conecte-se conosco


DIAMANTINO

Ouvidoria da Prefeitura é o canal de comunicação para reclamações, sugestões e criticas

Publicado


Para intermediar os conflitos e solucionar problemas apontados pela população e planejar as ações do governo municipal de Diamantino, o site institucional da prefeitura disponibiliza o serviço de Ouvidoria, um canal de comunicação para a apresentação de reclamações, críticas ou sugestões.

Conforme explica Alfredo Granja, secretário municipal de administração, através da Ouvidoria o cidadão passa a ter a função fiscalizatória dos serviços prestados pelo Poder Público e também da iniciativa privada, onde haja interesse público”

“O ouvidor municipal, Serafim Guimarães, ressalta que a participação do cidadão é indispensável para a análise da qualidade dos serviços prestados pela gestão, sendo pela proteção do sigilo, o principal elo de ligação do cidadão com a administração”, diz “A Ouvidoria acolhe as informações do cidadão, analisa e busca a solução através do setor responsável”, conclui Serafim.

Os comunicados de irregularidades, que apresentem os critérios necessários de veracidade e consistência serão encaminhados para a apuração dos fatos e adoção de medidas cabíveis. }O denunciante pode acompanhar o trâmite da solicitação, através de protocolo gerado no final da manifestação no site.

Fale com a Ouvidoria

E-mail: [email protected]

Telefone: 0800.643.0066

Site: www.diamantino.mt.gov.br/Ouvidoria

Comentários Facebook
Leia mais:  Empreendedorismo: Diamantino atrai cursos que mudam a realidade das mulheres
publicidade

DIAMANTINO

Prefeito e feirantes conhecem projeto modelo da feira do Novo Diamantino

Publicado


O prefeito de Diamantino, Dr. Manoel Loureiro Neto, se reuniu com o secretário de agricultura, Valdinei Teodoro e com feirantes para se inteirar e discutir adequações no projeto de construção da feira-livre do Novo Diamantino. O encontro aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (01.03) no saguão do aeroporto José Capelleto.

De acordo com o projeto apresentado aos comerciantes autônomos, a área oferecerá banheiros, estacionamento e box individuais que a pedido dos feirantes, será dividido em duas alas, norte e sul, para comércio de alimentos e produtos da agricultura familiar e outra para artesanatos, vestuário e outros.

Dr. Manoel destaca o crescimento gradativo e sustentável da agricultura familiar, pontuando a necessidade de fomento ao comércio informal, que segundo ele já representa nacionalmente 17,3% do PIB – (Produto Interno Bruto) que é a soma de toda a produção e comercialização do Brasil.

“Esse local será construído para o produtor, para atender as necessidades do feirante, por esse motivo abrimos o diálogo, para entender a necessidade de quem vai utilizar o espaço no dia a dia”, disse o prefeito. “Estamos agindo sob a ótica do desenvolvimento, sustentável e contínuo, de forma a incentivar e dar condições dignas e humanas de trabalho a todos os setores”, salienta Dr. Manoel.

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeito e feirantes conhecem projeto modelo da feira do Novo Diamantino
Continue lendo

DIAMANTINO

Saturação dos leitos de UTI levam a novo decreto para conter avanço da Covid-19

Publicado


O prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB) participou da videoconferência com o governador Mauro Mendes e outros 141 prefeitos para acatar as medidas impostas pelo Governo do Estado de Mato Grosso que farão parte do novo decreto sobre as medidas de enfrentamento pandemia da Covid-19. O web-encontro aconteceu no final da manhã desta segunda-feira (01.03) e teve a participação do secretário de.

A reunião entre os gestores foi convocada em virtude do aumento de casos de pessoas infectadas com a Sars-Cov-2, vírus causador da Covid-19, que necessitam de internações em leitos de UTI, que chegaram nível de lotação de 87,95% na manhã do dia primeiro.

Segundo o governador do Estado, um novo decreto foi editado e terá validade a partir desta terça-feira (02.03) com regras mais restritivas para o comércio, incluindo o fechamento para atendimento presencial a partir das 19 horas e toque de recolher a partir das 21 horas diariamente pelo período de 15 dias. Mendes explica ainda que

Mauro explica que as prefeituras deverão publicar seus próprios decretos, porém não poderão flexibiliza-los de modo a diminuir os efeitos restritivos, sob penalização do gestor.

À assessoria de comunicação da Prefeitura de Diamantino, o prefeito Manoel Loureiro, afirmou que irá acatar as recomendações do Governo do Estado, avaliando necessárias as medidas de restrição e pedindo o apoio da população no cumprimento dos decretos para a contenção da disseminação do vírus. “O aparecimento de novas cepas da Covid-19, fizeram a curva de contágio entrar em ascendência de forma muito repentina, sendo os únicos dois meios de conter esse avanço a vacinação em massa e o distanciamento social como bloqueio, porém a produção dos dois laboratórios brasileiros (FioCruz e Instituto Butantã) não consegue suprir a necessidade de toda a população, sendo enviado pelo Ministério da Saúde aos municípios quantidades para cobrir apenas uma pequena parte da população”, disse. “O caminho mais viável é usar o distanciamento como bloqueio pelo período de 15 dias, que é o tempo médio de internação dos acometidos pela doença”, afirma o prefeito.

Dr. Manoel explica que o Governo Municipal está fazendo a sua parte para que a população seja imunizada, “Assinamos termos de intensão de aquisição das vacinas, temos o dinheiro reservado em caixa, cerca de R$ 1,3 milhão provenientes da venda da carteira da folha salarial para o Banco Bradesco, porém não há disponibilidade do produto no mercado nacional, sendo o Governo Federal o comprador de todas as doses disponíveis através do Ministério da Saúde então termos de aguardar a distribuição gradativa”, finaliza Dr. Manoel.

Veja as regras:

Funcionamento do comércio e atividades em geral:
Segunda a sexta: das 5h às 19h 
Sábados: das 5h às 12h
Domingo: Comércio aberto até às 12 horas.
Exceções: Farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de combustível (exceto conveniência) e indústrias

Leia mais:  Prefeito e vice recebem homenagem pela parceria com a Polícia Milita

Toque de recolher: das 21h às 5h

Supermercados: apenas 01 pessoa por família

Multa: Projeto de lei prevendo multa de 180,00 para pessoas físicas e com valor proporcional para pessoas jurídicas (por aglomerações e por desrespeito ao toque de recolher)

Delivery: até 23h todos os dias (governo vai avaliar os questionamentos solicitando extensão desse horário)

Transporte coletivo: autorizado, bem como uber e táxi

Escolas: dado o compromisso geral das escolas na adoção de protocolos de segurança, a autorização para o funcionamento permanece, dentro das limitações de horário impostas às demais atividades.

A Polícia Militar estará autorizada a dispersar aglomerações, incluindo em bares.

Nos órgãos do governo e secretarias de Estado, haverá suspensão do atendimento presencial, com rodízio de 50% entre atividade presencial e teletrabalho.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

DIAMANTINO

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

Mais Lidas da Semana