conecte-se conosco


MATO GROSSO

Peritos são treinados para processamento de amostras de crimes sexuais

Publicado


Nesta terça-feira (16.02), peritos oficiais criminais da Coordenadoria de Perícias em Biologia Molecular da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) participaram de um treinamento teórico para o processamento de amostras de vestígios de crimes sexuais. A capacitação é necessária devido à alteração do fluxo de atendimento destes casos, adotado pela Coordenadoria desde agosto do ano passado, para a otimização no processamento de amostras custodiadas pela Politec.

Os assuntos abordados nos conteúdos teóricos foram os tipos de amostras coletadas, confronto genético, estrutura e composição do DNA, procedimentos adotados pelo setor, etapas do processamento das amostras, dentre outros.

A Coordenadoria de Perícias em Biologia Molecular da Politec é subdividida em duas áreas, sendo elas a Biologia Forense e o DNA. Antes de agosto de 2020, os exames laboratoriais que poderiam constatar a violência sexual era realizado por exame de PSA,  que consiste na identificação da proteína prostática presente no sêmem, e de DNA, que excluía outros tipos de vestígios biológicos que pudessem materializar o crime.

“Quando a vítima passa por exame no IML, é coletada uma amostra de secreção vaginal ou anal, dependendo da violência, para se verificar se tem material masculino nesse swabe. Antes, nós fazíamos um exame de triagem na Biologia, no entanto, quando o PSA dá negativo, ou seja, a ausência de sêmen, não significa a ausência de material genético masculino, porque podem ter células epiteliais masculinas presentes nesta amostra. Agora, com a alteração no fluxo de trabalho nós não fazemos mais o PSA, e a amostra já vai direto para o DNA para a quantificação, que nos diz a proporção de DNA que tem ali, e se a quantidade é o suficiente para outras etapas de análise”, explicou a coordenadora de perícias de Biologia Molecular, Késia Renata Lopes Lemos Mello.  

Leia mais:  Quarta-feira (03): Mato Grosso registra 255.712 casos e 5.904 óbitos

O treinamento visa à capacitação dos peritos nas etapas de amplificação e para a obtenção do perfil genético. Com a migração da técnica, as respostas nos laudos estarão mais precisas e robustas. Para a Coordenadora, a nova rotina de trabalho irá contribuir para a inserção de dados no Banco de Perfis Genéticos, auxiliando ainda mais às investigações.  

“Teremos a certeza de emitirmos um laudo que não tenha DNA do suposto agressor,  ou que tem uma quantidade ínfima que a gente não consegue processar. Permite que não pecamos o material  durante a  etapa de triagem,  que não nos diz muita coisa. A gente precisa saber se a quantidade de material masculino dessa amostra é suficiente para se conseguir um perfil que possibilite a identificação do suspeito, ou que dê um perfil para ser inserido no banco de dados como vestígio”, observou.

O treinamento prático dos servidores foi realizado em agosto do ano passado, onde eles foram capacitados nas etapas de amostragem, extração do DNA e quantificação.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

MATO GROSSO

“Manutenção do superávit permite ao Governo fazer o maior investimento da história de MT”

Publicado


O governador Mauro Mendes afirmou que o bom desempenho econômico das contas do Executivo relativas a 2020 vai permitir a execução de uma série de investimentos previstos no programa Mais MT.

O balanço das contas do ano passado foi entregue pelo gestor ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), na tarde desta quarta-feira (03.03).

Um dos pontos positivos do relatório está na manutenção do superávit financeiro já conquistado em 2019, ou seja, o Estado cortou despesas, aumentou receitas e fechou novamente “no azul”. Até então, há praticamente uma década o Governo de Mato Grosso gastava mais do que arrecadava.

“Nós tivemos em 2020 mais receita do que despesa. Arrecadamos mais do que gastamos. E isso vai significar em 2021 o maior programa de investimento da história do Estado de Mato Grosso. Hospitais serão reconstruídos, estradas recuperadas, estradas construídas, pontes, escolas, recuperação da infraestrutura em todas as áreas, e a própria administração pública vai receber grandes melhorias, que vai traduzir em maior qualidade de vida aos mato-grossenses”, relatou o governador.

Mauro Mendes também destacou que esse equilíbrio fiscal conquistado, e o fato de o Estado ter passado a pagar em dia os servidores, fornecedores, Poderes e municípios, trouxe maior credibilidade ao Executivo e deve resultar na melhoria da nota de Mato Grosso junto ao Tesouro Nacional quanto à Capacidade de Pagamento (CAPAG).

“Esse resultado deve nos colocar com nota máxima, o que poucos estados têm. Isso é fruto de muito trabalho conjunto entre nossa equipe, servidores e o apoio fundamental que recebemos da Assembleia Legislativa, Poder Judiciário, Tribunal de Contas e da sociedade”, registrou.

O presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Maluf, pontuou que o balanço trouxe “excelentes resultados”.

Leia mais:  Quarta-feira (03): Mato Grosso registra 255.712 casos e 5.904 óbitos

“O Governo está trazendo uma capacidade de investimento para o Estado de Mato Grosso que há muito não se via. Fechava os balanços sempre no negativo, e hoje temos um superávit importante”, opinou.

Para o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, essa conquista nas finanças do Executivo permite que Mato Grosso faça “investimentos históricos” esse ano, que giram em torno de R$ 3 bilhões.

“Só com os investimentos previstos para 2021 e 2022, o Estado vai gerar – por meio das empresas contratadas – 53 mil empregos. Em um momento de pandemia, o Governo de Mato Grosso está fazendo a diferença”, citou.

Também participaram do ato os conselheiros Valter Albano, José Carlos Novelli, Antonio Joaquim, Campos Neto, Luiz Henrique Lima, Luiz Carlos Pereir; o procurador-geral de Contas, Alisson Carvalho; e o controlador-geral do Estado, Emerson Hideki. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

MATO GROSSO

Parceria garante entrega de kits alimentação e apostilas para alunos da zona rural

Publicado


Tanto na sede, como de casa em casa, gestores da Escola Estadual Arnaldo Estevão de Figueiredo, em Tesouro (379 km ao sul da Capital), estão entregando todos os kits de alimentação escolar e também as apostilas. Para chegar até as propriedades rurais, a diretora Rosimeire Ferraz e profissionais da educação contaram com a colaboração do município.

Nessa parceria, o município disponibilizou uma picape para fazer a entrega na casa do estudante. São 180 kits sendo 30 entregues da zona rural junto com as apostilas. O material impresso é para todos os alunos, pois os pais têm preferência pelas apostilas. A maioria não tem celular ou computador.

“Com o carro da prefeitura conseguimos chegar aos sítios, assentamentos e fazendas onde residem os estudantes matriculados na rede estadual. Todos os pais da zona rural que solicitaram os kits, receberam em casa. Graças a essa parceria conseguimos atender a todos que ficaram muito satisfeitos, até porque estamos vivendo esse momento difícil e os produtos alimentícios ajudam muito”, comemora a gestora.

Em dois dias, foi entregue a maior parte dos kits na própria escola, mas como ainda existem pais que confirmaram inicialmente que queriam, a diretora adquiriu mais produtos.

Relação direta

A gestora lembra que a unidade escolar tem um relacionamento direto com pais ou responsáveis e com os alunos por meio de grupos de WhatsApp. Com esse canal de comunicação, todos são informados sobre todo o processo, como roteiro de estudos, entregas de apostilas, kits de alimentação escolar e todos os informes pertinentes à comunidade escolar.

Na entrega das apostilas, pais ou responsáveis são informados sobre a data da devolução do material preenchido pelos alunos. As apostilas são recolhidas e entregues apostilas novas. As preenchidas são corrigidas com comentários dos professores.

Leia mais:  Parceria garante entrega de kits alimentação e apostilas para alunos da zona rural

As medidas de biossegurança não foram esquecidas pela escola. Desde o início da pandemia, a equipe gestora vem se preparando, adquirindo os materiais e insumos necessários. Quem vai até a escola tem álcool gel à disposição e é orientado a manter o distanciamento social. O uso da máscara de proteção individual é obrigatório.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana