álcool gel.

“Esse trabalho de sensibilização é permanente. É meta do nosso prefeito Emanuel Pinheiro e da nossa primeira-dama Márcia Pinheiro oferecer acolhimento para o maior número possível de pessoas em risco de vulnerabilidade social. Sabemos que muitos ainda são resistentes, mas com esse trabalho contínuo, aos poucos, vamos alcançando os resultados esperados”, finalizou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana