conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil publica edital com retificação de datas para recursos, provas e entrevistas de processo seletivo

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso publicou na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (10.02) o Edital Complementar 009/2021 com a retificação do cronograma do Processo Seletivo para contratação de analistas de sistemas.

As datas para apresentação de recursos da análise de títulos, convocação para entrevista e avaliação prática e do projeto tiveram alterações.

Confira o edital: Páginas 17, 18, 19 e 20

Novas datas:

Prazo para apresentação de recursos da análise de título: 10/02/2021 a 11/02/2021

Publicação do resultado dos recursos da análise de títulos: 12/02/2021.

Homologação do resultado da análise de títulos: 12/02/2021

Publicação da Convocação para entrevista e avaliação prática: 12/02/2021

Entrevista e avaliação prática: 17/02/2021 a 19/02/2021

Publicação do resultado da entrevista, avaliação prática e do projeto: 22/02/2021

Prazo para interposição de recursos do resultado da entrevista, prova e projeto: 23 e 24/02/2021

Publicação do resultado dos recursos da entrevista, avaliação prática e do projeto: 25/02/2021

Publicação da homologação do resultado dos recursos da entrevista, avaliação prática e do projeto: 25/02/2021

Publicação do resultado final: 25/02/2021

Prazo para interposição de recurso do resultado final: 26/02/2021 a 01/03/2021

Publicação dos recursos do resultado final: 03/03/2021

Publicação do resultado final do processo seletivo dos candidatos aprovados: 03/03/2021

Publicação da homologação do resultado final: 03/03/2021

As convocações dos candidatos serão publicadas no Diário Oficial do Estado e no site da Polícia Civil de Mato Grosso – http://www.pjc.mt.gov.br, sendo de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento das publicações quanto às convocações.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil incinera aproximadamente 180 quilos de entorpecentes apreendidos nos últimos quatro anos
publicidade

POLICIAL

Homem investigado por importunação sexual durante entrevista de empregado é preso em Cuiabá 

Publicado


 Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DDM) de Cuiabá, efetuou a prisão de um empresário na sexta-feira (26.02) em ação para cumprimento de mandado de prisão preventiva.

O suspeito de 45 anos teve a ordem judicial de prisão decretada, após investigação em quatro procedimentos de inquéritos policiais conduzidas pela DDM de Cuiabá, todos envolvendo crime de violência sexual contra várias vítimas. 

De acordo com o delegado de polícia responsável pelas diligências, Cley Celestino Batista, a equipe da Delegacia da Mulher já estava em investigações e serviços de campana há alguns dias, quando na sexta-feira (26) uma policial civil avistou o empresário saindo de um comércio na Capital.

“De imediato a investigadora solicitou apoio de uma equipe da Delegacia Fazendária (Defaz), que prontamente auxiliou no cumprimento do mandado de prisão e condução do autor”, destacou o delegado.

Conforme apurado pela Polícia Civil, no ano passado (2020) o empresário foi preso em flagrante por importunação sexual cometido contra uma vítima de 18 anos. Na ocasião, ele declarou que foi até a empresa do autor, na época, para uma entrevista de trabalho e, ao longo da entrevista sofreu várias situações de constrangimentos por parte dele,  o qual lhe obrigou, inclusive a tirar suas roupas e mostrar suas tatuagens, sendo praticado o crime de importunação sexual  mediante a sequência de atos libidinosos perpetrados contra a vítima.

Além da vitima em questão, outras três mulheres registraram ocorrência da mesma natureza, também em 2020, imputando ao autor o crime de importunação sexual e assédio sexual.  Na narrativa das vítimas, a Polícia Civil constatou o mesmo “modus operandi” contra todas.

Leia mais:  Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil por homicídio qualificado e lesão corporal

A delegada Jozirlethe Magalhães Criveletto ressalta que a investigação também reporta para a importância da denúncia por parte das vítimas. “A partir do momento em que não somente a primeira vítima, mas outras criaram a coragem para denunciar o autor, houve condições de se representar por uma prisão preventiva com bases sólidas, de que esse autor, estando livre, poderia vir a praticar o mesmo crime contra outras vítimas”, frisou a delegada. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

POLICIAL

Policiais civis da Regional de Confresa recebem novas pistolas Glock 19

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT 
 

A Polícia Civil realizou na noite de sexta-feira (26.02) a entrega das novas pistolas Glock 19 a  todos os policiais civis que atuam nas unidades da Delegacia Regional de Confresa (1.160 km a nordeste da capital). A solenidade foi realizada no Estádio Camilão, em Confresa, onde autoridades locais participaram do  momento tão esperado e importante para a Polícia Civil de Mato Grosso, em razão de ser a primeira região a receber o armamento distribuído pela instituição.

As novas armas de calibre 9 milímetros fazem parte da primeira etapa do arsenal da Polícia Civil, que está sendo substituído pelo Governo do Estado. As pistolas foram adquiridas pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp) com a empresa austríaca, fabricante do armamento.
 

Qualidade de trabalho

A aquisição faz parte do programa “Tolerância Zero”, da Sesp, que definiu uma série de medidas de enfrentamento à criminalidade e reforço das ações da segurança pública, com o endurecimento do Estado no combate ao crime organizado, estabelecendo novos padrões de reaparelhamento das forças policiais. O programa integra o Mais MT, do Governo do Estado, que estabelece recursos na ordem de R$9,5 milhões em investimentos públicos até 2020, divididos em doze grandes eixos estruturantes da administração pública.
 

Na solenidade, o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, falou sobre o critério utilizado pela diretoria para iniciar a distribuição das Glocks, decisão tomada após um estudo nas regionais mais distantes, que possuem zona rural extensa e policiais que acabam trabalhando em locais inóspitos. A ideia é prestigiar unidades mais distantes, primeiramente para que esses servidores sejam favorecidos no caráter técnico na utilização do armamento.

“O que deve ser considerado também é que existe uma preocupação grande por parte da diretoria e do Governo do Estado, de valorizar o servidor público nos locais mais distantes, então a Polícia Civil inicia a distribuição nessas unidades mais longínquas e posteriormente nós seguiremos o mesmo critério conforme as novas pistolas forem chegando. Fazendo a distribuição em regionais como Alta Floresta, Guarantã do Norte e posteriormente nós vamos chegando à região metropolitana. Sempre prestigiando regionais com a distribuição por completo a todos os policiais, para que assim se feche o ciclo de treinamentos de manuseio desse armamento e logisticamente eles possam ser favorecidos na utilização das armas e munições”, destacou o delegado-geral.

Leia mais:  Polícia Civil incinera aproximadamente 180 quilos de entorpecentes apreendidos nos últimos quatro anos

O delegado regional, Marcos Leão, destacou que a entrega das novas armas traz uma grande motivação aos policiais, com equipamento moderno e mais seguro.“Temos uma tríplice divisa com os estados de Pará, Tocantins e Goiás, entre outras questões da região e a diretoria olhou de uma forma diferente para nós, beneficiando logo de início a substituição das armas, assim como também outras questões, olhando e percebendo que a nossa dificuldade é maior e por isso precisamos de um apoio também, maior porque os policiais aqui já trabalham como muita valentia, dedicação e determinação em todas as questões relacionadas no combate a criminalidade. Essa modernização, irá se refletir no espírito de cada um dos policiais aqui da regional”, agradeceu o delegado Marcos Leão.

Treinamento

Na quarta-feira (24), as equipes da Gerência de Armas, Explosivos e Munições e da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil ministraram o treinamento das novas pistolas.

A atividade prática foi realizada na Associação dos Policiais Civis da Regional de Confresa e reuniu profissionais lotados na região, que trabalharão a partir de agora equipados com as Glocks 19.

Durante a capacitação, as gerências demonstraram o uso das pistolas, repassaram informações teóricas e necessárias para segurança dos policiais, além de instruções sobre a manutenção e manuseio. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana