conecte-se conosco


MATO GROSSO

Prato Popular e Centro de Cidadania funcionarão normalmente no carnaval

Publicado


O Restaurante Prato Popular e o Centro Estadual de Cidadania (CEC) atenderão normalmente nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro. As unidades vinculadas à Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc) permanecem abertas em virtude do Decreto Estadual nº 810/2021, que cancelou os pontos facultativos do Carnaval deste ano, como forma de frear a disseminação do coronovírus em Mato Grosso.

De acordo com a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, o Prato Popular tem como principal público os desempregados, moradores de rua, vendedores ambulantes e outros cidadãos em vulnerabilidade social, agravada pela pandemia de Covid-19. O restaurante tem cardápio adaptado para atender as necessidades nutricionais dos seus frequentadores.

Já o CEC, localizado no Várzea Grande Shopping, reúne serviços de órgãos como Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran); Procon Estadual; Secretaria de Fazenda (Sefaz); Sistema Nacional de Emprego (Sine Municipal e Estadual) e Justiça Comunitária. 

Atendimento

O Restaurante Popular fica localizado na Rua Baltazar Navarros, Nº 567, bairro Bandeirantes, em Cuiabá. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h, (exceto feriados). O custo da refeição é de R$ 1,65. 

Já o atendimento ao público no CEC é das 10h às 18h de segunda-feira a sexta-feira. Contato: (65) 3694-0503.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Leia mais:  PM desfez mais de 500 aglomerações no final de semana e dispersou 6.200 pessoas desde o início das medidas restritivas
publicidade

MATO GROSSO

Servidoras da Penitenciária e Socioeducativo de Rondonópolis são homenageadas

Publicado


Servidoras do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) e da Penitenciária da Mata Grande, ambas unidades em Rondonópolis, foram homenageadas pelo Dia Internacional da Mulher na manhã desta segunda-feira (08.03). 

O diretor da Mata Grande, Ailton Ferreira, entregou presente para todas as servidoras da unidade e destacou que a data celebra as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos. 

“A direção vem aqui para homenagear as mulheres da nossa Unidade por serem tão competentes e comprometidas no trabalho, aguerridas e destemidas na sua missão, fortes e valentes diante aos desafios, ternas e amáveis com sua equipe de trabalho. Que todas as mulheres sejam lembradas e reverenciadas neste dia, e, pensando em vocês a direção está presenteando cada servidora com uma singela lembrança, mas que traz no seu bojo todo o nosso respeito e consideração por cada mulher da unidade prisional”. 

No Centro Socioeducativo, a direção e os adolescentes que cumprem medida socioeducativa prestaram agradecimentos a essas profissionais. “Nesta data tão importante, a unidade socioeducativa, embora atenda adolescentes do sexo masculino, entende a importância de trazer este assunto e prestar a homenagem a essas servidoras que contribuem diariamente dedicando seu tempo, auxiliando e acreditando na mudança desses jovens”, comentou o gerente do Case, Cássio Luca da Cruz. 

Durante a celebração, a direção da unidade lembrou o trabalho exercido com extrema competência feito por essas servidoras. “ São mulheres comprometidas no trabalho, guerreiras e destemidas na sua missão, são fortes e valentes diante aos desafios”. 

Na ocasião, foi servido um café da manhã especial e entregue lembranças personalizadas a todas as mulheres servidoras da unidade. 

Novo projeto

Neste Dia Internacional da Mulher, o Case de Rondonópolis, incluiu na unidade um novo projeto, intitulado “#juntassomos+fortes” criada pelas psicólogas Glasiely e Maira Fabiana que trabalham no Case. 

Leia mais:  Servidoras da Penitenciária e Socioeducativo de Rondonópolis são homenageadas

O projeto tem como objetivo principal, transmitir a ideia de empatia entorno do ambiente de trabalho, proporcionando vivências que vão desenvolver e estimular a solidariedade entre as colegas da unidade 

Além disso, buscar proporcionar uma reflexão aos agentes e adolescentes que se encontram na unidade.

(Sob supervisão da jornalista Débora Siqueira) 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

PM desfez mais de 500 aglomerações no final de semana e dispersou 6.200 pessoas desde o início das medidas restritivas

Publicado


Durante o final de semana a Operação Dispersão IV, da Polícia Militar, levou às ruas um reforço de cerca de 700 policiais e 300 viaturas na fiscalização do cumprimento das medidas de restrição à circulação de pessoas nas ruas, funcionamento de estabelecimentos comerciais, entre outras previstas no decreto estadual 836/2021.

De acordo com dados da Superintendência de Planejamento Operacional e Estatísticas (Spoe-MT), entre a noite de sexta-feira (05.08) e a madrugada desta segunda-feira (08.03), foram desfeitas 507 aglomerações e 40 pessoas tiveram que ser conduzidas à delegacias. Quatorze delas por descumprir a restrição de circulação nas ruas, 22 por resistirem à orientação para não permanecer aglomeradas e quatro por descumprir o horário de fechamento de comércio.

Desde a última quarta-feira (03.03), quando começou a Operação Dispersão IV, a PM já desfez 1.300 aglomerações, dispersando mais de 6.200 pessoas. Essas situações resultaram em 130 conduções para delegacias em Mato Grosso. Os policiais também orientaram 16.100 pessoas sobre esse o que estabelece o decreto 836/2021.

Ainda conforme a Spoe-MT, 5.500 pessoas e 450 estabelecimentos comerciais receberam orientações sobre as novas medidas. A PM também notificou 60 pessoas que circulavam fora do horário permitido e orientou 1.750 por não estarem usando máscara de proteção facial.

De acordo com o subchefe de Estado Maior Geral e diretor Operacional da PM, coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, a PM não vem enfrentando grandes problemas para fazer cumprir as medidas do decreto.

“A população mato-grossense é ordeira, apenas uma pequena parcela descumpre as medidas e, para essa, a PM está presente nas ruas”, observa. Todavia, assinala Pinheiro, a prioridade é a orientar, informar sobre as determinações do decreto e fazer com que a população entenda que a Covid-19, com altos índices de contaminação e de internações hospitalares, exige restrições e o cuidado de todos.

Leia mais:  Policiais penais evitam entrada de celulares e drogas por meio de drones

O comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, lembra que o papel da Polícia Militar, instituição que este ano completará 186 anos, é a segurança da população, portanto salvaguardar vidas.

No caso da pandemia, com o número de casos da Covid-19 aumentando e os hospitais lotados, a PM está nas ruas trabalhando para ajudar a derrubar a curva de contaminação e morte pela doença o mais rápido possível para que vidas possam ser preservadas.

Nos casos de aglomerações, festas clandestinas, descumprimento do decreto, entre outros, a população pode acionar o 190 ou denunciar pelo disque-denúncia: 08000.65 3939.   

        

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana