conecte-se conosco


POLICIAL

Polícia Civil prende mulher após falsa comunicação da roubo de celular

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, realizou na tarde de segunda-feira (08.02) a prisão em flagrante de uma mulher, de 43 anos, por falsa comunicação de crime. A suspeita foi descoberta durante diligências investigativas para esclarecer a ocorrência de um roubo de celular que não aconteceu.

No dia 23 de dezembro do ano passado, a mulher se passando como vítima procurou a Derf Várzea Grande, para registrar o roubo. A comunicante informou que estava em um ponto de ônibus nas proximidades do cemitério no bairro Água Limpa, quando foi abordada por indivíduos que anunciaram o assalto.

Na ocasião, a vítima narrou que um dos suspeitos efetuou a subtração do seu aparelho celular da marca Motorola. Após a confecção do boletim de natureza roubo, os investigadores passaram a apurar os fatos, e constataram que na realidade o celular havia sido habilitado no número do filho da vítima, bem como o suposto objeto não havia sido roubado. 

Os indícios apontaram que a intenção era a tentativa de acionar o seguro. No decorrer das investigações a mulher foi localizada pelos policiais civis e conduzida até a delegacia para prestar esclarecimentos, onde em depoimento  acabou confessando o cometimento de falsa comunicação de crime.

Conforme o delegado da Derf Várzea Grande, André Rigonato, após interrogatório a suspeita foi autuada por falsa comunicação de crime. “Depois de assumir o compromisso de comparecimento ao Juizado Especial Criminal ela foi liberada, uma vez que não acionou o seguro, assim não praticando o crime de estelionato pretendido”, disse o delegado

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Foragido da Justiça por morte de professor há 7 anos é preso em Várzea Grande
publicidade

POLICIAL

Foragido da Justiça por estupro de vulnerável em Feliz Natal é preso em Sinop

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Um homem de 45 anos que estava com mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável foi preso na tarde desta quarta-feira (24.02), em Sinop. A equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop localizou o foragido no bairro Camping Clube.

Os investigadores tomaram conhecimento da ordem de prisão da 3º Vara Criminal de Sinop, expedida no final de janeiro, em um processo da comarca de Feliz Natal por estupro de vulnerável (Art. 217-A do Código Penal).

Os policiais investigaram o atual paradeiro do suspeito, que foi detido sem oferecer resistência. Ele será encaminhado à Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), onde aguardará outras determinações da justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Investigado por homicídio contra idoso em Rondonópolis há quase dois anos é preso no interior de SP
Continue lendo

POLICIAL

Regional de Guarantã do Norte abre ciclo de reuniões gerenciais no interior

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT 
 

A diretoria da Polícia Civil de Mato Grosso iniciou nesta semana as reuniões gerenciais nas regionais da instituição no interior do estado. Nesta quarta-feira (24.02), os diretores se reuniram com os servidores dos municípios da Regional de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá).

Fazem parte da circunscrição da regional as cidades de Itaúba, Nova Santa Helena, Marcelândia, Nova Guarita, Terra Nova do Norte, Peixoto de Azevedo, Matupá, e Novo Mundo.

O encontro foi realizado no auditório de uma faculdade em Guarantã do Norte, e reuniu delegados, escrivães, chefes de cartórios e investigadores, chefes de operações, das unidades policiais.

Durante a prestação de contas o delegado-geral Mário Dermeval, levou ao conhecimento dos servidores as ações e projetos desenvolvidos pela gestão, como reformas e melhorias nas estruturas físicas de delegacias, aquisições de equipamentos e mobiliários, entre outros investimentos que foram possíveis por meio de emendas parlamentares estaduais e federais.
 

Dermeval destacou a importância das parcerias com outros órgãos, instituições e a sociedade civil organizada em busca de oportunidades e recursos para proporcionar melhores condições de trabalho aos policiais civis, bem como oferecer um espaço adequado para o recebimento e acolhimento das vítimas.

Presente na reunião, o coordenador do Centro de Tecnologia da Informação (COTI), investigador Fábio Ferreira, falou sobre os novos produtos tecnológicos que a Polícia Civil está desenvolvendo aos servidores e população. O policial civil discorreu sobre a implantação e funcionalidade do Inquérito Policial eletrônico integrado ao sistema de Processo Judicial eletrônico (Pje) do Judiciário, e que traz em sua essência a celeridade e transparência nas investigações policiais, além da economia em papel.
 

Investimentos em tecnologia

Durante a reunião foi realizada a entrega dos equipamentos para a coleta da biometria e assinatura digital, composto por câmera com sensibilidade, que já faz o recorte da fotografia sem a necessidade de tratamento, leitor biométrico para leitura das digitais e um pad, utilizado para coletar a assinatura de forma eletrônica e digital, além de um computador e um no-break para armazenar o sistema.

Leia mais:  Foragido da Justiça por roubo qualificado e furto é preso na área central de Cuiabá

Com os coletores biométricos não será mais necessário coletar as assinaturas físicas das partes envolvidas, sejam vítimas, testemunhas ou suspeitos.

Os novos equipamentos de leitores contemplarão 100% dos cartórios e gabinetes de delegados, das nove cidades da região de Guarantã do Norte.

Para o delegado regional, Geraldo Gezoni Filho, a visita e entrega dos equipamentos pela diretoria sinaliza a preocupação da instituição em prestar um serviço de segurança pública de qualidade a todos os mato-grossenses. Gezoni pontua que a Polícia Civil vem investindo em tecnologia, principalmente para auxiliar o recurso humano, promovendo mais rapidez, facilidade e qualidade nas investigações, fazendo assim que os produtos da instituição, como o inquérito policial e o termo circunstanciado de ocorrência (TCO) sejam mais transparentes e objetivos.

“A reunião gerencial é uma forma de reunir os servidores e anunciar o que foi e o que está sendo feito por parte dos gestores, traçar planos estratégicos, operacionais, demonstrar os caminhos possíveis a serem tomados, estabelecer metas e cobrar resultados. Dessa forma o profissional se sente prestigiado. Toda instituição, seja do setor privado ou do setor público, precisa ter planejamento e os encontros gerenciais realizados no interior, recebemos essa comitiva da Capital com grande satisfação. O foco é alinhar os pensamentos e ideias na busca de melhorias do serviço prestado à sociedade mato-grossense”, finalizou o delegado regional.

Obras

O delegado-geral da Polícia Civil e equipe visitaram as obras de duas delegacias que estão em construção nas cidades de Matupá e Peixoto de Azevedo.

A equipe verificou aa área e o avanço das construções, ambas em fases de edificações.

Participaram das visitas os delegados de polícia: Geraldo Gezoni, regional de Guarantã do Norte; Edmundo Félix de Barros Filho, de Peixoto de Azevedo; Victor Hugo Caetano de Freitas, de Guarantã do Norte e Waner Neves, de Matupá.
 

Leia mais:  Investigado por homicídio contra idoso em Rondonópolis há quase dois anos é preso no interior de SP

Foto: Poliana IPC/MT

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana