conecte-se conosco


POLÍTICA MT

Sinfra anuncia projeto para restauração asfáltica do Distrito Industrial antigo de Rondonópolis

Publicado


Deputado recebe a secretária de Infraestrutura de Rondonópolis

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

Após encontro com o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD), no início do mês, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) recebeu a secretária municipal de Infraestrutura, Claudine Logrado Fanaia, na última terça-feira (16), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), para discutir as iniciativas da gestão municipal na área de infraestrutura. Dentre os assuntos abordados,  estão os distritos industriais, a urbanização e a construção de rotatória na avenida Rio Branco, no bairro Mathias Neves.

Atualmente, o município possui quatro distritos industriais denominados de Augusto Bortoli Razia, Vila Operária, Vetorasso e o Rondonópolis, que é o mais antigo. Um aspecto importante destes polos é que eles favorecem a economia e o desenvolvimento social do município, principalmente devido à geração de emprego e renda, produtos e serviços para atender à população.

Distritos – A secretária informou que desde agosto do ano passado, três distritos que nunca tinham recebido asfalto estão em fase de execução das obras de pavimentação com previsão para a finalização no segundo semestre deste ano. O contrato inicial era de R$ 24 milhões, devido a novos aditivos para asfaltar outras vias, o custo para a gestão municipal passou a ser de R$ 30 milhões.

“O contrato firmado foi de um ano. A parte de drenagem está toda pronta, que é o mais demorado. A pavimentação do distrito Razia foi todo, pois ele é menor. Primeiro foi a avenida principal e depois teve novos aditivos para as ruas transversais. O Vetorasso foi só na Avenida dos Transportes, que é muito grande e teve um custo de R$ 10 milhões. Já a Vila Operária foi a avenida principal”, detalha Claudine, que disse que o orçamento também conta com a realização de meio-fio, sarjeta e calçada. 

Projeto – O Distrito Industrial Rondonópolis foi criado em novembro de 2003, sendo que a área ocupada foi doada pelo Poder Executivo estadual para o município. Por ser o mais antigo dos distritos, o asfalto está bastante danificado, o que dificulta a trafegabilidade de veículos. De acordo com a secretária, já está em andamento o projeto para refazer a rua principal, que fica na entrada, e a transversal, que passa em frente da ADM Brasil. “Ainda não sei se a verba utilizada será de recurso próprio ou se vai ser pleiteado. O projeto em duas a três semanas vai estar pronto. Já está na programação e vamos mandar para frente”, anuncia.

Ela explica que, infelizmente, não tem como a prefeitura municipal asfaltar todas as vias dos distritos, pois chegaria a ter um gasto em torno de R$ 70 milhões. “O prefeito não consegue fazer todas as obras necessárias nos distritos ao mesmo tempo. É bem pesado fazer tudo de uma vez. Foram priorizados aqueles que estavam só terra. Este do distrito industrial antigo não tinha feito nada, pois as ruas eram asfaltadas, mas bem desgastadas. Ali não tem como ser apenas tapa-buraco, a gente tem que retirar o asfalto e fazer uma nova base”, explica Logrado.

Ela diz que, no ano passado, o prefeito pediu para fazer a recuperação deste distrito, mas quando os engenheiros foram fazer o levantamento, apontaram que a base estava bem desgastada. A recuperação seria de R$ 6 milhões. Agora para refazer o asfalto pode ficar cerca de R$ 12 milhões. “O asfalto do Distrito Industrial antigo fica quatro vezes mais caro que um asfalto comum da cidade”, esclarece Claudine.

Urbanização – Rondonópolis já tem 95% da cidade asfaltada, informa a secretária, que acrescenta que a população já pede a realização da parte urbanística. “Teve algumas urbanizações pontuais, as pessoas viram que aquilo ficou legal e pedem para que a gente faça mais. Estamos pensando em urbanizar as avenidas grandes, que estão sendo bastante utilizadas para caminhada e com ciclovia”, explica.

A Avenida dos Estudantes, Avenida W11 e a rua Palestina no Parque Universitário são os três locais que Claudine comenta sobre a pretensão de fazer a urbanização. “O prefeito bate muito na tecla para aumentar a qualidade de vida e da educação, a urbanização contribui bastante com isso”, ressalva.

“O encontro com a secretária Claudine foi bastante produtivo. E o que estiver ao meu alcance quero contribuir com o desenvolvimento de Rondonópolis e proporcionar melhorias para os moradores. Já me comprometi em contribuir com uma emenda parlamentar para a urbanização da Avenida dos Estudantes e vamos unindo as forças políticas para o progresso deste importante município”, diz Claudinei.

Rotatória – Com o grande movimento de veículos e aumento de acidentes na Avenida Rio Branco, no bairro Mathias Neves, o deputado Claudinei havia levado essa preocupação ao prefeito municipal. “O prefeito já nos solicitou para fazer o projeto para entregar para ele. Está em nossa programação, vamos fazer o levantamento topográfico. Até o mês que vem, vamos encaminhar o projeto, temos uma equipe muito grande”, informa a secretária.

No início deste mês, Claudinei discutiu sobre essa necessidade para o secretário de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), Marcelo Padeiro, que orientou a importância do prefeito de Rondonópolis realizar a solicitação e protocolar na sede da Sinfra. Também ressaltou que é só a gestão municipal apresentar o projeto do trevo, enviar para a pasta e, em caso positivo, será feito o repasse financeiro para a execução da obra.

Essa demanda foi apresentada pelo deputado para a Sinfra, por meio da indicação n.° 68/2021, para a construção da rotatória no cruzamento entre as avenidas Rio Contorno Sul e Rio Branco.

Fonte: ALMT

Leia mais:  Pessoas com deficiência deverão ter prioridade na fila de vacinação em Mato Grosso

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

João Batista visita Departamento de Água e Esgoto de VG

Publicado


Foto: LUCIENE LINS

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) esteve, na manhã desta quarta-feira (24), reunido com o presidente do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande (DAE-VG), Carlos Alberto, para debater demandas relacionadas ao abastecimento de água do município. O encontro entre o deputado e o presidente do DAE foi articulado pelo vereador Braz Jaciro (Pros), eleito para o seu primeiro mandato em VG nas eleições do ano passado.

De acordo com João Batista, a visita foi uma agenda de muito aprendizado, pois o encontro oportunizou conhecer as instalações e o funcionamento de toda estrutura do DAE, fato que trará resultados positivos para sua atuação dentro do Parlamento.

“Conhecemos toda a parte de infraestrutura de captação de água de Várzea Grande, toda a parte de distribuição e tratamento, que envolve a questão química e capacidade desses equipamentos. Hoje tenho a real noção das necessidades da população várzea-grandense, pois todo parlamentar, além da função de legislar, também exerce o papel de fiscalizador, uma oportunidade na qual poderemos direcionar as nossas ações com foco e objetividade”, enfatizou.

O vereador Braz Jaciro, também presente na visita, afirmou que será um porta-voz e a ponte entre a Câmara Municipal, a prefeitura e o DAE, na busca pela resolução das demandas que a população tem solicitado.

“Hoje tivemos uma oportunidade valiosa, além de trazer as demandas, tivemos a satisfação de conhecer a estrutura do DAE e assim vamos falar com propriedade e conhecimento sobre as pautas referentes a água e esgoto da nossa cidade. Agradeço ao deputado João Batista por ter abraçado nossa causa e sou grato pela atenção e receptividade do presidente do DAE, o Carlos Alberto, que prontamente nos atendeu”, pontuou o vereador Braz Jaciro.

Leia mais:  Ulysses Moraes faz indicação para que governo reduza alíquota de ICMS sobre operações internas com óleo diesel

Foto: LUCIENE LINS

Para o presidente do DAE, Carlos Alberto Simões de Arruda, é de grande valia a visita do deputado João Batista, pois permite que o conhecimento técnico, sirva de base para as ações do parlamentar na Assembleia Legislativa. 

“Dentro do Parlamento mato-grossense, vejo o João Batista como uma exceção, pois ele é um deputado que vive o seu dia a dia com as comunidades, ele gosta de estudar sobre o assunto e entender o problema. Ele faz questão de praticar o que poucos políticos fazem, que é colocar a mão na massa e conhecer o problema in loco. Por isso, parabenizo e enalteço a atitude e o trabalho do deputado”, destacou Carlos Alberto.

Na oportunidade, o deputado João Batista parabenizou o presidente do DAE, Carlos Alberto Simões, pelo trabalho realizado frente ao departamento. O parlamentar agradeceu ainda o empenho e a dedicação de Carlos Alberto, em auxiliar na resolução de um dos principais problemas que afligem os munícipes de Várzea Grande, que é a falta de água.

“O presidente do DAE afirmou que está comprometido em solucionar o problema de abastecimento de água de VG. Ele nos disse hoje que fará ‘o que for preciso’ para que até ao final do seu trabalho no DAE ele possa mostrar resultados verdadeiros, ampliando a quantidade de residências que irão receber o abastecimento de água na cidade. Parabenizo as ações efetivas do presidente e seu engajamento, um gestor que conhece as reais necessidades da população de Várzea Grande e que se coloca no lugar dos outros, demonstrando empatia com o próximo”, concluiu João Batista.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLÍTICA MT

PL que visa transparência nas informações sobre obras públicas em andamento recebe parecer favorável da CCJR

Publicado


PL de Dr. Eugênio prevê a divulgação de informações sobre obras públicas

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O Projeto de Lei nº 1253/2019, que é de autoria do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB) e prevê a divulgação, pelos órgãos e entidades da administração pública direta e indireta do estado de Mato Grosso, informações sobre obras públicas cuja execução esteja em andamento, obteve parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso na sessão de terça (23).

O projeto cita que a administração direta, autarquias, fundações públicas, empresas públicas, sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pelo estado deverão divulgar, em suas respectivas páginas da internet e no aplicativo MT Cidadão, independentemente de requerimento as informações, dando transparência, para as obras públicas.

O projeto, apresentado em dezembro de 2019, em sua justificativa complementa a importância da transparência para com a população. “O momento político que vivemos deixa claro que a população a cada dia se mostra mais insatisfeita com a ação dos políticos; se justa ou não a insatisfação não entrarei no mérito”.

Ainda de acordo com a proposição, serão divulgados os valores efetivamente pagos com a data do respectivo pagamento. E caso a obra seja paralisada, deverá ser disponibilizada, no prazo de 30 (trinta) dias, as razões da paralisação em linguagem simples e clara. Agora a medida aguarda apreciação em Plenário e em seguida análise do governo de MT.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Leia mais:  Pessoas com deficiência deverão ter prioridade na fila de vacinação em Mato Grosso
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana