conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

“Se chamar para namorar, tem que casar”, diz líder do Patriota sobre Bolsonaro

Publicado


source
Reunião nesta sexta-feira pode selar aproximação entre Bolsonaro e Patriota
Reprodução

Reunião nesta sexta-feira pode selar aproximação entre Bolsonaro e Patriota

Desde que deixou o PSL e não conseguiu tirar do papel o Aliança pelo Brasil, o  presidente Jair Bolsonaro busca uma nova casa dentro da política, principalmente para poder disputar a reeleição em 2022. Entre “paqueras” e conversas, um possível “namoro” pode estar pintando com o Patriota.

Segundo informações do jornal O Globo, Bolsonaro tem reunião com membros do Conselho Político do Patriota nesta sexta-feira (12) para iniciar negociações de uma possível filiação. A intenção do presidente, inclusive, é assumir um papel de controle, mas tal avanço ainda enfrenta resistências por conta de um “racha” dentro do partido.

“Ele pode estar paquerando. Não é namoro ainda. Se ele chamar para namorar, vamos conversar. Se der certo, tem que ir direto ao cartório. Já conhece, então tem que casar logo de papel passado”, afirmou Adilson Barroso , presidente do Patriota, um dos integrantes do partido que não esconde o desejo de ter Bolsonaro e retomar “história interrompida” em 2018, quando o presidente quase se filiou ao partido.

Porém, a divisão existente no partido pode acabar se tornando um problema para o avanço nas tratativas. Vice-presidente do Patriota , Ovasco Resende já sinalizou, em entrevista à revista Época, que não pretende abrir mão de seu poder dentro do partido: “não existe possibilidade nenhuma de qualquer liderança vir para tomar o comando do partido. Isso é fora de qualquer mesa de conversa. Ou se confia no partido para o qual você vem ou não”.

Leia mais:  Conselho de Ética admite 7 novas representações contra deputado Daniel Silveira

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Conselho de Ética admite 7 novas representações contra deputado Daniel Silveira

Publicado


source
Deputado Daniel Silveira
BETINHO CASAS NOVAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Deputado Daniel Silveira

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados admitiu, nesta terça(2) sete novas representações contra Daniel Silveira. O  deputado, que está preso  na capital carioca, é acusado de ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e exaltar o AI-5 – decreto utilizado durante a ditadura que dava ainda mais poderes aos militares.

Ele teve a prisão solicitada pelo STF e confirmada pela Câmara na semana passada. Durante sessão foi realizada nesta terça-feira no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, o deputado Daniel Silveira se apresentou virtualmente e, durante uma fala que demorou cerca de cinco minutos, criticou a esquerda e se diz perseguido por comunistas .

O Conselho de Ética aceitou representação do PSOL e abriu um novo processo contra Daniel Silveira a respeitos dos ataques feitos por ele a ministros do Supremo. Ao todo, são nove representações, sendo que oito são de partidos e um da mesa diretora.

Também nesta terça-feira, foi sorteada a lista de três relatores: depois de 60 dias úteis, o Conselho pode arquivar a representação ou arquivar penas como advertência, suspensão ou até cassação do mandato. 

Comentários Facebook
Leia mais:  Ministro do STJ anuncia aposentadoria e abre vaga para indicação de Bolsonaro
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Senado aprova medida que dá prazo de 7 dias para Anvisa aprovar vacinas

Publicado


source
MP agora segue para aprovação do presidente Jair Bolsonaro
Reprodução: iG Minas Gerais

MP agora segue para aprovação do presidente Jair Bolsonaro

O Senado federal aprovou nesta terça-feira (2), por 73 votos a zero, medida provisória (MP) que dá prazo de sete dias para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decida sobre a aprovação temporária das vacinas que combatem o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Agora, o texto segue para sanção presidencial . O prazo de uma semana vale caso o imunizante receba o aval de ao menos uma entre 11 autoridades de saúde internacionais.

O prazo pode ser aumentado para 30 dias caso faltem informações na avaliação destas autoridades estrangeiras.

A MP também aumenta de 5 para 11 o número de agências estrangeiras nas quais o aval será aceito pela agência nacional. O projeto já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados.

Desta forma, o processo de aprovação dos imunizantes fica menos burocrático e dá mais flexibilidade para essa compra. Além disso, a MP autoriza a compra por parte dos estados e municípios caso o governo federal não cumpra a quota necessária.

A aplicação das vacinas deve seguir o Plano Nacional de Imunização , que atualmente têm cerca de 77 milhões de brasileiros estre os grupos prioritários.

Comentários Facebook
Leia mais:  Palácio do Planalto cancela pronunciamento do presidente Bolsonaro
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana