conecte-se conosco


POLÍTICA NACIONAL

PSDB frustra plano de Doria e mantém Bruno Araújo na presidência do partido

Publicado


source
João Doria (PSDB), governador do estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

João Doria (PSDB), governador do estado de São Paulo

Em mais um revés para o governador de São Paulo, João Doria, a executiva nacional do PSDB aprovou nesta sexta-feira a permanência do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, no posto por pelo menos mais um ano. Doria também desejava o posto, segundo aliados. A decisão foi referendada numa reunião virtual.

A prorrogação do mandato de Araújo foi colocada à mesa após o grupo político de Doria aventar a possibilidade de assumir o comando do partido, postular sua candidatura a presidente em 2022 e afastar o deputado mineiro Aécio Neves, um antigo desafeto.

Você viu?

O movimento do governador de São Paulo deixou claro que ele está distante de obter apoio unânime no PSDB. A proposta de recondução de Araújo na chefia da sigla foi feita pelos diretórios regionais do partido —  inclusive com a chancela de São Paulo, na tentativa de acalmar os ânimos — , e teve o aval de parte da bancada federal e de todos os sete senadores da sigla.

A ofensiva de Doria aconteceu após uma crise atingir o PSDB desde a eleição da Câmara dos Deputados, na semana passada, quando parte da bancada contrariou o apoio formal do partido e votou em Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro. O movimento de Doria sofreu forte reação interna após o assunto vir à tona numa reunião na segunda-feira com alguns líderes da sigla, no Palácio dos Bandeirantes.

Leia mais:  Palácio do Planalto cancela pronunciamento do presidente Bolsonaro

Além de ver o seu movimentado frustrado, Doria ainda viu surgir um contraponto à sua candidatura com uma ala adversária do partido que passou a incentivar Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, a entrar na disputa pelo posto de presidenciável.

Pelo menos 13 dos 31 deputados da bancada do PSDB e um senador foram almoçar com Leite nesta quinta-feira, em Porto Alegre, e pediram ao governador para que se coloque em campo como pré-candidato e passe a viajar outros estados. Leite aceitou o convite.

O nome de Leite costuma ser citado ao lado de Doria pelo presidente Fernando Henrique Cardoso como entre as candidaturas mais fortes do PSDB para 2022. Nesta quinta-feira, Doria se reuniu com o ex-presidente. Segundo aliados, o encontro foi uma tentativa de baixar a poeira, já que o ex-presidente costuma pregar unidade na sigla.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Conselho de Ética admite 7 novas representações contra deputado Daniel Silveira

Publicado


source
Deputado Daniel Silveira
BETINHO CASAS NOVAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Deputado Daniel Silveira

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados admitiu, nesta terça(2) sete novas representações contra Daniel Silveira. O  deputado, que está preso  na capital carioca, é acusado de ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e exaltar o AI-5 – decreto utilizado durante a ditadura que dava ainda mais poderes aos militares.

Ele teve a prisão solicitada pelo STF e confirmada pela Câmara na semana passada. Durante sessão foi realizada nesta terça-feira no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, o deputado Daniel Silveira se apresentou virtualmente e, durante uma fala que demorou cerca de cinco minutos, criticou a esquerda e se diz perseguido por comunistas .

O Conselho de Ética aceitou representação do PSOL e abriu um novo processo contra Daniel Silveira a respeitos dos ataques feitos por ele a ministros do Supremo. Ao todo, são nove representações, sendo que oito são de partidos e um da mesa diretora.

Também nesta terça-feira, foi sorteada a lista de três relatores: depois de 60 dias úteis, o Conselho pode arquivar a representação ou arquivar penas como advertência, suspensão ou até cassação do mandato. 

Comentários Facebook
Leia mais:  Doria avalia lockdown no estado de SP ainda nesta semana
Continue lendo

POLÍTICA NACIONAL

Senado aprova medida que dá prazo de 7 dias para Anvisa aprovar vacinas

Publicado


source
MP agora segue para aprovação do presidente Jair Bolsonaro
Reprodução: iG Minas Gerais

MP agora segue para aprovação do presidente Jair Bolsonaro

O Senado federal aprovou nesta terça-feira (2), por 73 votos a zero, medida provisória (MP) que dá prazo de sete dias para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decida sobre a aprovação temporária das vacinas que combatem o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Agora, o texto segue para sanção presidencial . O prazo de uma semana vale caso o imunizante receba o aval de ao menos uma entre 11 autoridades de saúde internacionais.

O prazo pode ser aumentado para 30 dias caso faltem informações na avaliação destas autoridades estrangeiras.

A MP também aumenta de 5 para 11 o número de agências estrangeiras nas quais o aval será aceito pela agência nacional. O projeto já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados.

Desta forma, o processo de aprovação dos imunizantes fica menos burocrático e dá mais flexibilidade para essa compra. Além disso, a MP autoriza a compra por parte dos estados e municípios caso o governo federal não cumpra a quota necessária.

A aplicação das vacinas deve seguir o Plano Nacional de Imunização , que atualmente têm cerca de 77 milhões de brasileiros estre os grupos prioritários.

Comentários Facebook
Leia mais:  Conselho de Ética admite 7 novas representações contra deputado Daniel Silveira
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana