conecte-se conosco


CUIABÁ

Prefeitura reforça diálogo para ampliação da rede de enfrentamento à violência doméstica

Publicado


Assessoria

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá reforçou o diálogo para ampliação da rede de enfrentamento à violência doméstica. Uma das ações de  fortalecimento trata-se da participação em um amplo debate realizado na Associação Matogrossense dos Municípios, promovido pela deputada federal Rosa Neide (PT-MT).

As secretárias da Mulher, Luciana Zamproni e da Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, participaram do evento e representaram a primeira-dama do município, Márcia Pinheiro.

A rede de enfrentamento formata um protocolo específico de atendimento às mulheres, mediante uma ampla campanha de comunicação a ser desenvolvida no Estado.  O objetivo é facilitar o acesso aos canais para denúncia.

A secretária municipal da Mulher, Luciana Zamproni, aplaudiu a iniciativa em buscar maneiras práticas e efetivas para elaboração desse ciclo de atendimento.  Ela rememorou que a capital de Mato Grosso é uma das primeiras do país a criar uma pasta exclusiva para formulação e adoção de medidas práticas a essa finalidade.

“Mesmo com pouco tempo de criação, a Secretaria da Mulher tem se empenhado na oferta desse auxílio eficiente com dignidade e de forma humanizada, como prevê a gestão Emanuel Pinheiro”, cita.

Ela relembrou ainda que a pasta da Mulher tem o total reforço da

primeira-dama, que tem como premissa a ajuda à população em situação de vulnerabilidade e risco social, sendo ela a principal idealizadora da pasta.

Pontua como ações já desenvolvida, a Sala de Acolhimento do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).  “Além do atendimento às mulheres, trabalhamos de forma integrada com a Assistência Social para dinamizar a oferta desses serviços, sem falar do atendimento psicossocial ofertado aos filhos das vítimas de feminicídio. Realizamos visitas domiciliares com nossa equipe técnica para dar esse suporte familiar. Temos um epidemia dentro de um pandemia, assim tem sido a violência doméstica. Temos feito muito, mas não é o suficiente. Toda ajuda é bem vinda”, acrescentou Zamproni.

Leia mais:  Secretaria de Saúde apura suspeita de fraude envolvendo odontologistas

Já a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, destacou  a importância desse trabalho integrado entre os entes da federação.

“Com a criação desse protocolo será muito mais fácil a atuação do município. Todos os serviços que já estão disponíveis serão informados. Estamos à disposição. Sempre fomos parceiros da rede, e precisamos ocupar todos os espaços para levar esse protocolo para o maior número de pessoas, além do mais é uma realidade que existe e está mais próximo do que a gente imagina”, disse Hellen.

Já a deputada federal Rosa Neide disse estar satisfeita com os resultados alcançados no debate. “A rede de Enfrentamento à Violência contra às  Mulheres ainda precisa ser mais fortalecida e trabalhar de forma integrada, ampliar o diálogo entre as instituições. Em muitos locais temos pessoas trabalhando, mas ainda o fluxo de atendimento à mulher em situação de violência não está definido sistematicamente. As mulheres e a sociedade precisam conhecer esse fluxo de atendimento, saber a quem e como recorrer quando enfrentam esta situação”, explicou Rosa Neide. 

Forte Atuação:

“A gestão Emanuel Pinheiro não tem medido esforços na construção de políticas de proteção e que possibilitem a quebra de um ciclo de violência que vem sendo perpetrado ao longo de séculos.

Nós temos como dever oferecer uma vida digna à população, aos que mais necessitam”, defendeu a primeira-dama Márcia Pinheiro. 

Comentários Facebook
publicidade

CUIABÁ

Secretaria de Saúde apura suspeita de fraude envolvendo odontologistas

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura Municipal de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, apura um suposto esquema envolvendo profissionais da área de odontologia. Levantamento inicial da pasta aponta que servidores pediam remoção do local onde estavam lotados e eram transferidos, até para unidades que ainda não foram entregues à população ou que, sequer mantinham cadeiras para atendimento odontológico.

“O zelo e a transparência são premissas da gestão Emanuel Pinheiro. Assim que tivemos ciência da situação adotamos as providências e demos início a um levantamento. É preciso que tenhamos muito cuidado para que nenhuma injustiça seja cometida”, explica a secretária de Saúde de Cuiabá, Ozenira Félix.

Ela cita que a apuração teve início após relatório técnico da equipe da nova coordenação de Saúde Bucal. “Não podemos afirmar nada até porque estamos em fase de levantamento. No caso, quem trabalha em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) tem uma gratificação maior. Não estamos falando de salário, mas do valor de gratificação”, explicou.

Outra constatação até o momento é quanto à existência de unidades, onde o serviço deveria ser prestado, sem nenhum dentista.

Além disso, ainda existe o fato de os profissionais não estarem devidamente cadastrados nas unidades, o que fez com que a pasta deixasse de receber recursos do Ministério da Saúde.

Para evitar que esse problema continuasse, assim que soube da suspeita de fraudes, a secretária Ozenira Félix publicou portaria determinando que todos profissionais da Saúde Bucal fossem lotados aos seus postos de origem e determinou levantamento salarial e de lotação de cada um, para embasar a denúncia aos órgãos competentes.

“Nós estamos em fase de levantamento de todas as cadeiras, as que estão ocupadas e onde eles estão até para a gente poder apresentar qual é a real situação e tomar as decisões. O Ministério Público já nos pediu informações, listando pessoas. São pessoas que trabalhavam dentro da Secretaria. Neste caso, já estamos tomando providências para que aqueles que ainda estejam lá  sejam lotadas em outras unidades. Temos também pessoas que podem ter sido envolvidas e sem nenhuma má-fé. Não posso levar em consideração o fato de que quem removeu tinha um problema. É preciso ter cuidado para não cometer injustiças. Precisamos de provas consistentes e temos muitas situações de remoções”, asseverou.

Leia mais:  Cuiabá participa de criação consórcio nacional dos prefeitos para aquisição de vacinas contra Covid

Mediante a finalização do trabalho de constatação, documentação e denúncia para autoridades competentes, todas as medidas cabíveis – no caso de servidor não efetivo com a dispensa serão tomadas. Já no caso de efetivo, com abertura de procedimento administrativo.

Comentários Facebook
Continue lendo

CUIABÁ

Cuiabá participa de criação do consórcio nacional dos prefeitos para aquisição de vacinas contra Covid

Publicado


Izabela Dias

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, participou na manhã deste sábado (27), de reunião com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e aderiu à instalação de um consórcio entre os municípios para aquisição de vacinas da Covid-19. “Nós decidimos criar o consórcio nacional para adquirir as vacinas, medicamentos e insumos para o combate da Covid-19. E com isso vamos ajudar o Governo Federal a agilizar a vacinação da nossa população, que é nossa prioridade, principalmente de Cuiabá. Reassumo o compromisso de vacinar toda população cuiabana e trabalhar muito para concluir esse objetivo”.

 A reunião, por videoconferência, contou com os dez prefeitos que integram a diretoria da FNP. Os dez municípios signatários iniciais são Petrolina (PE), Salvador (BA), Curitiba (PR), Aracajú (SE), Manaus (AM), Belém (PA), Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Cuiabá (MT). O prefeito Emanuel Pinheiro também ressaltou que o momento é de união da população na luta contra o vírus da Covid-19. Com apoio de todos os participantes, a entidade vai pactuar, com governantes das médias e grandes cidades, o início e cronograma da construção do consórcio, nesta segunda-feira, 1º de março. 

“Não é hora de prejudicar a nossa economia, de causar um desiquilíbrio no desemprego, de atingir o setor produtivo, que já foi muito sacrificado e principalmente trazer a desesperança e o desemprego para a população. Agora é hora de união para buscar as vacinas e imunizar toda a população cuiabana”.

Participaram da reunião  os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro; Salvador/BA, Bruno Reis; Manaus/AM, David Almeida; Porto Alegre/RS, Sebastião Melo; Ribeirão Preto/SP, Duarte Nogueira; Petrolina/PE, Miguel Coelho; e o secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento de Curitiba/PR, Vitor Puppi, representando o prefeito Rafael Greca.

Leia mais:  Museu do Rio passa por reforma e revitalização completa

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana